A organização da Moscow Eurovision Party 2017 anunciou que o evento foi suspenso devido à incerteza da participação da Rússia no Festival Eurovisão 2017.

A organização da Moscow Eurovision Party 2017 anunciou a suspensão do evento, devido à incerteza da participação russa no Festival Eurovisão 2017. De acordo com os organizações, vários chefes de delegação entraram em contacto nas últimas horas para informar que não estariam presentes na celebração devido à não participação da Rússia no concurso, sendo que muitos garantiram que só marcarão presença se o país for autorizado a participar e a votar em Kiev.

Desde modo, a organização optou por parar a venda de bilhetes para a festa e suspendeu o evento que deveria ser realizado a 21 de abril. Contudo, a realização da mesma está dependente das decisões dos próximos dias: no caso da Rússia ser autorizada a participar no concurso, o evento será realizado.

Arsvik (Arménia), Dihaj (Azerbaijão), Kristian Kostov (Bulgária), Demy (Grécia), Imri (Israel), Francesco Gabbani (Itália), Sunstroke Project (Moldávia), Julia Samoylova (Rússia) e Timebelle (Suíça) são os artistas confirmados, sendo que as irmãs Tolmachevy (Rússia 2014) e Teo (Bielorrússia 2014) foram anunciados como convidados especiais.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: Eurovoix/ Imagem: Google

2 comentário(s):

  1. Está-se é mesmo a ver que a Rússia não vai participar

    ResponderEliminar
  2. Anónimo13:11

    A Rússia teve sempre a porta aberta para participar no ESC'17, como todo o mundo sabe, é vira o disco e toca o mesmo, que nojo! Além do mais, parece que esta é mais uma manobra da Rússia em se auto-proclamar vítima, uma vez que com meia dúzia de convidados para a 'party', seguramente que a venda de bilhetes estava num número ridículo que iria envergonhar o país, muito à custa das próprias políticas do país, que incitam ao ódio e discriminação, impedindo a entrada na Rússia de certos tipos de pessoas (estamos a falar de milhares de pessoas e não de uma dúzia (ou menos!!) de nomes que constam de uma lista negra). Haja Respeito! Além do mais, já há festas pré-ESC que chegue (se cada país que participa no ESC faz a sua festa não faz qualquer sentido haver ESC!). Viva a Ucrânia!!

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top