Apesar das últimas notícias que davam conta que o Governo do Luxemburgo iria estudar um possível regresso do país ao Festival Eurovisão da Canção, o diretor da RTL acaba de informar que tal não será possível. E explica porquê.


Notícias recentes davam conta que o Governo do Luxemburgo irá discutir um possível regresso do país ao concurso europeu, tal como escrevemos AQUI. Contudo, em entrevista aos media belgas, o diretor da televisão pública do Luxemburgo, Steve Schmit, explicou que a RTL é uma pequena estação com menos de 100 trabalhadores e que apenas produz duas horas de programação diária, sobretudo na área da informação. "Não seria difícil participarmos na Eurovisão, pois iríamos captar patrocinadores para pagar esse investimento. Contudo, o grande risco seria ganhar o festival, pois não poderíamos organizar a edição seguinte pois não temos meios", reconheceu. Por outro lado, este responsável não se mostrou agradado com as regras atuais do concurso, apesar de não especificar quais. "Com as novas regras de votação, pequenos países como o Luxemburgo têm menos hipóteses de serem bem sucedidos", opinou.

Em resumo: Mais uma tentativa frustrada , repetida todos os anos, de ver este país no Festival Eurovisão da Canção.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem: RTL

22 comentário(s):

  1. Anónimo13:37

    O facto de participarem não significa que tenham forçosamente que organizar o ESC seguinte caso ganhem!

    ResponderEliminar
  2. Adeus definitivo?! Nem na vida nem no Mundo existe nada de definitivo,irrevogavel,imutavel.Agora estamos assim,amanha a ver vamos. :) (c)

    ResponderEliminar
  3. Anónimo14:00

    Espera aí...eles estão com medo de ganhar? Ah Ah!!! Como se isso fosse possível...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ganharam pelo menos 5 vezes,a ultima das quais em 1983. Foi,e e caso venham a participar e possivel!

      Eliminar
  4. Pedro Carvalho15:41

    Quem conhece a televisão do Luxemburgo sabe que aquilo é algo muito pequeno, muito mais pequeno que o Porto Canal. Emite apenas noticias regionais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:39

      É a mesma RTL que ganhou o ESC nas décadas passadas? Também era assim tão regional na altura?

      Eliminar
  5. Anónimo18:26

    -12pontos do televoto para Portugal ;-(

    ResponderEliminar
  6. Anónimo19:41

    Isto é assim, podem não ganhar mas podem participar e mesmo que ganhassem davam a vitória ao 2º classificado e as regras irão ser novamente estudadas da melhor forma para existir uma votação justa para todos, é pena não participar. A RTL devia de apostar em novos assuntos, nem sempre a mesma coisa, se deixassem o futebol era o que faziam bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:06

      Deixar o futebol? Porque? O futebol e um dos melhores programas de televisao. Que move milhoes e milhoes de pessoas. E que toda a populacao gosta. Porqie havetia de o deixar?

      Eliminar
    2. Tambem eu considero que a importancia e preponderancia do futebol nas TV`s duma maneira geral esta hiper-inflacionada.Gosto de futebol a nivel de selecçoes nacionais,de resto passa-me ao lado.Actualmente tem mais a ver com negocios obscuros do que com desporto.

      Eliminar
    3. Anónimo07:53

      O Futebol cativa a maior parte das pessoas, mas o Luxemburgo não tem muita sorte no futebol, não me lembro de de marcar presença nos campeonatos mais importantes a nivel europeu como o euro e a nivel mundial, é como Andorra.

      Eliminar
  7. Anónimo19:42

    O governo podia ajudar o luxemburgo mas a RTL não parece muito interessada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:09

      A RTL desistiu do festival porque antes a RTL era financiada pelo estado e depois perdeu esse mais valia e agora é assim....

      Eliminar
  8. Anónimo19:44

    Mas podiam participar nesta edição que vêm e se não lhes agradar, saem e ja não participam para a próxima, querem falar sempre do mesmo assunto, só informação, fg,

    ResponderEliminar
  9. Anónimo19:57

    A RTL sempre foi a emissora do luxemburgo da eurovisão, participaram 37 anos consecutivos e a partir de 1994 nunca mais participaram será que ocorreu alguma crise lá, todos nos sabemos que o luxemburgo é um país que até é rico e o governo bem podia ajudar a RTL, mas mesmo que o Luxemburgo ganhasse podia sempre dar o seu lugar ao 2º. Eu sei que já passaram muito anos mas o Luxemburgo já ganhou e já sediou o evento

    ResponderEliminar
  10. Anónimo19:59

    As regras deverão de ser mudadas, a unica justificação que mais se compreende é os meios da organização caso Luxemburgo ganhasse mas o governo e a próprio EBU podiam ajudar ou então dar a a organização ao país que ficou em 2ºlugar.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo20:04

    São Marino, Luxemburgo, Mónaco, Macedónia, Montenegro, Turquia ....as regras têm que mudar, os países mais pequenos perdem vantagem face aos outros, a EBU tem que mudar de regras se não vai sair muitos países, se mudassem penso que o Mónaco e a Turquia regressariam logo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:08

      Concordo. Apesar de a turquia nao ser um pais pequeno

      Eliminar
  12. Anónimo20:12

    Enquanto não houver ninguém que particione de forma solidária (também agora quem ajuda alguém?) a RTL nunca mais veremos este país de volta a eurovisão infelizmente.

    ResponderEliminar
  13. Anónimo21:28

    A RTL antigamente era uma estação a tempo inteiro , quando o governo deixou de dar ajuda financeira tornou-se numa televisão regional , verdade é que o Ducado é tão pequeno que não lhe faltam canais para ver os da França da Belgica e principalmente os canais alemães mesmo antes das tv por cabo os luxemburgueses apanhavam o sinal de imensas televisões e como são trilingues percebem tudo , para alem de serem trilingues todos falam inglês o que faz deles um povo polígulota , apesar de tudo deveriam voltar ao ESC se ganhassem faziam como em 1974 que o festival deveria ser no Luxemburgo e foi a BBC que o realizou em Brighton, enfim ficamos à espera.

    ResponderEliminar
  14. Anónimo23:41

    Então mas eles estão preocupados em caso de vitória não poderem organizar no ano seguinte ou estão preocupados com as regras actuais que impedem países pequenos de chegar á final e serem bem sucedidos??? :o
    Enfim acho que o que não falta são soluções em caso de vitória...quanto ao resto nada é impossível ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 23:41 - Concordo contigo.Alias as declaraçoes deste "big boss" da RTL sao contradiçoes atras de contradiçoes.No fim de contas ele nao passa de um funcionario.Se o assunto ESC vier a ser debatido no Parlamento luxemburgues,e chegar-se a conclusao de SIM ao ESC,ele nada tem a dizer ou a fazer.

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top