Itália: Canção de Luísa Sobral poderá estar a concurso no 'Festival de Sanremo 2019'


Luísa Sobral compôs uma canção que poderá estar na corrida para representar Itália no Festival Eurovisão de 2019. Contudo, a compositora portuguesa rejeitou o convite para a interpretar em dueto.


Depois de ter revelado ter rejeitado um convite para o Festival de Sanremo, a cantora e compositora Luísa Sobral, vencedora do Festival Eurovisão de 2017 com "Amar Pelos Dois", revelou, no programa Encontros Imediatos, apresentado por João Gobern e Margarida Pinto Correia, que compôs uma canção para o Festival de Sanremo 2019 mas recusou o convite para a interpretar.

"Tive muito mais gente a contactar-me para compor canções (...) Lá fora, as pessoas ligadas à Eurovisão não correspondem ao caminho que quero seguir e os convites que tive relacionados com isso eu nem sequer aceitei. Eu não quero continuar ligada à Eurovisão" afirmou a compositora portuguesa, que revelou ter aceite compor uma canção que poderá estar no Festival de Sanremo de 2019: "Tive um convite para o Festival de Itália. Eu escrevi a canção, mas nem sei se ela a vai levar, mas escrevi porque também me interessa muito escrever em italiano. Achei que seria interessante para mim também entrar nesse mercado (...) ela perguntou se eu queria fazer um dueto para o Festival e eu disse que não queria mais ter a ver com isto, só naquela de compositora, mas compositora que já nem vai, só mesmo aqui atrás".

Aceda AQUI ao programa na íntegra.

Luísa Sobral é a compositora de "Amar Pelos Dois", tema com que Salvador Sobral venceu o Festival Eurovisão 2017 em Kiev, a primeira (e única) vitória de Portugal na competição internacional


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Antena1 / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

3 comentários:

  1. Anónimo21:35

    So por estas palavras merecia ficar em ultimo lugar

    ResponderEliminar
  2. Anónimo13:47

    Provavelmente a questão do dueto surgiu, porque é habitual numa das noites de San Remo os artistas cantarem a sua canção juntamente com outros intérpretes (às vezes doutro país: há anos Teresa Salgueiro fez um dueto com um dos concorrentes). A má vontade destes irmãos para com o ESC (neste caso só Luísa) é tal que os impede de ver que uma participação digna num evento relativamente ligado à Eurovisão não tem necessariamente de os prejudicar.

    ResponderEliminar