Com uma dívida superior a 10 milhões de euros, a emissora romena poderá ser afastada da próxima edição do Festival da Eurovisão. Ovidiu Anton, representante do país, já reagiu à polémica: "um artista não deve ser envolvido nesta situação".

Ovidiu Anton poderá ser impossibilitado de subir ao palco do Globen Arena, em Estocolmo, no Festival da Eurovisão 2016. A informação partiu da EBU/UER (União Europeia de Radiodifusão) que lançou um ultimato à cadeia estatal romena, TVR, para que esta efectue o pagamento da sua dívida acumulada, superior a 10 milhões, sob o risco de perder o direito à transmissão e participação em conteúdos e serviços da organização. A rede europeia foi mais longe nas ameaças e garantiu que o país poderá ficar impossibilitado na superprodução do concurso deste ano, sendo a primeira penalização pelo não pagamento, negando também o sinal por satélite.

Desde 2008 que a EBU/UER tem recebido os pagamentos da TVR de forma muito irregular. A gravidade da situação levou a que o organismo europeu apelasse ao governo do país (AQUI) para que haja um compromisso formal para pagar a dívida acumulada, o mais rápido possível. A emissora nacional romena pediu, por sua vez, 'compreensão pela grave situação financeira em que vive', algo que a EBU rejeitou, alegando que 'o resto das televisões europeias não têm que suportar essa dívida'. A rede europeia garante que o último pagamento realizado aconteceu em janeiro, no valor de 250 mil euros, sendo que desde 2003, que a TVR não paga o imposto de televisão, algo que devia ser pago mensalmente.

Depois da polémica ter sido lançada pelos jornais romeno, o representante do país manifestou a sua preocupação sobre a possível retirada involuntária da sua participação: "Um artista não deve ser envolvido nesta situação". Ovidiu Anton foi mais longe nas palavras e criticou a conduta da televisão romena: "A televisão deve ter o dever de promover a música, um dos nossos valores mais importantes" alegou, mostrando-se esperançado que "apesar da grave situação, estou seguro que a cadeia televisiva consiga a ajuda do governo e resolva esse problema".

Aceda ao tema que representará a Roménia em Estocolmo:



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovision-spain / Imagem/Video: eurovision.tv

5 comentário(s):

  1. Aaaaah esta EBUER...Entao so agora e que acordou para o problema romeno?!?!Agora a cerca de 1 mes do inicio do ESC e que lhes vem a cabeça(tera cerebro la dentro?) que a Romenia esta em divida?!?!Haja um minimo de bom senso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto é assim : Tira-se de um lado, põe-se do outro, Portugal pagou menos para transmitir, logo agora a EBU vai tentar ''agredir'' a TVR para buscar alguma da dívida, para igualar o preço suposto que Portugal deveria ter pago para transmitir o ESC 2016!

      Eliminar
    2. Joao Jorge ESC, espero que a tua teoria prove ser verdadeira,assim,quem sabe,se a Romenia sair,para colmatar o buraco(a preço de saldo) entra Portugal. Atençao Leonor Andrade!Tem a mala pronta,bem como as partituras de"Strong for too long"! :p

      Eliminar
  2. Anónimo20:54

    Pelo menos nos nao temos divida tambem. Seria uma vergonha

    ResponderEliminar
  3. Anónimo18:04

    Sinceramente nem que aquece nem me arrefece ... se a canção não fosse uma palhaçada que se enquadra no nível melódico piroso da primeira década dos 2000s ...

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top