[ESPECIAL] Quem irá receber o Festival Eurovisão 2019? Conheça a cidade de Telavive


Telavive, localizada na costa do Mar Mediterrâneo e a segunda maior cidade de Israel, é a grande favorita a receber o Festival Eurovisão 2019. Neste artigo, dizemos-lhe tudo o que precisa de saber sobre a candidatura da cidade.


A CIDADE
A ocupação da área onde se localiza Telavive começou em 1880, ao norte da cidade de Jafa, tendo sido fundada em 1909 como Ahuzat Bayit, com a intenção de ser uma cidade dormitório. Posteriormente denominada Tel Aviv, em 1921, devido a problemas entre comunidades árabe e judaica em Jafa, foi criado o distrito comercial de Telavive, o que provocou um rápido crescimento populacional, o que aumentou com a subida de Adolf Hitler ao poder na Alemanha em 1933 e, posteriormente, com a 2.ª Guerra Mundial.


Durante a Guerra árabe-israelense de 1948, após proclamado o Estado de Israel, a cidade de Jerusalém foi bloqueada e a capital foi transferida para Telavive, tendo o governo regressado a Jerusalém em 1949. Contudo, a maioria dos países manteve as embaixadas em Telavive para evitar tomar posições sobre a questão da posse da cidade. No ano seguinte, as cidades de Telavive e Jafa foram unificadas, tornando-se o centro comercial e financeiro de Israel.

Devido à proximidade das áreas de conflito na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, Telavive foi palco de vários ataques terroristas, tendo sido também atacada pelo Iraque na Guerra do Golfo, em 1991. Mais recentemente, durante o conflito no Líbano (2006), o líder do grupo terrorista Hizbollah ameaçou disparar mísseis sobre Telavive, algo que nunca aconteceu.


TRANSPORTES
O aeroporto Ben Gurion, o aeroporto internacional de Israel, está localizado a 20 minutos de Telavive, sendo que, até ao momento, não existem voos diretos para Israel oriundos de Portugal. Para entrar no país, os portugueses não precisam de visto, sendo apenas necessário um passaporte com uma validade mínima de seis meses a partir da data de entrada no país.



Do aeroporto para Telavive existem diversos serviços de autocarro, sendo que, ultimamente, o mercado de aluguer de automóveis disparou, com diversas empresas a oferecer os seus serviços no aeroporto internacional. Através do terminal 3 do aeroporto é possível apanhar o comboio que faz ligação direta a Telavive, sendo outra das opções para chegar à cidade.


O QUE VISITAR
Situada na costa do Mediterrâneo, a cidade de Telavive é famosa pelas suas praias, pelo seu passadiço e pelo seu pôr-do-sol. Caminhar ou pedalar pela Orla, aproveitar (ao máximo) as praias e disfrutar do sol e dos sunsets são paragens obrigatórias para quem visita a cidade. A arquitetura de Telavive é outro (dos muitos) pontos obrigatórios: do modernos prédios às ruas de pedra e vielas de Old Jaffa, há também que disfrutar da arquitetura Bahaus, sendo a cidade de Telavive conhecida por ser a cidade com mais prédios com esse estilo.


Apesar de ser uma cidade "recente", Telavive apresenta diversos museus que são reconhecidos a nível mundial, como o Tel Aviv Museum of Art, Ilana Goor Museum e o Independence Hall. Contudo, o ex-líbris de Telavive aparece aquando do pôr-do-sol... Com inúmeros bares e boates abertos durante a noite, a cidade é um oásis para quem gosta de aproveitar a noite. Contudo, apesar da agitação, Telavive é considerada uma das cidades mais seguras do planeta.



ALOJAMENTOS
Segundo os últimos dados, a cidade de Telavive conta com cerca de 1358 alojamentos, o que se traduz num número estimado de 12500 camas no interior da cidade, número mais que suficiente para assegurar a organização do Festival Eurovisão. Contudo, com diversas cidades dormitório no seu redor, o número facilmente duplica com o aumento da distância ao centro.



ARENA
Com 50 mil metros quadrados e com uma altura de 20 metros sem pilares, o The New Pavilion 2, no Centro de Convenções de Telavive, é a aposta da cidade na corrida para receber o Festival Eurovisão 2019. O local está preparado para suportar cargas pesadas suspensas, bem como albergar bancadas no seu interior, tendo capacidade para cerca de 10 mil pessoas. Além disso, o pavilhão oferece outras 2 salas de convenções que poderão ser utilizados como apoio ao certame, tal como os restantes pavilhões do Centro de Convenções.


Apesar de não ter sido avançado nenhum detalhe sobre os possíveis locais do Press Centre, Euroclub, a Eurovillage e Cerimónia de Abertura, o presidente da Câmara de Telavive, Ron Huldai, avançou que o Eurovillage seria o maior de sempre, sendo espectável que seja organizado no Charles Clore Park, sede do Pride da cidade.



 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários