Hungria: MTVA regista pior resultado audiométrico da história com a transmissão da Final do 'A Dal 2019'


Cerca de 330 mil pessoas acompanharam a Grande Final do A Dal 2019, o pior resultado audiométrico da competição húngara para o Festival Eurovisão.

Criado em 2012 e depois do sucesso nas audiências nas primeiras três edições, o A Dal, final nacional húngara para o Festival Eurovisão, continua a registar recordes negativos nas audiências. Depois das semifinais terem registado valores aquém dos registados na última edição, a Grande Final do concurso, transmitida no passado sábado, foi acompanhada por 337 307 espectadores em média, registando uma quota de mercado de 10,7%, e o 19.º lugar na tabela dos programa mais vistos da semana. Contudo, comparativamente a 2018, o certame perdeu cerca de 150 mil espectadores (44,3%), sendo que a quebra das audiências é de 75% quando comparada com a edição de 2013, ano em que registou maiores audiências.


Aceda, de seguida, às audiências da Final do A DAL desde 2012 e recorde a prestação vencedora:

2012: 1 015 000 espectadores (20,8%)
2013: 1 349 794 espectadores (28,9%)
2014: 890 558 espectadores (19,9%)
2015: 652 895 espectadores (14,9%)
2016: 746 354 espectadores (16,7%)
2017: 542 000 espectadores
2018: 487 000 espectadores (11,8%)
2019: 337 307 espectadores (10,7%)


Estreante em 1994, a Hungria participou em 15 edições do Festival Eurovisão, tendo como melhor resultado o 4.º lugar alcançado na sua estreia com Friderika Bayer. Desde 2011, o país tem marcado presença em todas as finais, alcançando três posições no top10. O grupo AWS e o tema "Viszlát nyár" foram os representantes do país em Lisboa, terminando em 21.º lugar com 93 pontos, nenhum deles oriundo de Portugal.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: MTVA / Imagem/Vìdeo: eurovision.tv

1 comentário:

  1. Anónimo23:19

    Infelizmente por cá não vai ser mto diferente e é pena pq com a qualidade de investimento feita pla RTP... mas com um Porto-Benfica à mesma hora e com as equipas com 1ponto de separação! Até tenho medo! O melhor era atrasarem o início do Festival prás 22h.

    ResponderEliminar