[Casas de Apostas] Portugal sobe para o 7.º lugar depois da escolha de Conan Osíris


Depois da escolha de Conan Osíris para o Festival Eurovisão 2019, Portugal subiu para 7.º lugar nas Casas de Apostas.



Depois de ocupar a 11.ª posição nas Casas de Apostas antes da Grande Final do Festival da Canção 2019, como pode recordar AQUI, Portugal subiu nas preferências dos eurofãs para vencer o Festival Eurovisão 2019, ocupando o 7.º lugar nas principais bolsas de apostas.

A Rússia, cuja canção ainda não foi revelada, lidera as Casas de Apostas, seguida da Suécia e Itália. Islândia, que escolheu ontem os seus representantes, subiu para a 4.ª posição, seguida de Chipre e Holanda. Comparativamente ao dia de ontem, Portugal ultrapassou as propostas da Noruega, França, Bélgica e Arménia.

As Casas de Apostas têm-se tornado, nos últimos anos, um dos instrumentos mais certeiros na previsão de resultados na Eurovisão. É, no entanto, ainda é muito cedo para as apostas serem indicativas de algum resultado concreto, mostrando nesta altura apenas algumas indicações do que poderá acontecer em maio.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Oddschecker, ESCPORTUGAL /Imagem: Betat.net

2 comentários:

  1. Anónimo00:27

    Onde estão os que diziam que tínhamos baixado nas apostas por causa do fraco staging do conan na 1ª semi final??? BURN!!!

    ResponderEliminar
  2. Rússia e Suécia vão estar sempre em primeiro nas apostas até bem perto do festival visto que são sempre sobrevalorizadas (Suécia pelos júris e Rússia pelo televoto).

    Em relação a Chipre, caso aposte num Fuego 2.0 como parece mostrar o snippet já lançado, as apostas vão descer.Não estou a ver os eurofãs e o público a apoiarem fórmulas já gastas tão cedo.Muito menos o júri que já o ano passado não achou piada à Elena.

    Bélgica e Noruega são canções pop agradáveis que até podem se dar bem com os júris mas que são bem "sem sal" para o público.Por isso ninguém arrisca nelas para ganhar.

    Se em relação à Itália e Islândia concordo com o favoritismo, em relação à França nem vou comentar...

    Penso que os países que ainda podem dar luta são Arménia,Azerbaijão e Grécia (todos eles bastante "ressabiados" por não se terem qualificado o ano passado) e Holanda, que nota-se que realmente quer voltar a ganhar.Em relação aos restantes que faltam, sempre pode acontecer como nós em 2017, e do nada surgir uma canção favorita de Irlanda ou Suíça ou Malta, mas aí terá que ser algo realmente impactante visto que são países que nos últimos anos têm passado bastantes "dificuldades" para se sobressair.

    ResponderEliminar