ESC2019: EBU/UER fará "nova experiência na apresentação dos resultados" do Festival Eurovisão


O chefe de delegação da República Checa revelou que o modo de apresentação dos resultados no Festival Eurovisão 2019 será alterado tornando a votação "mais dramática".

O atual sistema de votação do Festival Eurovisão, instaurado em 2016, poderá estar prestes a ser alterado. A informação é avançada pelo chefe de delegação da República Checa aquando do rescaldo do encontro de chefes de delegação em Telavive. Jan Bors garante que haverá "uma nova experiências nos resultados, na forma como vemos os resultados na televisão", o que fará com que a votação se torne "mais dramática", garantindo que as mudanças serão anunciadas brevemente pela KAN ou pela EBU/UER.

A apresentação dos votos na Final do Festival Eurovisão não sofre alterações desde 2016, ano em que foi aplicado o novo método de votação em que os votos do júri e do televoto são apresentados separadamente. Os porta-vozes dos países revelam os votos do júri, com os pontos entre 1 e 10 a aparecerem no ecrã e o porta-voz a anunciar apenas a pontuação mais alta, enquanto a votação do televoto é feita de forma crescente com os votos a serem dados em bloco, fruto do somatório dos vários países votantes.



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem: Google/ Vídeo: Eurovision.tv

16 comentários:

  1. Anónimo12:24

    A verdade é que o sistema que está atualmente em vigor já provoca um ataque cardíaco aos mais sensíveis… Mas ainda bem que é assim, pois só mesmo no fim é que se sabe o vencedor… Se ainda vai ficar mais dramático, estou pra ver o que aí vem… heheheheheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também me agrada muito o sistema atual. Acho bastante dramático.

      Eliminar
    2. Anónimo14:46

      Drama é o que todos os fãs muito apreciam...

      Eliminar
  2. Em vez de simplificarem vão complicar ainda mais.Não há pachorra.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13:30

    Seria giro se na altura dos resultados do televoto dissessem o lugar em que o país ficou e não o número de pontos. Apenas no fim apareceriam todos os pontos de uma vez só com as alterações de lugares respectivas.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo13:55

    Provavelmente os outros pontos só serão revelados após o porta-voz dar os 12 pontos.
    Quando revelam os pontos de 1 a 10 já sabemos que esses países não vão receber o 12, assim também vai evitar que o público presente comece a fazer barulho quando o favorito não recebe os 12

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:47

      Es mesmo iluminado. Estou admiradíssimo. :)

      Eliminar
  5. Anónimo13:58

    O televoto acho que esta muito bom assim, ja o juri acho que perdeu um bocado a piada... Acho que deviam dar na mesma os 10 e 8 separados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:29

      Sim, que é para apanharmos uma seca do caraças!

      Eliminar
  6. Seria interessante se, à semelhança dos pontos alusivos ao televoto (considero que o sistema actual da revelação desta parte da votação está OK), somassem todos os pontos de 1 a 7 dos júris nacionais e os revelassem em bloco, apresentando individualmente os 8, 10 e 12 pontos de cada jurado nacional.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo14:59

    Na minha opinião, vão manter o mesmo sistema de apresentação dos pontos excepto na parte final do televoto em que só mostram os países que ainda tem hipótese de ganhar e não como foi em 2018 e 2016. Em 2016 já não havia necessidade de mostrar os pontos da Rússia porque matematicamente já não era possível que esta ganhasse. Assim como em 2018 também não havia necessidade de mostrar a Áustria.

    ResponderEliminar
  8. Yo mostraría primero el televoto y luego los jurados

    ResponderEliminar
  9. Anónimo15:27

    Para mim eles vão eliminar a apresentação dos votos individualmente por países e apresentarão os votos totais por canção, primeiro dos júris e depois do televoto, para evitar os “booos”.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo15:45

    A única maneira da apresentação dos resultados ficar mais dramática é apresentar os pontos do júri como está estabelecido actualmente cuja ordem de apresentação é estabelecida previamente antes de conhecer os resultados do júri e depois de conhecer os resultados do televoto apresentar estes da mesma forma que a utilizada para os resultados dos júris mas desta vez apresentado pelo apresentador e segundo uma ordem pós estabelecida de forma a manter o suspense até ao fim. Vai ser dramático porque para além de dar a ilusão que o voto decisivo é do público, dará a ilusão que o voto decisivo será do público de um país. Vai ser dramático e muito arriscado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:48

      Com esta forma não seria matematicamente possível manter o suspense até ao fim com resultados muito diferentes entre canções.

      Eliminar