Em resposta às críticas que tem sido alvo, Nuno Markl, jurado do Festival da Canção 2017, emitiu um comunicado onde garante que apresentou a sua demissão do júri, tendo a mesma sido recusada.

Depois das declarações em defesa de Salvador Sobral (como pode recordar AQUI), o papel de Nuno Markl no painel de jurados do Festival da Canção 2017 fora muito criticado por alguns dos seguidores do formato, que exigiam a sua retirada do formato. Além disso, o facto de Nuno Markl trabalhar com João Só (um dos compositores a concurso na segunda semifinal do concurso) na rubrica As Baladas de Dr Paixão, na Rádio Comercial, aumentou a polémica em torno do radialista.

Horas depois do ESCPORTUGAL ter avançado com um artigo em que contemplava as críticas ao jurado, como pode recordar AQUI, Nuno Markl reagiu, nas redes sociais, com um comunicado, onde afirmara que apresentou a sua demissão do júri do Festival da Canção 2017 devido à sua parceria com o compositor João Só na Rádio Comercial, apesar de garantir "saber separar as águas".

O radialista avançou que o pedido foi recusado pela RTP, sendo que, em conversa com a direção da emissora e de Júlio Isidro, presidente do júri, foi encontrada uma solução: Nuno Markl irá abster-se da votação composta por João Só.

Aceda AQUI ao comunicado na íntegra.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: Nuno Markl / Imagem: RádioComercial

36 comentário(s):

  1. Anónimo16:27

    Não podia ter dito melhor. Há realmente muito ódio no mundo do festival.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:03

      Há é mais falta de qualidade do FC do que uma pequena parte desse ódio que está a dizer nesse meio.

      Eliminar
    2. Anónimo17:30

      Anónimo das 17:03, já que o FC não tem qualidade, julgo que não deva perder o seu tempo a ver a emissão! Em vez disso vá rever o "fabuloso" Melodifestivalen, com os seus temas plastificados e sem alma... Vai adorar certamente! (o)

      Eliminar
    3. Anónimo18:53

      (h)

      Eliminar
    4. Anónimo19:59

      Pessoalmente penso o mesmo ! O festival tem falta de qualidade. E ninguém falou no melodifetivalen ! Basta ver os festivais de outros países para compreender isso ! Assista !

      Eliminar
    5. Anónimo05:48

      anonimo 17:30 realmente as nossas musicas cheias de alma têm nos levado muito longe!!!! Até porque nao pode haver diversidade na eurovisao... Os outros fazem tudo mal e sem qualidade, os portugueses sao demasiado bons para a eurovisao, é isto...enquanto tiverem esta mentalidade nao passamos das semis.

      Eliminar
  2. Anónimo16:29

    Com o circo que andam a armar, o mais provável é que para o ano não participemos outra vez. E sinceramente era o que merecíamos. Acho piada a muitos fãs portugueses. São donos da razão. Enquanto as coisas funcionarem assim nada vai mudar. Há sempre drama, e depois claro está, o Festival é sempre associado a maus motivos. Cresçam e apoiem os vossos favoritos sem tentar prejudicar a concorrência. Afinal de contas qualquer que seja o vencedor irá representar-nos a todos nós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:31

      "Com o circo que andam a armar, o mais provável é que para o ano não participemos outra vez". Será que a RTP vai fazer birra? Não fará parte do "circo" afirmar-se, por exemplo, "o festival está diferente", "excelentes canções", "a vitória no ESC depende de fatores políticos" (um membro do júri disse-o). Que vantagens políticas terão advindo para os países cujas canções ganharam nos últimos anos, por exemplo? Se, como tantas vezes foi dito, o FC está diferente, por que razão o longuíssimo intervalo foi preenchido com canções de anos (muito) anteriores, interpretadas por quem mal sabia cantar (o intérprete masculino) ou até se enganava na letra (a menina que assassinou "Qualquer dia quem diria")? Em duas coisas concordo consigo, anónimo das 16:29: "enquanto as coisas continuarem assim nada vai mudar" e "o vencedor irá representar-nos a todos nós" Pessoalmente preferia lá ver "RTP" em vez de "Portugal"...

      Eliminar
    2. Anónimo 20:31 - Sugiro que aguarde pelo desfecho da 2ª SF para, aí sim, tirar as ilações que considerar pertinentes. Atenção que não estou a criticar o que diz, só considero ser prematuro tirar essas conclusões quando "a procissão ainda vai no adro"...

      Eliminar
    3. Anónimo22:31

      Acho piada estares a generalizar os fas portugueses. Bastante contraditorio.

      Eliminar
  3. Anónimo16:51

    Sr Nuno Markl, penso que ninguem terá nada contra si, deve-se comentar de uma forma construtiva. o facto de se considerar as canções horriveis ou má escolha do juri, não é nada pessoal, mas sim a liberdade de expressão com objetivo de obtermos o melhor para Portugal, seja a nivel economico, cultural ou desportivo. o desmazelo com que tratamos as coisas principalmente num festival da canção que será visto em toda a Europa, faz com que a critica seja implacável, mas nunca será contra ninguém, pois o Sr Nuno naturalmente fará o melhor que puder neste processo. objetivamente as pessoas sentem-se defraudadas com o resultado musical que realmente é muito pobre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:43

      "Gostamos de odiar as nossas coisas - dá a sensação de que, para algumas feras violentas, não há distinção entre um Festival com canções escritas pelo Zé Cabra ou pelo Samuel Úria. Não parece haver, em algumas pessoas, sequer um laivo de boa vontade para gostar. Vive-se para abater alvos(...)". Não achar as músicas apresentadas adequadas para um ESC (apesar de hoje em dia isso ser meio subjetivo) é uma coisa....dizer que a qualidade é pobre é não entender de música. Nunca se ouviu criticas destas nos anos anteriores, com canções que até metiam medo....Não têm Purpurinas nem confettis...mas como acaba o Markl no texto, Viva a Boa Música :)

      Eliminar
    2. Anónimo02:34

      Anonimo 19:43 o que define qualidade? Quem somos nós para definir que um artista ou cançao tem qualidade? É tudo uma questao de gostos, nada mais. "Boa musica" isso é muiito relativo. Abraço.

      Eliminar
  4. Anónimo16:52

    Conseguiram assim a vitória de Portugal no ESC 2017. Obrigado. Ainda hão de agradecer ao Nuno Markl.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:32

      Sim, o joao só tem tudo para ganhar...loool

      Eliminar
  5. Pedro Carvalho16:52

    Ele pos se a jeito. Algum outro.jurado comentou publicamente o seu voto? Porque é que o Markl o fez? Se calhar tem um ego muito grande. É a rtp que tem de divulgar os votos dos jurados, após o fim do fc, e não cada um por si.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo02:32

      Concordo plenamente. O povinho ja esta tao habituado a coisas destas...

      Eliminar
  6. Anónimo16:53

    Grande Markl. Passei a gostar dele.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo16:55

    Os fãs portugueses são insuportáveis, pensava que não mas conseguem ser iguais aos espanhóis. Secalhar assim se explica o insucesso de ambos os países na Eurovisão...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo02:31

      Acha que sim? Bastante mal da sua parte generalizar os fas portugueses, conhece todos? Entao remeta-se ao silencio. Secalhar o país já esta tao habituado a corrupçao e falta de etica que já nem ligam a certas coisas...devia preocupar-se mais com isso. O povo portugues teve uma boa atitude. Se nao fossem as criticas do ano passado a RTP nao teria mudado o festival e convidado compositores. Pode haver gente com falta de educaçao a insultar o Markl mas isso é como em tudo, e a maioria nao o fez dessa maneira. O insucesso deve-se à antiquada e má escolha de compositores/cançoes.

      Eliminar
  8. Anónimo16:57

    Resumindo o post gigantesco, conclui-se então que de facto a RTP e o presidente do júri concordam com as criticas que as redes sociais andavam a fazer. O Markl por ter atualmente ligações profissionais a um dos concorrentes não pode ser considerado idóneo.
    O resto é apenas a opinião dele, mas de fundo mantem-se que o público tinha razão.
    Relembro ao senhor Markl que só porque as pessoas denunciaram e bem esta situação, isso não as torna menos polidas, agressivas ou cheias de ódio. Relembro ainda que são estas mesmas pessoas que têm mantido os shares do festival da canção ... mesmo apesar do mau trabalho da RTP nos últimos anos.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo16:58

    Adorei o que escreveu o Markl, simplesmente adorei.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo17:03

    Isto é tudo para ver se sobem as audiências no Domingo... Bem precisam...

    ResponderEliminar
  11. pena que a maior parte das pessoas que ofenderam o Markl ou o Salvador nem se vão dar ao trabalho de ler esse post... é muito mais fácil disparar palavras indiscriminadamente do que pensar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:34

      (h)

      Eliminar
    2. Bravo! Nem mais... (há muita acefalia por estas bandas)

      Eliminar
  12. Anónimo17:26

    Bravo, Nuno Markl! Comentário soberbo que retrata os "eurofanáticos" e os portugueses em geral! Fala-se em liberdade de expressão e em "je suis Charlie", mas o que realmente ocorre é que hoje em dia não se pode fazer um simples comentário numa rede social sem que venham meia dúzia de indivíduos a insultar e a deitar abaixo, fazendo com que a vida dessa pessoa fique uma miséria... É triste, mas é o mundo em que vivemos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:36

      Conflitos de interesse meu caro. É júri não tem que publicar nada de opiniões ou propaganda. Em outro ramo qualquer, (como na justiça) as pessoas em posições de cargos importantes não podem comentar.

      Eliminar
    2. Anónimo 21:36 - Concordo com o que refere, sem dúvida (o Markl foi insensato), mas é triste ver como as pessoas não se coíbem de dizer as maiores alarvidades e ofender gratuitamente ao invés de exporem os seus pontos de vista (contraditórios) com o mínimo respeito pelo outro...

      Eliminar
  13. acacio pereira17:58

    Com toda a sinceridade, acho que se o problema fossem o Markls isto era na realidade um circo à volta do festival, mas não é nada disso, o problema é mesmo a preocupação que se instala nas pessoas depois de ver a nossa cultura musical limitada, antiquada e uma RTP autista sobre si mesma. se o regresso é com esta força, imaginemos o que será com toda a pujança. as pessoas dizem apenas o que o seu ouvido ouve e de 0 a 5 a melhor levaria um 2.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui Fernandes18:39

      Ja lhe ocorreu haver gente que tenha gostado da primeira semifinal? Eu por exemplo. Em que e que o seu gosto musical prevalece sobre o meu?

      Eliminar
    2. acacio pereira11:52

      Com o devido respeito, pois todos têm direito a ter o seu gosto, mas sinceramente se testasse o gosto da maioria ... embora eu veja o festival sempre e quase sempre desiludido, penso que cada vez mais se afastam as pessoas, pois nem as atrai nem o resultado depois na Eurovisão deixa de ser humilhante.

      Eliminar
  14. Anónimo20:04

    Mas N. Markl e quem o convidou para integrar o júri não sabiam já que ele colaborava com o autor de uma das canções? Uma questão surge agora: se se abstém, essa canção à partida vai ficar prejudicada, porque leva um zero. Por muito que N. Markl "dê a volta ao texto", a defesa tão veemente da sua canção preferida deveria ter surgido passado o tempo das suas funções como jurado. Gostar-se ou não se gostar é um direito de todos, mesmo de quem não integra o júri. Afinal quem vê também é solicitado a votar (inúmeras vezes os apresentadores pediram que se telefonasse, votando). Ofender este ou aquele intérprete não é, claro, correto, mas não vi N. Markl chamar a atenção de quem quer que fosse quando se ofendeu a intérprete (porque houve quem ofendesse, sim, e até na "sua" rádio) da canção que ganhou em 2014. Podia não se ter gostado da canção ou da interpretação, mas a verdade é que houve quem a denegrisse, enquanto pessoa. Todos merecem respeito enquanto pessoas, chamem-se Salvador, Suzy, Luísa, Emanuel, etc.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo 20:04 - Gostei da sua intervenção e tem razão naquilo que refere (nomeadamente quando alude ao que ocorreu em 2014). Respondendo à sua questão inicial, o comunicado é bem claro ao afirmar que será tida em conta a média do júri para atribuição do resultado final (assim sendo, a referida canção não será prejudicada logo à partida).

      Eliminar
  15. Anónimo21:12

    Se for para substituir o Nuno Markl que seja a Maya a fazê-lo. Pelo menos ela adivinha/prevê a canção que pode trazer um melhor resultado para Portugal das que estão em concurso :))

    ResponderEliminar
  16. Anónimo21:50

    As únicas três canções de que gostei ficaram nos três primeiros lugares.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top