Barei revelou que quase desistiu da sua participação no Eurovision Song Contest 2016 após fortes desentendimentos com o chefe da delegação espanhola e outros membros da comitiva.


Semanas após acabar em 22.º lugar na grande final do Festival Eurovisão da Canção de 2016, Barei deu uma entrevista ao jornal espanhol ABC onde fez revelações surpreendentes. A cantora de Say Yay! sente-se grata ao concurso por este ter ajudado a aumentar a confiança em si própria e por ter promovido a sua carreira musical. No entanto, nem tudo foi um mar de rosas e após a grande final Barei disse ter-se sentido bastante triste: "Nessa noite senti-me triste, envergonhada e só podia pedir desculpa àqueles que esperavam que eu fizesse melhor".

Na sua coreografia em palco, Barei finge uma queda aparatosa. Sabe-se agora que esse momento estava inserido numa coreografia muito mais complexa do que aquela que foi apresentada. Durante a festa pré-eurovisiva que teve lugar em Riga, a comitiva espanhola fez saber a Barei que não ia seguir as suas ideias. A cantora afirmou que "quando estava na Letónia tudo o que eu tinha era uma pilha de nãos aos meus pedidos, por isso pedi-lhes por favor para manterem a queda, pois mostrava a vontade de superar os nossos problemas, e essa era a mensagem por trás da música. Por isso, tomei uma posição e disse-lhes que não ia à Eurovisão se eles não me deixassem cair em palco. Não me podem deixar 'não fazer nada' num espetáculo como este..."

Barei queixou-se ainda da falta de comunicação entre os coreógrafos e a SVT, tendo revelado que pediu contacto direto com a estação sueca mas este nunca existiu. Barei não acredita que a TVE não quer vencer o certame europeu, mas aponta críticas ao chefe de delegação que devia ter feito um melhor trabalho para "evitar tantas mudanças de última hora". A cantora apontou ainda que muitos dos países que têm tido bons resultados têm chefes de delegação bastante jovens.

Recorde a prestação de Barei no ESC2016:

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte e Imagem: wiwibloggs / Vídeo: eurovision.tv

2 comentário(s):

  1. Pedro Carvalho15:18

    "A cantora apontou ainda que muitos dos países que têm tido bons resultados têm chefes de delegação bastante jovens"

    Concordo, embora isso não significa nada. A chefe de delegação de Portugal em 2015 não era, nem é velha; é preciso é que tenha ideias, vontade, ser criativa e poder!! Idade não é sinonimo de competencia.

    ResponderEliminar
  2. Tivesse desistido e dito NAO em vez de YAYAY a tempo e horas. Por mim nao precisa de pedir desculpas,pois eu sempre disse que Barei Yayay do Bottom- 5 nao passaria.Feia a referencia de caracter discriminatorio-etario relativamente ao chefe de delegaçao.A frustraçao e muito ma conselheira.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top