Jon Ola Sand: "Não há Festival Eurovisão sem a garantia de trabalhar ao sábado"


O shabat, a especulação da imprensa israelita e as ameaças de boicote ao Festival Eurovisão 2019 foram alguns dos temas do encontro de Jon Ola Sand com a emissora israelita KAN.

Jon Ola Sand, supervisor executivo do Festival Eurovisão, esteve recentemente reunido com a emissora estatal israelita KAN, tendo sido discutidos alguns assuntos sobre a próxima edição do certame. Em entrevista, Jon Ola Sand, além de confirmar a retirada de Eilat da corrida (AQUI), abordou alguns dos assuntos debatidos nos encontros com os representantes da emissora anfitriã da edição do próximo ano.

A pressão exercida sobre alguns membros das comunidades religiosas sobre a possibilidade do Festival Eurovisão (e respetivos ensaios) decorrerem ao sábado, o que violaria o shabat, foi um dos temas, com Jon Ola Sand a garantir que tal não poderá ser cumprido pela EBU/UER: "Com o Festival Eurovisão todos temos de ser capazes de trabalhar 24 horas por dia e 7 dias para semana, durante todas as semanas e não apenas na semana dos diretos e dos ensaios (...) Lamento dizer mas o Festival Eurovisão não poderá ter lugar num sítio sem a possibilidade de trabalhar ao sábado. É absolutamente impossível por ser algo fundamental para nós".

O supervisor executivo do evento garantiu também estar atento à imprensa israelita, garantido ser "normal" a troca de argumentos entre o Governo e os responsáveis pelo evento: "Isto acontece todos os anos. Isto cria muita atenção no país organizador e há muita gente a posicionar-se e a deixar as suas declarações. (...) Eu segui a imprensa israelita e houve muita especulação e discussão, mas nem tudo foi verdade... Mas isto é normal".

Apesar de vários pedidos de boicote efetuados por personalidades de vários países, com destaque para a Islândia e a Irlanda, Jon Ola Sand garantiu que nenhuma emissora abordou tal assunto: "Não tivemos nenhuma conversa séria sobre isso com os nossos membros. Todos estão confortáveis com a organização e acreditam que Israel será um óptimo anfitrião. Eles não têm problemas em viajar para cá... pelo menos ninguém nos disse nada. Estamos confiante que poderemos convidar todos e contar com eles em maio".

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem: Google

Sem comentários