ESC2019: Luxemburgo descarta (novamente) o regresso ao Festival Eurovisão


O Luxemburgo recusou a possibilidade de regressar ao Festival Eurovisão 2019. A última participação do país aconteceu em 1993.


Com cinco vitórias no curriculum, o Luxemburgo é o único país com mais de uma vitória fora do Festival Eurovisão. A retirada aconteceu em 1994 e o país continuará de fora da competição em 2019, anunciou a RTL Télé Lëtzebuerg, emissora estatal do país. Apesar de não ter avançado com nenhuma justificação, há que realçar as declarações do diretor de programas no ano passado: "Para a garantir a participação não seria difícil: bastaria recorrer a um patrocinador e houve bastante interesse. Mas o grande risco é que não conseguiríamos suportar os custos com a organização em caso de vitória (...) Eu acredito que com o alargamento da Eurovisão, os dias da vitória foram-se... Com o novo sistema de votação, é muito improvável que o Luxemburgo seja bem sucedido.".

Alemanha, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Israel, Malta, Noruega, Polónia, São Marino, Sérvia, Suécia, Suíça e Ucrânia são os países que já confirmaram a intenção de participar no Festival Eurovisão de 2019. Por outro lado, Andorra, Bósnia-Herzegovina, Eslováquia e Luxemburgo descartaram o regresso à competição.

Participante na primeira edição do Eurovision Song Contest em 1956, o Luxemburgo participou por 37 ocasiões na competição europeia, ganhando o 1.º lugar em 5 ocasiões (1961, 1965, 1972, 1973 e 1983). Em 1993, o país conquistou a 20.ª posição no evento, o que culminou no seu afastamento da edição seguinte, pelas então regras da EBU/UER. No entanto, a RTL antecipou-se ao afastamento forçado e anunciou a retirada do evento, algo que ainda permanece. Em 2004 e 2005 chegou a fazer uma inscrição provisória, mas não chegou a efectivá-la.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários