ESC2019: Delegação da Roménia gasta "quantia significativa" em efeitos especiais


A emissora da Roménia revelou que, pela primeira vez, gastou "mais dinheiro na atuação do que na delegação" para o Festival Eurovisão 2019.


Em conferência de imprensa na sede da emissora, o chefe de delegação da Roménia no Festival Eurovisão 2019 garantiu que a TVR espera um "resultado forte" em Telavive face aos gastos na encenação de "On a Sunday". "É a primeira vez que foi gasto mais dinheiro na atuação do que na delegação. Tivemos anos em que a delegação superava as 20 pessoas, mas chegávamos pobres lá... Estou feliz porque tive a oportunidade de verificar todos os componentes e resolver a situação." explicou o chefe de delegação, rematando que "ninguém dará por nós, se não investirmos na atuação".

Sem revelar a quantia exacta gasta em "efeitos especiais de palco", o chefe de delegação do país avança apenas que foi gasta uma "quantia significativa" do orçamento total, que ronda os 100 mil euros. Além disso, pela primeira vez na história do país, a emissora romena TVR foi a responsável pela produção do seu pacote gráfico para a atuação no Festival Eurovisão.


Estreante em 1994, a Roménia participou em 19 ocasiões no Festival Eurovisão, sendo que o melhor resultado do país foi alcançado em 2010, quando Paula Seling & Ovi conquistaram a 3.ª posição em Oslo com Playing With Fire, repetindo a marca de Luminita Anghel & Sistem em 2005. Em Lisboa, o grupo The Humans representou o país com "Goodbye" terminando em 11.º lugar com 107 pontos, falhando pela primeira vez o apuramento para a Grande Final.


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix /Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

2 comentários:

  1. Anónimo18:56

    So espero que isto passe. Podiam usar o cenario como na final nacional mas mais realista em vez de tao acanalhado.... Ou entao investir numa atuaçao em tons escuros. So cm luz, fumo e a cadeira. E acho que o guitarrista e o do bombo nao fazem falta nenhuma

    ResponderEliminar
  2. Anónimo21:00

    Não é uma canção nada de especial para justificar tanto investimento: dinheiro deitado à rua!

    ResponderEliminar