Irlanda: Dana defende que o país pode voltar a vencer a Eurovisão... se seguir o exemplo de Portugal


Dana, vencedora do Festival Eurovisão de 1970, garantiu que a Irlanda poderá voltar a vencer o concurso se apostar como Portugal em 2017: "Portugal era o concorrente mais antigo sem vitórias e criaram a canção menos eurovisiva de sempre. E rebentaram com tudo...".

Responsável pela primeira vitória da Irlanda no Festival Eurovisão em 1970, edição sediada na Holanda, Dana reconheceu que o país poderá voltar às vitórias no concurso... se seguir o exemplo de Portugal em 2017. "Fazer televisão é saber olhar não só para a câmara mas para os olhos de alguém. Temos de levar uma música composta com sinceridade e que toque as pessoas, sendo também importa a combinação entre a música e o cantor" frisou a cantora, dando o exemplo de "Amar Pelos Dois", canção com que Salvador Sobral triunfou em 2017, "Portugal era o concorrente mais antigo sem vitórias e criaram a canção menos eurovisiva de sempre. E rebentaram com tudo... Ganharam os votos do júri na maioria dos países e acho que a Irlanda pode fazer algo parecido".

Questionada sobre os maus resultados dos últimos anos, a cantora defende que a Irlanda não tem enviado más candidaturas para o Festival Eurovisão: "Não temos enviado lixo, ao contrário de outros. Mas por exemplo, este ano, gostei da canção ["22"] e da voz da Sarah McTernan. Mas teria ficado mais satisfeita se ela estivesse parada durante a atuação" frisou, lamentando as escolhas da RTÉ para a atuação em Telavive. Contudo, apesar das comemorações do 50.º aniversário da vitória, a cantora rejeita um regresso ao concurso: "Representar a Irlanda na Eurovisão é uma honra única. Devem ser outros cantores a participar".





 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: TheSun /Imagem: Google: Vídeo: Youtube

2 comentários:

  1. Continuo sem perceber este rótulo de canção eurovisiva. Eu só pergunto à primeira vencedora pela Irlanda se a última vez que ganharam foi com uma canção eurovisiva. Lembro para os menos atentos que foi em 1996 com Voice que a Irlanda saboreou pela última vez o gosto da vitória.

    ResponderEliminar
  2. Eu escrevo sempre de cor, tenho pouca, para não dizer nenhuma preocupação com o pormenor, mas para os adeptos do rigor, da vírgula, do acento gráfico, das reticências, vou aqui fazer uma excepção. Primeiro quero explicar que não fiz pesquisa com essa intenção, mas como quis recordar a composição que mencionei no comentário anterior fui ao youtube e então reparei que o nome correto é " The Voice", faz alguma diferença, vozes há muitas mas esta é A VOZ.

    ResponderEliminar