ESC2019: Jacques Houdek irritado com as acusações de "auto-promoção" da imprensa croata


O cantor Jacques Houdek, compositor de "The Dream", reagiu às acusações da imprensa croata de que teria utilizado a participação de Roko em Telavive para auto-promoção do seu trabalho.


A imprensa croata acusou, nos últimos dias, o cantor e compositor Jacques Houdek, responsável pelo tema que Roko defendeu no Festival Eurovisão 2019, de se ter aproveitado da participação do cantor em Telavive para promover o seu trabalho. O portal Direktno.hr criticou a presença do cantor na delegação croata, acusando-o de ofuscar a participação de Roko no concurso com os inúmeros vídeos seus partilhados nas redes sociais, bem como o lançamento de "Razgovor" durante o concurso. Além disso, o portal critica também as atuações de Jacques Houdek nas festas em Israel.

Descrevendo todas as alegações como "ridículas, tristes e impróprias", o cantor e compositor Jacques Houdek reagiu às acusações nas redes sociais, frisando que está a planear uma ação judicical contra a imprensa croata. Além de explicar que o seu "objetivo de vida é ajudar jovens artistas talentosos como o Roko a encontrar o caminho na música", Jacques critica também os jornais que o acusaram de querer "roubar o protagonismo" ao jovem cantor: "Queriam que ficasse invísivel? Sou uma pessoa muito carismática e sim, tenho talento mas também tenho opinião. (...) Usei as minhas valências para promover o nosso Roko e servir a nossa música e a nossa Croácia. Isto porque «The Dream» foi um projeto comum. Obrigado a todos os que reconheceram isto".

Por sua vez, Roko Blazevic, representante croata em Telavive, recusou-se a comentar as acusações feitas a Jacques Houdek, lamentando apenas a eliminação precoce no concurso: "Não posso dizer que estou desapontando, porque não há razão para isso. Deixámos tudo em palco e demos o nosso melhor. Aproveitámos ao máximo e apenas lamento não ter sido premiado pelo público".




 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovisionary/ Imagem/Video: Eurovisiontv

5 comentários:

  1. Anónimo22:38

    Se não tivesse sido premiado pelo juri, eu imagino a quantidade de pratos que este homem atiraria ao chão de raiva ... mas como foi o televoto a não apreciar ele apenas "lamenta". Se a Suécia tem um Björkmann sistematicamente à procura de protagonismo na Eurovisão e ansioso pela 7a vitória (por motivos que não são motivos) mas que está a afetar a opinião pública do televoto sobre as participações recentes do país, na Rússia temos um Kirkorov (ainda aguardo q se manifeste polemicamente sobre a derrota russa), na Croácia temos esta figura cujo ego e o suposto carisma e impossibilidade de ficar invisível dado o peso realmente ... não passam despercebidos. Pelos motivos menos simpáticos, é preciso frisar ...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:12

    A Isaura fez o mesmo em relação à Claudia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Isaura entrava na canção....era mais um featuring

      Eliminar
    2. Anónimo16:42

      Nunca entendi o porque de a Isaura entrar em palco em vez de ceder protagonismo a Claudia

      Eliminar
  3. Este croata sempre foi uma grande diva...No ano passado disse cobras e lagartos do Salvador
    Desde que vi a cara dele aparecer no LED em kiev fiquei com medo dele...

    ResponderEliminar