Alguns meses depois da primeira viagem a Lisboa, Conchita Wurst, vencedora do Festival da Eurovisão 2014, está de regresso à capital portuguesa, desta vez para falar de direitos humanos.

Depois do concerto na discoteca Gossip e a participação na final do Ídolos, em agosto do ano passado (AQUI), Conchita Wurst, vencedora do Eurovision Song Contest 2014, está de regresso a Lisboa no próximo mês de maio. A personagem criada por Thomas Neuwirt será uma das oradoras na conferência "Os Direitos Humanos e os Desafios do Século XXI: Globalizar a Dignidade", que decorre entre 9 e 10 de Maio na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. 

A cantora austríaca integra o painel de oradores juntamente com Jorge Sampaio (antigo Presidente da República), Christian Felber (ativista político), Delphine K. Djiraibe (advogada e co-fundadora da Associação do Chade para a Promoção e Defesa dos Direitos Humanos), Kerry Kennedy (escritora, presidente da Robert F. Kennedy Human Rights e membro dos CA do U.S. Institute of Peace e da Human Rights First), Francisco Ferreira (presidente da ZERO) e Susana Gaspar (presidente da Amnistia Internacional). A conferência é comissariada pelo professor Viriato Soromenho-Marques e é organizada pela Fundação Gulbenkian, pelo Robert F. Kennedy Center for Human Rights e pelas embaixadas da Áustria e dos Estados Unidos da América.

Recorde, de seguida, a participação de Conchita Wurst no Festival da Eurovisão em 2014:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: dezanove /Imagem e Video: eurovision.tv

6 comentário(s):

  1. Anónimo16:18

    Lá vamos ter uma certa intelectualidade portuguesa a vociferar contra a presença de Conchita. Parabéns aos organizadores pela abertura de espírito!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo16:37

    Pode ser que a RTP possa a convidar ao Got Talent Portugal, caso ainda esteje a decorrer. É sempre bom tê-la cá de volta! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:45

      O Got Talent Portugal termina a 1 de maio...

      Eliminar
    2. Anónimo17:01

      Eu disse "caso ainda esteje a decorrer" porque não sabia quando terminava. Obrigado pela informação.

      Eliminar
  3. Rui Ramos17:12

    Excelente notícia. Portugal está tao diferente

    ResponderEliminar
  4. Nunca antes o ESC nos tinha dado um vencedor com o protagonismo de cidadania e de influencia a este nivel,como Conchita. Parabens! Nos ultimos 20 anos, Portugal avançou "milenios"em termos de civismo e direitos humanos!

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top