ESC2019: Faleceu trabalhador ferido em acidente na montagem do palco do Festival Eurovisão 2019


Fuldi Schwartz faleceu, esta noite, depois de ter sofrido um acidente nas imediações da Expo Tel Aviv enquanto descarregava material de iluminação do palco do Festival Eurovisão 2019.


O homem israelita que ficou ferido na passada segunda-feira, 13 de maio, enquanto descarregava equipamentos do palco do Festival Eurovisão 2019 nas imediações da Expo Tel Aviv, faleceu esta quarta-feira. Segundo a imprensa israelita, Fuldi Schwartz, de 66 anos de idade, estava a descarregar equipamentos de iluminação de camiões, quando um dos equipamentos caiu sobre si, causando diversos ferimentos na cabeça, bem como a perfuração de um pulmão com uma costela e uma lesão na coluna.

Apesar de ser levado imediatamente para o Hospital Ichilov, em Telavive, onde foi sujeito a uma cirurgia cerebral de emergência, o trabalhador não resistiu às mazelas do acidente, falecendo às 1h (hora de Lisboa) desta madrugada.

A polícia e os funcionários do Departamento de Saúde e Segurança do Ministério do Trabalho e Assistência Social analisaram o local do acidente, iniciando uma investigação formal, com os resultados iniciais a avançarem que o equipamento de iluminação não foi tratado de acordo com as normas de segurança.

"Estamos muito sentidos com a morte do motorista ferido no acidente enquanto descarregava um camião com equipamento técnico no estacionamento do local da Eurovisão em Telavive. Os nossos pensamentos e condolências vão para a sua família" escreveu a EBU/UER num comunicado, "A nossa prioridade é sempre a segurança de todos os envolvidos e, de acordo com o protocolo, estamos a cooperar com as autoridades".

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: YNET/Imagem: Google

3 comentários:

  1. Anónimo15:34

    este ano está a ser horrivel

    ResponderEliminar
  2. Anónimo16:00

    66 anos?? E o pessoal em Portugal a queixar-se do aumento da idade da reforma!!!!!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo16:19

    Paz á sua alma.

    ResponderEliminar