"O Nosso Povo", tema de Carlos Paião, é o single de avanço do novo álbum de Yolanda Soares que estreia em setembro. O videoclip pode ser visto agora.


Depois de 5 anos sem lançar um novo álbum, eis que estreia agora a "obra" que a cantora crossover Yolanda Soares considera "a mais lusitana, madura, sedutora e romântica" das suas produções. Com artistas convidados, nacionais e internacionais, de grande nível, o novo álbum “Royal Fado” promete "coroar" Portugal . O primeiro single “O Nosso Povo”, juntamente com o videoclip, pode ser visto a partir de hoje, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades. O álbum está agendado para setembro.

O single deste CD "O Nosso Povo", um fado que Carlos Paião compôs para Amália, e que Amália chegou a gravar, não teve no entanto a visibilidade de outros temas/fados, mas é na opinião de Yolanda Soares um dos fados mais bonitos, com uma letra romântica e de grande carga lusitana. Razão pela qual a cantora se sentiu imediatamente impelida a gravá-lo considerando-o o tema ideal para o conceito que quer transmitir deste CD “Royal Fado” e por expressar um sentimento tão atual face ao panorama nacional e europeu.

Veja o vídeo de seguida:



"Neste tema sente-se exatamente a alma de um povo em que a letra espelha, quase que, o ser português na sua plenitude, que inclui o lirismo de Camões, o romantismo dos poetas, a bravura, a tradição, e a esperança de uma personalidade lusitana única", afirma Yolanda Soares. O videoclip foi gravado na Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra. Uma autêntica obra de arte arquitectónica e referencial que Yolanda considerou ideal para retratar este trabalho.

O currículum de Carlos Paião é de todos nós conhecido, tendo marcado de forma notável a história da música portuguesa tanto com "Playback", que representou Portugal na Eurovisão em 1981, como com "Vinho do Porto (vinho de Portugal) que, interpretou com Cândida Branca Flor dois anos depois no Festival da Canção e com tantas e outras canções interpretadas pelo próprio e por diversos outros artistas. Faleceu prematuramente em 1988. 


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: YOLANDA SOARES, ESCPORTUGAL / Imagem: YOLANDA SOARES / Vídeo: YOUTUBE

16 comentário(s):

  1. Rui Ramos13:58

    Fantastico. Quando a Yolanda estreou "metamorphosis" ha uns 5 ou 6 anos, apoiei a sua ida ao ESC. Dos melhores trabalhos feitos em Portugal

    ResponderEliminar
  2. Anónimo14:38

    Não conhecia esta canção do Paião. A versão da Yolanda Soares é fantastica

    ResponderEliminar
  3. Huh,um videoclip de arrasar,com um nivel de estetica e simbolismo visivelmente bem pensados e meditados.Musicalmente impecavel,exemplar.Excelente! (h) (h)

    ResponderEliminar
  4. Anónimo15:42

    Mais uma artista para a lista de honra que poderia representar Portugal já em 2017. O tema "A quem pertenço" é simplesmente excelente!.. e tantos outros...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui Ramos17:25

      Sem duvida.

      Eliminar
  5. Anónimo17:00

    Pimba não é; também não chega ao "kitsch"; fica-se por um pirosismo lusitano que tem, sem dúvida, os seus adeptos. O que em Amália (penso que gravou o tema na mesma época de "Lavava no rio, lavava") era intensidade, uma profundidade que convida a atentar-se nas palavras, aqui parece novo-riquismo e, sobretudo a nível da interpretação afetada, pura artificialidade. Pelo menos não destruiu nada que fosse muito conhecido - antes assim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:51

      Ora aqui temos, em bom português, neste dia 10 de junho, dia de Portugal, uma identidadezinha, mesquinha e cobarde, própria de alguns pseudo portugueses, que se escondem atrás do pano negro do anonimato para comentar, negativamente, a qualidade e o bom gosto deste magnifico trabalho, aliado à excelência desta cantora, mostrando de forma inequívoca, o despeito e a frustração de quem, jamais, quer como pessoa quer como profissional, poderá atingir quaisquer índices de qualidade, seja em que arte for, excepto na arte de maldizer. Nesta arte merece a nota 10. Felizmente são poucos os portugueses com esta "qualidade". Fernando Pina Não Anónimo

      Eliminar
    2. Anónimo23:40

      20:51 - Ora aqui outra "arte", que não é só dos portugueses, mas ainda muito enraizada nalgumas mentes: não aceitar uma opinião diferente. Pensa-se de forma diferente e é-se imediatamente chamado de "mesquinho", "cobarde", "pseudo português", maldizente... Mas olhe que, a propósito de trabalhos de outros artistas, já se escreveu aqui bem pior. Provavelmente o que faltou à cantora (que já fez muito melhor) foi haver quem fugisse à unanimidade e lhe fizesse perceber que estava a retirar valor às palavras que cantava com poses e entoação artificiais. Há cantar e há interpretar. A simplicidade (que não é sinónimo de amadorismo) teria sido melhor. É difícil pegar num tema de Amália e atingir o mesmo nível, mas é possível alcançar-se um patamar de qualidade elevada, mostrando-se entender o que se canta (Dulce Pontes, Cristina Branco ou Mariza, em diferentes fases das suas carreiras, já o provaram). Mostrarem-se estudantes de capa e batina dançando como quando estão em tuna ou dançar-se o tango enquanto se canta esta letra será na sua opinião (que respeito, sem o rebaixar) "um magnífico trabalho". Bom, como também diz que são "poucos os portugueses com a qualidade de dizer mal", oxalá a maioria transforme este tema num êxito. E, se não for um sucesso, ao menos que não se diga que tal se deve à falta de gosto do público, porque então até parecerá que os portugueses não são público...

      Eliminar
    3. 23:40 -E verdade o que dizes relativamente a uma certa incapacidade de tolerar opinioes diferentes,ou de ser-se critico.Eu acrescentaria ainda uma tendencia de certas pessoas para estar aqui a analizar personalidades(em vez de opinioes).Temos opinioes diferentes?Sim.Qual e o problema? :)

      Eliminar
    4. Rui Ramos10:48

      Concordo ctg RG. Quem tem opinioes sao pessoas, pessoas identificadas como tal. Anonimos nao tem opiniao porque sao seres indefinidos.

      Quando a pessoa usa o anonimato para dizer bem ou dar a sua opiniao neutra nao se torna grave. mas normalmente uma certa pessoa esconde-se no anomimato para achincalhar, para dizer mal. Este site ate nem é muito grave nesse sentido, pior sao sites de jornais nacionais (CM. JN...)

      Eliminar
    5. A questao do anonimato e muito relativa,e anonimos tem opiniao,caso contrario nao haveria por ex.aqui este tipo de debates,acho que e evidente por si so.Extremamente desagradavel e criador de mau ambiente e antes o criar insinuaçoes e suposiçoes de caracter pessoal.Acho eu.

      Eliminar
    6. Anónimo20:33

      De Fernando Pina Não Anónimo. Cumprimentando o Sr. Anónimo, devo salientar com agradável surpresa, o facto de, no seu novo texto, dar uma nota de elegância sobre a sua identidade, o que o torna agora menos anónimo. Quero deixar expresso que não sou de modo nenhum indiferente à crítica, essencialmente construtiva e não, àquela, eivada de termos de achincalhamento, quando nos julgamos donos de uma verdade única, sem percebermos o ponto de vista do criador desse trabalho. Dou sempre o benefício da dúvida, tanto ao criador como ao crítico, mas sempre feito com elevação. O respeito é sempre devido se quisermos ser respeitados pelo nosso semelhante. Cordialmente o acima expresso.

      Eliminar
  6. Anónimo18:08

    Uma autêntica maravilha. Uma artista e mulher com uma capacidade interpretativa e vocal que se desdobra em vários estilos. Um bom gosto musical e artístico que a distinguem. Desejoso de ver o que aí vem mais.Bravo Yolanda! excelente tema para este Dia de Portugal.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo18:17

    fantástica na voz de Yola!!! linda música!!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo18:18

    O video-clip e a musica são lindos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo03:08

      Muito bom, uma lindíssima voz uma canção de excelência,"nosso povo",escrita pelo Carlos!

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top