Os Mesa apresentaram no passado sábado o seu novo álbum “Loner”, em dois showcases onde foi possível ouvir os novos sons desta banda que tem Rita Reis como vocalista. O ESC Portugal esteve lá.

Depois de duas apresentações no Village Underground, em Lisboa, e no Passos Manuel, no Porto, eis que “Loner” foi apresentado nas duas FNAC de Matosinhos, no passado sábado. São 12 faixas, onde a banda funde mais eletrónica a elementos orgânicos, comparando com o trabalho anterior “Pés que sonham ser cabeças”. "Asteroid" é a canção-âncora. “É o nosso primeiro disco totalmente em inglês”, afirmou a vocalista ao público presente logo a abrir o showcase". Mais tarde, e no meio de muita informalidade, aproveitou para confessar que "Loner" demorou dois anos a ser produzido. 

Rita Reis está nos Mesa desde 2012, depois de ter integrado a girlsband Nonstop, ter representado, seis anos antes, Portugal no Festival Eurovisão da Canção e de ter passado por Marraquexe e Miami noutros projetos musicais. Rita sente-se, sem dúvida, como peixe na água neste projeto: Cresceu como artista, como intérprete, dando o seu cunho pessoal a canções fortes que rondam as temáticas contemporâneas, como o amor, amizade, ódio, solidão, o próprio envelhecimento “e os lugares mágicos que criamos, onde nos refugiamos".


No palco, destacava-se também a presença de João Pedro Coimbra, fundador dos Mesa e que é também baterista, compositor e letrista.

Neste showcase na Fnac, e apesar das limitações habituais ao nível do som destes espaços, a banda teve oportunidade de tocar durante meia hora, destacando-se “The cave” e “While I wait for a tea”, dois temas onde Rita Reis deu tudo de si, numa entrega que fez o público viajar até ao fundo de cada canção.

Temos um excerto de “Asteroide”, especialmente para os nossos leitores:

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: ESCPORTUGAL / Video: FACEBOOK ESCPORTUGAL

6 comentário(s):

  1. Anónimo00:19

    Gosto muito. (f)

    ResponderEliminar
  2. Rui Ramos01:00

    Já gostava dos Mesa no tempo da Monica Ferraz. A Rita trouxe uma nova voz, mas a qualidade mantem-se. Este Asteroide é muito profundo. Gosto

    ResponderEliminar
  3. Anónimo08:18

    Os mesa sempre foram das bandas mais criativas e originais. Pena ja nao.terem o sucesso de outros tempos.

    ResponderEliminar
  4. Seja devido a acustica local ou seja do que for,ha uma diferença abissal entre o que se viu e ouviu no videoclip de "Android" e esta actuaçao ao vivo.Fraco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No meu comentario das 13:00 onde se le "Android" deve ler-se "Asteroid".Sorry...

      Eliminar
  5. Anónimo15:44

    A Rita está linda

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top