O conhecido apresentador e cantor António Sala afirmou, em entrevista, que a canção representante de Portugal no Festival Eurovisão 2017 é "lindíssima". 


Chegou à "rádio dos seus sonhos", a Renascença, em 1979, para fazer o programa da manhã, o «Despertar», ao lado de Olga Cardoso. António Sala deixou uma marca na rádio portuguesa e, apesar de já estar reformado, a saudade dos microfones por vezes bate à porta, pelo que tenta compensar ligando a telefonia. Como cantor, iniciou a carreira no grupo Maranata, cujo maior êxito foi “Aleluia”, a versão portuguesa da canção israelita que venceu o Festival Eurovisão de 1979. O próprio Sala concorreu ao Festival da Canção em 1980 com o tema “Uma Razão de Ser“, em dueto com Alexandra, mas não passaram da semifinal. Em 1984 concorreu de novo ao festival, desta vez a solo cantando "Uma canção amiga", terminando em 6.º lugar. Mais recentemente voltou às luzes da ribalta como jurado do programa líder de audiências da TVI "A tua cara não me é estranha". 

Em entrevista à Agência de Informação Norte, que pode ler na íntegra AQUI, António Sala fala da canção representante de Portugal no Festival Eurovisão 2017, "Amar pelos dois" interpretada por Salvador Sobral: "Uma melodia muito simples, mas lindíssima. Um arranjo instrumental muito bonito. Um belo poema e uma forma muito pessoal e muito própria de a tratar vocalmente. Gosto francamente do resultado final". Questionado sobre se considera que a vitória na Eurovisão é uma possibilidade, António Sala não tem certezas. "A esse respeito não tenho grandes ilusões. Mas…isto nunca se sabe….nunca se sabe!" afirmou.

Recorde a canção "Aleluia", a versão de António Sala líder dos Maranata, e o original 
dos Milk & Honey:

 



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: AIR / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

9 comentário(s):

  1. Anónimo12:42

    Também acho uma bela canção e esperava sinceramente que tivesse grande destaque no exterior. é certo que tem tido bons lugares nas apostas externas e até algum destaque no spotify internacional, no entsnto, nos comentários do REACP da semifinal 1. Portugal raramente é apontado como um dos países dos TOP10. ;((

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esses comentários não interessam nada, o ano passado previam a Greta Salomé ou a Samra como possíveis vencedoras lol e a Jamala quase nem vê-la

      Eliminar
    2. Anónimo15:04

      A Greta Salomé ainda vá que não vá, mas agora a Samra? Credo!!

      Eliminar
    3. Anónimo15:32

      Anónimo das 12:42h, não sei qual é a sua definição de raro, mas 5 em 10 comentários têm o nome de Portugal como um dos finalistas... Embora isso não interesse nada, basta ver o que disse o J.O., a Gréta Salomé era das favoritas do público e acabou longe dos lugares de apuramento...

      Quanto à música portuguesa, no vídeo do canal da Eurovisão, vejo inúmeros comentários de pessoas a dizer "Lisbon 2018", algo impensável numa participação portuguesa. As pessoas que gostam desta e daquela, devem votar na sua preferira, já os que gostam da nossa música, amam verdadeiramente o tema e estão dispostos a votar em nós, pelo que não excluo a possibilidade de termos bastantes pontos também no televoto...

      Eliminar
    4. Anónimo15:49

      Nem é bem verdade o que dizes sobre o top 10 em comentários no recap da semi-final 1. Pelo menos no recap publicado pela conta oficial de youtube do ESC os tops publicados em comentários estão 50-50. Sendo que nos tops favoráveis somos colocados entre o 7º e o 10º lugar.

      Comparativamente a anos anteriores acho que o feedback este ano é muito melhor.

      E estes tops valem o que valem. A Holanda em 2014 não entrava nesses top 10 e quando aparecia era sempre na 10ª posição e na final acabou em 2º lugar, portanto...

      A semi-final 1 vai ter muitas surpresas parece-me. República Checa será uma inesperada (mas justíssima) finalista. Pelo menos um dos "grandes" vai cair na semi-final. Os maiores candidatos a cair para mim são: grécia, arménia. Prevejo flop quase certo para a Islândia e Chipre em grande risco.

      Eliminar
    5. É bem verdade o que dizes anónimo das 15:49! Concordo com tudo o que dizes! Já à muito que me ando a lembrar do caso da Holanda em 2014 que para mim é o caso mais flagrante dos últimos anos, em que ninguém dava nada por eles, e ficaram em 2º na final e ganharam a semi-final.
      Todos sabemos que todos os anos há países favoritos a cair, e este ano não vai ser excessão! A maior parte das pessoas que vêm o evento só ouvem a música no dia e a maioria tem gostos muito diferentes dos eurofãs, daí as grandes surpresas. Eu prevejo que a Grécia possa cair, eu acho que o júri vai enterrar aquilo que não vai ser bom. Enquanto que a República Checa vai ter boa pontuação do juri, mas vai ter dificuldade em ter votos do público,acho que vai ficar ali entre o passa e não passa. Outra canção que dão como certa a passar é a Polónia e muito sinceramente não a acho assim tão certa, aliás aquilo é mais do mesmo e facilmente cai. Para não falar de uma boa parte das canções que apenas ouvimos em videoclip, porque ao vivo é que elas vão provar o que realmente valem, e acredito em muitas surpresas, desde a haver alguns que desafinem bem, entre outras coisas...Quanto a Portugal muito sinceramente acho que é evidente que vai ser fortemente votado pelo menos pelo juri, (a Filipa em 2010 com uma música mais fraca ficou em 2º no voto do juri) e práticamente só com os pontos do juri consegue se qualificar, mas também acredito que vá ter bom resultado no televoto, por isso esses tops para mim não dizem nada.

      Eliminar
    6. Anónimo21:23

      J.O Nao e verdade ja vi uns quantos comentarios a dizerem o mesmo que voce e as respostas eram as mesmas: a jamala era das favoritas.

      Eliminar
    7. Anónimo18:16

      O Entrudo está formado lol

      Eliminar
  2. A música da greta Salomé não teve destaque ao vivo porque o espetáculo distraiu o publico da música. A samra fez um bom espetáculo. A armênia devia ter vencido. Este ano sera a vez de Portugal.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top