Portugal: Mais de 445 mil espectadores acompanharam a segunda semifinal do Festival Eurovisão 2019


Mais de 445 mil espectadores acompanharam a segunda semifinal do Festival Eurovisão 2019 na RTP1.


Com comentários de Nuno Galopim e de José Carlos Malato, a RTP1 transmitiu a segunda semifinal do Festival Eurovisão 2019 em diferido, com a transmissão a ser transmitida com uma hora de atraso. O evento foi acompanhado por uma média de 445 mil espectadores, com 4,6% de rating e 10,4% de share. 

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Zapping /Imagem: Eurovision.tv

13 comentários:

  1. Anónimo21:39

    Pensei que ia ser pior, mesmo em diferido e depois do que aconteceu na 1a semifinal, a 2a semifinal teve resuktadps razoáveis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:50

      Resultados**

      Eliminar
    2. Anónimo22:14

      Na prática ainda temos portugueses a competir na eurovisão o Eduardo Lobo (de nacionalidade brasileira, mas residênte em Portugal) que fez os leds da Noruega e o Pedro Granger que faz parte da delegação Italiana

      Eliminar
  2. Anónimo22:40

    Os comentarios do nuno Galopim e do Malato sao simplesmente pessimos. Influenciam o televoto ate mais nao. Dizem quem sao os favoritos, desvalorizam inumeras cancoes que depois passam e dizem que e uma surpresa como foi a Macedonia (que nao foi surpresa nenhum) arrasam quase tudo o que seja em Ingles.. Nao tem piada alguma ver com eles a comentar. Porque dao a sua opinião pessoal o que influencia os votantes.. Alem disso ainda me esta intalado um comentario do Malato que dizia: nao sei se isto faria sentido na Russia que mesmo apesar disso ja organizou uma vez... Um claro boicote a Russia e que tem tanto direito e sentido como em qualquer outro país

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José Luís22:56

      Acho horrendos os comentários dos dois, mto mau mesmo. E o Nuno Galopim, que começou bem ha uns anos, agora está péssimo. Não faz sentido comentar o festival daquela forma! Nuno Galopim concentra-te em escolher boas musicas para o FdC e dá lugar a quem faça melhor na apresentação dos comentários!

      Eliminar
    2. Anónimo23:19

      É por isso qu vejo a transmissão no YouTube.
      Percebo inglês por isso é na boa, e não passa publicidade.

      Eliminar
    3. Anónimo23:33

      Se fosse só em Portugal que isso acontece...
      No ano passado os comentadores Belgas disseram que a nossa música era o intervalo para ir à casa de banho

      Eliminar
    4. Anónimo03:50

      Também reparei, tanto que no twitter estavam os tugas (os que não estão tao familiarizados com a eurovisão) a repetir exatamente comentarios semelhantes aos deles, sobre as mesmas cançoes. ENFIM

      Eliminar
    5. Anónimo04:34

      De facto quando os comentários estavam entregues à Silvia Alberto, eu gostava muito mais

      Eliminar
    6. Anónimo14:14

      Sem duvida Silvia Alberto era bem melhor!!!

      Eliminar
  3. Anónimo22:54

    Se estivéssemos amanhã na final, os valores iam aproximar-se dos do ano passado. Apesar de haver muitos críticos, há muitos mais fãs do Conan Osiris que iam apoiar até ao fim. E não me venham dizer que os problemas de votação são teorias da conspiração. Eu vi provas de erros em Espanha, França e Bélgica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:34

      Também houve problemas com o som da música Portuguesa e da Belga na França.
      Estou curioso para ver como o televoto Francês votou...

      Eliminar
    2. Há um erro comprovadíssimo na Islândia. Uma pessoa que votou com o mesmo telemóvel nas suas duas músicas preferidas, Hungria e Portugal, mas só o voto na Hungria foi validado. O voto em Portugal deu erro.

      Eliminar