Salvador Sobral: "O Conan Osíris tem tudo para ganhar o Festival Eurovisão 2019"


Em entrevista a Vítor Gonçalves na Grande Entrevista na RTP3, Salvador Sobral garantiu que Conan Osíris tem todos os factores para vencer o Festival Eurovisão 2019: "Não nos podemos esquecer que o Festival Eurovisão é um show de televisão". 

Dois anos depois de ter marcado presença no programa, Salvador Sobral esteve, esta noite, no Grande Entrevista de Vitor Gonçalves na RTP3. O lançamento do novo álbum Paris, Lisboa esteve em grande destaque na conversa, com o Festival da Canção a marcar também presença no programa.

Depois de falar da inclusão de "Anda Estragar-me Os Planos", tema que Joana Barra Vaz defendeu no Festival da Canção 2018, no seu próximo álbum e de admitir que "adoro a canção «Amar Pelos Dois»", o músico português foi questionado sobre "Telemóveis", canção que Conan Osíris defenderá em Telavive: "Parece que tirei um doutoramento (...) Eu acho que ele tem tudo para ganhar aquilo. Todos os factores. É super impactante, diferente e distingue-se (...) Estou a falar com convicção" referiu, recordando a sua passagem pela Suécia na semana passada, "Eles lá na Suécia escolheram os seus representantes no Melodifestivalen, mas mostrei-lhes e todos disseram: UAU".

Garantindo que "venceu pelo factor diferença", Salvador Sobral garante que Conan Osíris só não ganhará se "houver um gajo ou uma gaja mais diferente que ele", recordando que o Festival Eurovisão "não é sobre a música, mas sobre o impacto". Contudo, Salvador Sobral garante "que não compraria um disco dele, como ele provavelmente também não compraria um meu" pois "não é a minha onda nem o meu estilo", defendeu.

Posteriormente, o cantor foi questionado sobre as polémicas em torno dos pedidos de boicote ao Festival Eurovisão devido à questão da Palestina: "No meu ano também houve o problema entre a Rússia e a Ucrânia por causa da Crimeia (...) Eu fui na mesma e ele também vai na mesma. Mas eles gostam de falar da política para chocar as pessoas. Mas os músicos do Festival não sabem nada do que se passa na Palestina" frisou, garantindo "não se pode dissociar a música da política".

Recorde AQUI a entrevista na íntegra.




 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTP/ Imagem: Google/ Vídeo: Eurovisiontv

26 comentários:

  1. Anónimo23:40

    O que eu ouvi foi ele dizer que a canção nao é de todo o género dele... De forma um pouco arrogante como sempre

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:44

      Não foi arrogante, eu também não compraria um album do Conan Osiris, porém, quero que Portugal vá bem na Eurovisão

      Eliminar
    2. Anónimo23:51

      Há gente que só vem para aqui falar mal neste site,é completamente ridículo. É raro o post que não tenha um comentário "deita a baixo". Gostava de ver muito dos anónimos darem a cara e comentarem publicamente no Facebook. Calem-se um bocado, ninguém atura sim é a vossa arrogância!

      Eliminar
    3. Anónimo23:56

      Podes começar por dar tu o nome e a cara, Anónimo das 23:51.

      Eliminar
    4. Anónimo00:06

      Não achei nada arrogante por acaso, foi sincero sem ser mal educado

      Eliminar
    5. Anónimo02:06

      Acho pior as pessoas que ainda defendem que a Catarina Miranda é que devia ter ganho em 2018 e não lhe compraram nenhum cd entretanto.
      A rapariga não morreu, continua com a sua carreira musical, da mesma forma como os Madrepaz, Calema, NBC, Matay, Surma, Ana Cláudia, D'Alva, Mariana Bragada, etc continuam com a vida deles, se realmente gostaram da música que apresentaram ponderem procurar outras músicas do seu trabalho e apoiar monetariamente o artista, comprem o cd, comprem uma música no bandcamp, tirem um dia para os ver ao vivo num concerto ou comprem merchandising, se houver.
      Isto do festival da canção é muito bonito, mas ir ao festival não paga as contas da luz

      Eliminar
    6. Anónimo02:14

      Acho pior as pessoas que ainda defendem que a Catarina Miranda é que devia ter ganho em 2018 e não lhe compraram nenhum cd entretanto.
      A rapariga não morreu, continua com a sua carreira musical, da mesma forma como os Madrepaz, Calema, NBC, Matay, Surma, Ana Cláudia, D'Alva, Mariana Bragada, etc continuam com a vida deles, se realmente gostaram da música que apresentaram ponderem procurar outras músicas do seu trabalho e apoiar monetariamente o artista, comprem o cd, comprem uma música no bandcamp, tirem um dia para os ver ao vivo num concerto ou comprem merchandising, se houver.
      Isto do festival da canção é muito bonito, mas ir ao festival não paga as contas da luz

      Eliminar
    7. Anónimo07:52

      Uma coisa é gostar da canção que a Catarina levou ao Festival, outra é gostar do seu outro trabalho, que é diferente!

      Eliminar
    8. Meu Deus, tanto odio por aqui, ranta frustração, tanta gente mal resolvida com a Vida. Eu gosto dos 2 contores de forma diferentes, têm os 2 estilos diferentes. Considero que o Salvador realmenre é um pouco egoísta e não pensa no impacto que pode ter nos outros, no entanto eu não tenho nada contra ele e não acho que desta vez ele tenha sido egoísta, muito pelo contrário. Ele divulgou a musica do Conan na Suécia, e não foi no sentido de crítica ou gozo.. ele mostrou um estilo c possibilidade de ganhar.. Ele afmira o Conan, embora não esteja do estilo quebele gosta.. ele mostrou aos colegas suecas como algo positivo, algo original, como.2 homens geniais (ele e o bailarino) dentro daquele registo. Também não estou a ver o Salvador a gostar e rock pesado ou metal, no entanto ele sabe ver quando é bom ou não. O Conan trm muito talento e muito mais virá depois de limar as arestas, terá um futuro promissor e vai aprender e crescer muito com esta experiência!! E mais vos digo!! Vai haver muito profissional naciional e c sabe intern a querer pegar nele e a melhora-lo!! A leva-lo mais longe!! Porque o dom está la!! De ouro, com afinação vai chegar muito longe!! Ja vi inclusivê estrangeiros a cobiçar o bailarino. Ele é muito bom e são ambos muito humildes, que lutaram por um sonho sem meios e sem qualquer oportunidade!! Agora é a vez deles serem felizes que merecem. Deixem os arristas em paz e deixem-nos fluir, voar!! Apoiem os arristas portugueses, não deitem a baixo!! Cresçam e melhorem vocês como pessoas! Sejam melhores pessoas, tanto odio, tanto rancor, tanta necessidade de odear, de ofender! Uma coisa é certa, estes 2 homens ou 3 são muito superiores a gente mesquinha que vive doente em casa atras de um ecrã e massacrar as pessoas.. isto é um massacre. Ja pensaram em ir a um psicologo?? Isso é uma doença!! Sejam felizes!! Paz. Beijos

      Eliminar
  2. Anónimo23:46

    E mais uma vez a menorizar a Eurovisão... O habitual neste Salvador Sobral, ja não há paciência para a postura dele a cospir no prato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo09:31

      Já não há paciência é para a sua maledicência, Anónimo das 23:46.

      Eliminar
  3. José Luis00:07

    O Conan pode ter tudo, mas tb acho que o que falta na musica e na actuação é muito mais do que se pensa. Toda a apresentação deve ser repensada, a própria musica devia sofrer alguns ajustes, às vezes parece demasiado crua. Que ta a rtp fazer um bom video, algo mais profissional. Tudo transpira ainda amadorismo. Vão ver os favoritos deste ano e é tudo mais elaborado. O tempo minimalista do Salvador já passou...nesta canção esse conceito não pega.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo00:17

    Deixa de ser arrogante anónimo das 23:40h e passa a ser mais humilde!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo01:07

    Eu gosto do Salvador e da sua música. Acho que está mais sensato do que bo passado. Mas de uma vez por todas, ele devia mostrar-se um pouco mais grato ao ESC pelo que fez pels carreira dele. Tornou-se uma estrela nacional e internacional tporque participou no festival. Sem Amar Pelos Dois também teria uma carreira, mas nada comparado. Ganhou sensatez, falta maturidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo09:35

      Mas ele mostrou-se grato à ESC. Ele terminou a entrevista dizendo que, na altura em que estava doente apanhou com as coisas todas negativas da fama súbita e não conseguiu aproveitar, mas que agora a ESC só lhe trouxe coisas boas e é graças ao Festival que está a conseguir cantar em todo o lado, como ele sempre sonhou.
      Deixem-se mas é de criticá-lo só porque sim.

      Eliminar
  6. Anónimo02:04

    Gostei da resposta mas la vao os eurofas tentar prejudicar-nos so porque o sobral elogiou, tal como fez com a claudia! Espero estar errado...

    ResponderEliminar
  7. Anónimo02:13

    Falta maturidade? Se tivesses visto a entrevista saberias que ele disse “A Eurovisão para mim foi uma bênção…” Ele só tem a agradecer!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo02:29

    Entretanto na Austrália: homem lança flecha e atinge telemóvel!

    http://www.bbc.co.uk/news/world-australia-47563634

    ResponderEliminar
  9. Anónimo02:30

    Gosto muito do salvador mas preferia que nao comentasse nada ate ao final da Eurovisao...bah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo09:36

      Se lhe perguntam sempre, ele tem de dizer alguma coisa.
      Eu achei a resposta elegante e sincera.

      Eliminar
  10. A parte do Conan poder ganhar o ESC e tal faz parte do politicamente correcto de dizer bem da canção do país. De facto tenho dúvidas de chegará à Final.
    Diz que mostrou a canção aos concorrentes do Melodifestivalen mas não deve ter mostrado às concorrentes que vieram dizer que não apreciam a canção e que não é a onde delas...
    Quanto ao comentário sobre as questões políticas, excelente. Disse tudo em poucas palavras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:31

      Pode não trazer um resultado tão brilhante como muitos apregoam, mas seria chocante que não passasse à final. Temos vários “países amigos” a votar e os reviews são muito positivos. Acho que na SF ficamos nos 5 primeit. A final mexe com uma série de outros interesses, que passa por efetivamente cada país querer ganhar ou não. E não estou assim tão certo de que a RTP queira ganhar outra vez em tão pouco tempo. E se houver dúvidas disso, e apesar da euforia recente, 2008 era nosso também, mas não era ainda o momento da RTP querer efetivamente ganhar e caímos para o 13 lugar.

      Eliminar
    2. Mas o prresidente da RTP que quer ganhar outra vez a Eurovisão há uns meses atrás

      Eliminar
    3. Quando é que isso foi e em que circunstâncias?
      Quando puderes melhora lá esse português para se perceber melhor

      Eliminar
  11. Christian18:25

    Salvador dizer que não gosta da musica do Conan, e dizer que pode ter um bom resultado lá fora ,só foi mesmo pelo politicamente correcto nada demais . Só ai diz tudo. E se esta entrevista chegar aos EuroFans pode mudar a opinião de muitos que adoram o Sobral . Uma coisa estou certo e bastante realista pelo k tenho e lido e muito pelos vários grupos da EurovisionEurovision ,portugal se ficar no Top 10 teremos sorte ,porque temos que contar que muitos dos nossos emigrantes lá fora, fans de outros cantores do festival da canção nao vão votar em Portugal.

    ResponderEliminar
  12. O SS às vezes parece que não sabe o que diz. Tem tudo para ganhar? Ainda se dissesse quase tudo. A mim parece-me que lhe falta o essencial...

    ResponderEliminar