Jon Ola Sand, Supervisor Executivo do Festival Eurovisão, admitiu que o Grupo de Referência da EBU/UER irá discutir a proposta de São Marino na próxima reunião em janeiro.

Apesar das regras oficiais do Festival Eurovisão 2017 estarem já definidas, Jon Ola Sand, supervisor executivo do evento, garante que o Grupo de Referência da EBU/UER irá discutir a proposta avançada por São Marino para a sua votação de televoto (pode recordar AQUI). "Pelo menos posso garantir que vamos discutir isso em janeiro. As regras estão definidas mas vamos olhar para a proposta e ver se faz sentido inseri-la este ano ou não" afirmou Jon Ola Sand, não excluindo a possibilidade de alterar as regras do concurso.

Recentemente, a emissora de São Marino apresentou uma proposta para estabelecer um painel com o objetivo de ser utilizado como televoto do país junto do Festival Eurovisão. O painel será composto por telespectadores escolhidos entre os residentes no país, podendo eles ser cidadãos ou pessoas com autorização de residência, simulando a composição de uma audiência nacional. Uma empresa especializada externa seria a responsável pela escolha dos constituintes que votarão ao mesmo tempo que os restantes telespectadores europeus.

Estreante em 2008, São Marino participou por sete ocasiões no Festival da Eurovisão. Valentina Monetta, representante do país entre 2012 e 2014, conseguiu, na última participação, o inédito apuramento para a Grande Final, onde terminou na 24.ª posição. Em Estocolmo, o cantor turco Serhat e o tema I Didn't Know foram os representantes do pequeno país, conquistando a 12.ª posição com 68 pontos. Recorde a atuação de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: escdaily / Imagem/Vídeo: eurovision.tv

0 comentário(s):

Enviar um comentário

Temas em Destaque

 
Top