Albânia: Ermal Meta confirmado no 'Festivali i Këngës 57'


O cantor italiano-albanês Ermal Meta, quinto classificado no Festival Eurovisão 2018, é um dos convidados especiais do Festivali i Këngës 57.


O cantor Ermal Meta, representante de Itália no Festival Eurovisão 2018, está de regresso ao seu país natal para atuar no Festivali i Këngës 57, formato que será utilizado como final nacional da Albânia para o Festival Eurovisão de 2019. A notícia foi avançada pela imprensa albanesa, esperando-se que a RTSH confirme a informação, revelando em qual das galas atuará o cantor. De realça que Ermal Meta, nascido em Fier, na Albânia, mudou-se para Itália aos 13 anos de idade, onde começou a sua carreira musical. 

Com três participações anteriores no Festival de Sanremo, o cantor e compositor entrou na edição deste ano com Fabrizio Moro em defesa de "Non mi avete fatto niente", canção que alcançou a vitória. Em Lisboa, a dupla alcançou o 5.º lugar com 308 pontos, 14 oriundos de Portugal: 10 do televoto e 4 do júri.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: 105net / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

3 comentários:

  1. Anónimo09:08

    E que música o Ermal Meta irá plagiar descaradamente desta vez? O original "Silenzio (Non Mi Avete Fatto Niente)" de Ambra Calvani é insuperável, nunca o Ermal chegará aos calcanhares da voz e interpretação de Ambra (já para não falar da vergonha, cobardia e preguiça de a ter plagiado).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:38

      Um bocadinho de informação nunca fez mal a ninguém. O autor de Silenzio é creditado em NMAFN, não há plágio nenhum

      Eliminar
  2. Anónimo13:13

    Pois. A França infringe o défice, a Hungria faz muros, o Luxemburgo um paraíso fiscal e a Holanda idem aspas. Só Portugal é que tem de fazer tudo direitinho. Aos outros tudo é permitido.

    ResponderEliminar