Itália: Einar e Laura Ciriaco em risco de desclassificação no 'Sanremo Giovani'


Os cantores Einar e Laura Ciriaco estão a ser investigados por supostas irregularidades em relação às canções que tencionam defender no Sanremo Giovani.

A emissora italiana RAI está a investigar as composições submetidas por Einar e Laura Ciriaco para o Sanremo Giovani, certame que decorrerá a 20 e 21 de dezembro e que selecionará 2 participantes para o Festival de Sanremo 2019. Segundo relatos, a canção "L'inizio", defendida por Laura Ciriaco, é acusada de plágio, devido às parecenças com "I Will Not Give Up", de Jason Mraz. 

Por sua vez, Einar está a ser investigado devido a "Centomila volte" poder ter sido apresentada anteriormente, tendo em conta que a canção apresenta o mesmo título de uma canção interpretada por Vanima, composta por Ivan Bentivoglio, precisamente um dos compositores do tema de Einar.



Estreante em 1956, a Itália conta com 44 participações no Festival Eurovisão, tendo estado fora do certame entre 1997 e 2011, apesar de ter triunfado em 1964 e 1990. Ermal Meta e Fabrizio Moro venceram o Festival de Sanremo de 2018 com "Non Mi Avete Fatto Niente", adquirindo o direito de representar Itália em Lisboa, onde terminaram no 5.º lugar com 308 pontos. A candidatura italiana foi a segunda mais votada pelo público português (10 pontos), tendo sido a sétima mais pontuada pelo painel de jurados (5 pontos).


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix /Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários