Antes da primeira semifinal do Melodifestivalen 2017, a cantora Ace Wilder criticou as declarações de Charlotte Perrelli sobre as expectativas para o concurso: "Ela veio tirar o lugar a alguém que queria participar e ganhar".

De regresso ao Melodifestivalen, a vencedora do Festival Eurovisão 1999, Charlotte Perrelli, garantiu, precocemente, que o objetivo não era a vitória, mas sim promover o seu novo trabalho (AQUI). As declarações foram repetidas após as previsões dos resultados da primeira semifinal apontarem a sua candidatura ao último lugar, algo que se veio a concretizar: "O Melodifestivalen é visto por três milhões de pessoas... Diga-me um programa onde possa entrar para cantar uma canção que chegue a tanta gente? Não há nenhum" afirmou, "O importante é mostrar o meu trabalho. Sou artista e amo o que faço. A minha paixão pela música está maior agora do que em muitos anos".

John Aleman, da agência Carat, reagiu às declarações e afirmou que o tempo de publicidade do concurso "vale ouro". "A Charlotte tem razão quando diz que não há nenhuma plataforma como o Melodifestivalen" afirmou, referindo que os três minutos da atuações podem valer mais de 2 milhões de coroas suecas (mais de 200 000 euros): "É dificil fazer uma tradução linear, mas o valor de publicidade pode situar-se entre 2 e 2,5 milhões de coroas suecas. Isto se contar com os concertos e contratos que podem aparecer com o concurso". De realçar que Charlotte Perrelli investiu recentemente cerca de 500 mil coroas suecas (50 mil euros) em publicidade na TV4 devido ao lançamento do novo trabalho.

Contudo, nem todos gostaram do plano de Charlotte Perrelli com a SVT. Ace Wilder, finalista da competição, reagiu às declarações antes da semifinal, deixando duras críticas a Charlotte Perrelli: "Ela veio ocupar o lugar de outra pessoa que queria participar e ganhar. É verdade que ela é amada em todo o Mundo e já ganhou a Eurovisão... É optimo que ela queira aparecer e participar. Mas ao mesmo tempo é vergonhoso para aqueles que queriam entrar no concurso e não puderam".

Anette Helenius, produtora do Melodifestivalen, reagiu nas redes sociais à polémica, esclarecendo que a SVT não vê qualquer problema com os planos de Charlotte Perrelli: "Charlotte está com as mesmas condições e regras de todos os concorrentes. Os artistas entram no Melodifestivalen com razões diferentes que podem passar por competir pela vitória ou simplesmente participar".

Recorde, de seguida, a participação de Charlotte Perrelli e de Ace Wilder no Melodifestivalen 2017:



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: Expressen/ Imagem: ESCPortugal/ Vídeo: Youtube

13 comentário(s):

  1. Anónimo23:10

    É legítimo mas pode ser de facto criticável.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo00:02

    Tem a mania a Ace Wilder, coitadinha. Enquanto uma já venceu 2 vezes o Melfest e 1 vez a Eurovisão, a menina já vai na terceira participação sem nenhuma vitória...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo00:19

    Ace não disse nenhuma mentira, concordo totalmente com ela.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo00:52

    Concordo plenamente com a Ace Wilder. E nao petcebo alguns comentario aqui. Se fosse alguem que entrasse no FC e dissesse que nao ia para gsnhar comecavam logo a criticar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:30

      As razões da Charlotte são mais que legítimas, mas tem razão quanto à segunda parte. Estranho que a Ace seja criticada por fazer o que tantos aqui fizeram.

      Eliminar
  5. Ha 2 anos a Adelaide Ferreira tb participou para promover a sua musica e nao acredito que a Simone de Olibeira quisesse ganhar.É legítimo.

    ResponderEliminar
  6. Ana Reis03:18

    Pois a Ace que se cale bem caladinha e não seja rude. A Charlotte tem status para fazer o que lhe apetecer no MF... Já ganhou duas x, e uma o ESC. E a Ace?!? Que ganhou ela no MF? Caminho para andar? Só pode quac! Lol com as suas cançonetas de graça qualidade. Está é que é a verdade. E mai não digo.

    ResponderEliminar
  7. Rui Ramos12:08

    A Chalotte como cantora e pessoa mete a Ace num bolso
    O Melfest é o programa mais visto na Suécia, é natural que os artistas queiram ali promover os seus trabalhos

    ResponderEliminar
  8. Anónimo14:41

    A Charlotte concorreu ao concurso "só" para apresentar o seu novo trabalho. A canção pertenceu ao lote das melhores canções a concurso e por isso foi seleccionada pelo canal para participar. Tendo a cantora um objectivo/ambição "muitíssimo baixo", isso não quer dizer que a sua canção não pudesse ganhar o dito concurso e até o ESC!! Dramalhona e dor de cotovelo é a causa de tais comentários deprimentes. Ace Wilder é que deveria ter vergonha na cara!!

    ResponderEliminar
  9. Isso significa que quem vai ao festival da canção sem intenções de ganhar, também não deveria concorrer.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo17:41

    Engraçado vocês estão a dar m show de hipocrisia, se fosse no FC todos estariam a julgar aquele que só foi para promover sua canção. SEJAM MENOS E PENSEM ANTES DE EXPRESSAR OPINIÃO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:14

      Eu não!! Pelo contrário, valorizo muitíssimo a humildade e simplicidade (e não simplorismo!!) das pessoas. Por esse motivo não vejo nenhum drama em ouvir alguns dos nossos intérpretes e compositores dizerem que o FC é uma Celebração de Canções.

      Eliminar
    2. Ana Reis23:43

      " vocês estão a dar m show de hipocrisia, se fosse no FC todos estariam a julgar aquele que só foi para promover sua canção."

      Alto lá, achas que somos como tu? Fala por ti, ó 17:41

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top