ESC2019: KEiiNO criticam a votação do júri na Grande Final do Festival Eurovisão 2019


Tom Hugo, vocalista do trio KEiiNO, lamentou a diferença da classificação do júri e do televoto no Festival Eurovisão 2019: "Temia-se que os votos por telefone pudessem ser manipulados. Mas agora a tecnologia mudou bastante".


Vencedores do televoto no Festival Eurovisão 2019, os noruegueses KEiiNO terminaram em 6.º lugar na Grande Final, fruto do 18.º lugar atribuído pelo júri: 251 pontos separaram as duas classificações, a maior diferença de sempre no concurso. De regresso ao país, Tom Hugo, um dos vocalistas do grupo, questionou a necessidade do júri: "É muito subjetivo o que é bom e o que é mau... e então é estranho que algumas pessoas decidam metade dos pontos de um país" referiu, "Sempre houve muitos rumores sobre a subornação dos júris... Talvez agora seja uma boa altura para um verdadeiro debate".

O cantor garante também que a tecnologia evoluiu o suficiente para evitar manipulações na votação pública: "Temia-se que os votos por telefone pudessem ser manipulados. Mas agora a tecnologia mudou bastante" afirmou, relembrando também os problemas na produção durante a atuação no jury show, atuação cuja repetição foi recusada pela EBU/UER: "Foi enviado um email aos júris com uma nota que não deveriam ser influenciados pelas imagens do jury show. A música é sobre criar um sentimento e quando não há uma continuidade na experiência, podemos ser, inconscientemente, influenciados":


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: VG/ Imagem: Google / Vídeo: Youtube

30 comentários:

  1. Anónimo14:17

    "já estava tudo comprado na verdade!"

    ResponderEliminar
  2. Anónimo15:06

    Não consigo perceber o "milagre do televoto" neste país. Música datada, a lembrar "Monsters" (mas em mau), que quanto a mim se tivesse ficado pela semifinal não se tinha perdido nada!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo15:06

    Não sabia que o lema deste ano era "mau perder"

    ResponderEliminar
  4. Anónimo15:34

    Pois eu acho que o Júri faz falta, existem algumas boas musicas "salvas" pelos júris! Muitos exemplos disso, até. Temos que aceitar que não existem métodos perfeitos, mas não quero que o peso da votação esteja todo só de um lado, nem tudo no júri, nem tudo no televoto. Como está, funciona bem...ou pelo menos funciona menos mal. Não é prefeito, mas ainda é o melhor que temos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:37

      Parabéns pelo seu comentário!
      Raramente se vê pessoas sensatas por aqui.

      Eliminar
    2. Anónimo19:43

      17:37, Então secalhar está na hora de saíres, flor.

      Eliminar
    3. Anónimo20:11

      Muito bem, Anónimo 15:34!

      Eliminar
    4. Anónimo21:58

      Digo mais: Graças a Deus existe o Júri. Uma canção dessas vencer? Honestamente.
      Aceita, Tom Hugo. Já tivemos péssimas surpresas com o 100% televoto.

      Eliminar
  5. Anónimo15:55

    O ideal era só se saber o país de cada canção no final do espectáculo e aí queria ver as pontuações ;-). Ia rir-me muito...mas infelizmente tal não é possível de fazer

    ResponderEliminar
  6. Anónimo16:01

    Se eu tivesse ganho o televoto, o que eu faria? Claro ... ficar indignado com a votação do juri, composto não por cidadão comuns a beber uns copos em casa todos entretidos com a minha proposta musical ... mas sim por colegas de profissão que entendem de musica tanto quanto eu (supostamente). Eu também quero acreditar que a Ana Malhoa e o Rui Veloso tb entendem de música da mesma forma (cough, cough).
    Se eu não tivesse ganho o televoto, estaria hoje nas tintas e pensar na minha vida em vez de perder tempo com o que não interessa. Mas o mundo da Eurovisão tem destas pequenas pérolas chamadas hipocrisias.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo16:08

    Para quem ainda não viu esta maravilha: https://www.youtube.com/watch?v=1sqIPJg7IdE

    ResponderEliminar
  8. Anónimo16:20

    Se fosse um representante portugues seria chamado de arrogante mas....sao nordicos!! Aceitem que doi menos!! Ainda bem que existe um juri.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo16:47

    Ainda bem que que existe júri para impedir estas músicas de Revenge of the 90’s de ganhar e voltar a ter uma parolice de vencedor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:53

      Na verdade, a carta do vitimismo resulta sempre...antes da final partilharam uma publicaçao a dizer para o pessoal dar apoio porque o ensaio do juri nao tinha corrido bem por problemas tecnicos e isso ia prejudica-los. Por tanto muitos dos votos que receberam nem foi porque gostaram, mas sim por pena

      Eliminar
    2. Anónimo02:52

      @17:53 A Noruega obteve na final o mesmo resultado da semifinal, ganham o televoto na semifinal e ficando lá baixo no ranking dos júris, por isso não acho que tenha recebido votos por pena nem que os problemas técnicos tenham prejudicado a votação do público

      Eliminar
    3. Anónimo21:32

      02:52, Na final estavam todas as cançoes, na semi final não. Completamente diferente.

      Eliminar
  10. Anónimo17:33

    Sinceramente acho que eles acabam por ter razão porque acabam por ser as pessoas em casa que têm de gastar do seu dinheiro à votar. Acho que um sistema 40/60% seria muito mais justo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:04

      Acho que vi alguém fazer as contas e dar 25% júri, 75% televoto e neste caso a Holanda ganhava também

      Eliminar
    2. Anónimo00:59

      Que eu saiba ninguém anda a apontar armas às nossas cabecinhas para nos obrigar a votar e gastar futilmente o nosso dinheiro. Cada um vota se quiser e gasta o seu dinheiro por conta própria, mas que não venha fazer barulho para a rua a achar que o mundo tem q girar à sua volta para que a sua preferencia musical vença. Ja agora era uma festa não. Haja paciência!!

      Eliminar
  11. Anónimo17:52

    As pessoas que votam ja o fazem conscientemente das regras e sabem que existe um juri. Se tivessem ganho o voto do juri e não o televoto, não diziam o mesmo. Que chatos.

    ResponderEliminar
  12. Anónimo17:54

    Na verdade, a carta do vitimismo resulta sempre...antes da final partilharam uma publicaçao a dizer para o pessoal dar apoio porque o ensaio do juri nao tinha corrido bem por problemas tecnicos e isso ia prejudica-los. Por tanto muitos dos votos que receberam nem foi porque gostaram, mas sim por pena (tal como a surie no ano passado nao acabou no bottom graças ao invasor de palco)

    ResponderEliminar
  13. Ainda bem que havia júri. Em vez de ganhar a Noruega ganhou a Holanda que é muito superior.
    Ainda estou para entender o que pessoal viu nesses gajos para lhes dar a vitória no televoto.
    Pergunto eu: Se tivesse sido o Salvador a dizer uma coisa destas, o mundo eurovisivo por acaso ia ficar calado? Iam logo com duas pedras na mão em cima dele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:29

      Ate nisso sao preconceituosos...aos nordicos perdoam-lhes tudo...e aos italianos, que vao sempre para la com um ar de superioridade todos os anos, também.

      Eliminar
    2. Anónimo01:03

      Mas os italianos tem esse luxo porque sabem sem tretas a qualidade do seu legado musical e daquilo q tem hj no cenário musical. E é melhor que o pop genérico e reciclado dos nórdicos. Aquele pop que eles lá em cima amam, mas que gera vómitos nas barrigas dos amantes de musica portuguesa. Um choque ...

      Eliminar
    3. Anónimo21:26

      01:03 luxo? o que é que define por qualidade? O francesco foi pessimo, o deste ano foi sobrevalorizado como ninguem tendo levado uma cançao medíore, a dupla de 2018 nao trouxe nada de original ou especial. Ja que fala desse suposto legado com qualidade, porquê qualidade? Porque têm orquestra e levam baladas com letras com significado, é isso? Isso não tem nada a ver com qualidade. Niguem pode definir o que é musica de qualidade, sao gostos. Até a seleçao nacional deles é sempre sobrevalorizada. É uma seca pegada, sem qualquer tipo de criatividade, este ano levaram um staging com aquelas letras no ecrã outra vez em ingles...nao fazem esforço nenhum em relaçao ao staging e a RTP, como não quer ter trabalho, prefere seguir esse caminho e copiar, excepto pior.

      Porque é que o pop generico tem de ser mau? Quem és tu para definir isso? Viste sequer o top 10 deste ano, cheio de pop generico? Eu ouço musica italiana e pop "generico", alias, parem de dizer que é generico, aquilo é POP ATUAL. Lá porque o teu país e Italia nao dominam esse genero não significa que seja mau, menos azia. Os nordicos também fazem baladas lindissimas, algumas melhores que Italia. Black bird, por exemplo. A balada que ganhou teve a contribuiçao de um nordico, um sueco, o Duncan nao fez aquilo sozinho.

      O pop que fazem gera vómitos nas barrigas dos amantes de musica portuguesa? que amantes sao esses?? serão os mesmos que deram 12 este ano ao Conan? As musicas mais ouvidas em Portugal e o top do televoto todos os anos provam que nós amamos esse pop e não ha nada de errado nisso. Os portugueses não ouvem as baladinhas que aparecem no festival da cançao como tanto apregoam, ouvem esse pop generico, Malta está em 2º no spotify portugues. Estamos em 2019 e ainda existe esse preconceito patetico. Move on.

      Eliminar
  14. Inspiram uma 3° categoria: os participantes de cada país. Com o público a valer 50%, o júri 30% e os participantes 20%.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:00

      Se calhar, perdiam também. Aceita, Hugo.

      Eliminar
  15. Anónimo22:07

    Era de longe a melhor musica.. mas ganhou a pasmaceira holandesa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:04

      Andas a ouvir demasiada pimbalhada na TVI em playback. Um copo a menos ajudaria a ouvir melhor ...

      Eliminar
    2. Anónimo21:31

      01:04 E respeitar a opinião e gosto dos outros? olha, experimenta ver os programas que a RTP tem todos os dias de manha e quantidade de pimbalhada que aparece a cantar em playback. Quem dera à RTP ser uma TVI. Só começaram a pôr videos com qualidade depois de várias pessoas terem metido, mas mesmo assim ainda continuam com problemas...deve ser dos copos...

      Eliminar