Depois do adiamento do anúncio da cidade anfitriã do Eurovision Song Contest 2017, Dnipro poderá ter retirado a sua candidatura pela organização.


Dnipro poderá estar fora da corrida pela organização do Festival Eurovisão 2017. Depois do quarto adiamento do anúncio da cidade anfitriã da competição, como pode ver AQUI, o diretor-geral da NTU, Zurab Alasania, escreveu na sua conta oficial de Facebook que "duas cidades estão numa corrida cabeça a cabeça: Kiev e Odessa", algo que poderá significar uma retirada de Dnipro.


A confirmar-se a retirada, a situação não é de todo uma surpresa: Borys Filatov, presidente da Câmara de Dnipro, criticou duramente o processo de seleção da NTU, ameaçando retirar a candidatura da cidade pela longa demora (AQUI), algo que não aconteceu devido às garantias da emissora em que todo o processo seria encerrado ontem, 24 de agosto.

Depois do adiamento do anúncio de hoje, Borys voltou a recorrer às redes sociais para manifestar o seu desagrado, lamentando que a "Ucrânia já tenha perdido duas semanas de preparação" para o Festival Eurovisão 2017, não revelando que a cidade tenha retirado a candidatura.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: escdaily/ Imagem:politrussia

1 comentário(s):

  1. Rui Ramos20:01

    Parece-me que esta cidade não tinha qualquer hipotese. Embora nesta novela nunca fiando

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top