ESC2018: Grécia gastou 183 mil euros com a participação de Yianna Terzi em Lisboa


A emissora grega ERT gastou mais de 183 mil euros com a participação de Yianna Terzi no Festival Eurovisão 2018, realizado em Lisboa.


A emissora estatal da Grécia revelou, recentemente, os custos da participação no Festival Eurovisão 2018, certame que decorreu em Lisboa entre 8 e 12 de maio. No total, a ERT gastou 183 740 euros com a participação de Yianna Terzi, sendo que a maior fatia do orçamento correspondeu à taxa de participação paga à União Europeia de Radiodifusão (119 000 euros). 

Os custos da delegação em Lisboa rondaram os 31 mil euros, enquanto que o acesso às instalações técnicas para a transmissão do evento ficaram nos 25 mil euros. Por fim, a contratação do stand de comentários custou 8 mil euros à ERT, que contou com o apoio monetário da Panik Records, discográfica da cantora, que ficou encarregada da promoção da candidatura e demais gastos.

Estreante em 1974, a Grécia, vencedora do concurso em 2005, conta com 39 participações no Festival Eurovisão. Yianna Terzi e "Oniro mou" representaram o país em Lisboa, terminando em 14.º lugar com 56 pontos, falhando o apuramento para a Grande Final pela segunda vez na história.



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem/Vídeo: Eurovisiontv

2 comentários:

  1. Anónimo21:52

    Alguém me sabe explicar porque é que ela tinha aquela azul-arroxeada? Esteve a noite inteira a dar uma mãozinha à corporação de bombeiros mais próxima?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:58

      Pergunto isto na maior das inocências. Aquela mão tinha de ser examinada por um médico!

      Eliminar