EBU/UER: "A RTK não cumpre os critérios para a adesão plena"


A União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) confirmou que a emissora do Kosovo "não cumpre os critérios para a adesão plena", revelando que será discutida "uma cooperação mais estreita para o futuro".

É um dos grandes assuntos do momento na comunidade eurovisiva: a emissora kosovar RTK revelou que, no próximo mês de dezembro, a EBU/UER votará a sua adesão como Membro Ativo da associação, abrindo as portas do país a uma eventual participação no Festival Eurovisão, conforme pode recordar AQUI. Contudo, o facto da independência do Kosovo não ser reconhecida por alguns países da EBU/UER e do país não fazer parte do Conselho da Europa, uma das exigências para que a estação esteja apta para pertencer à associação, poderão colocar o Kosovo fora das lides eurovisivas.

Questionado pelo ESCxtra, o Gabinete de Comunicação da EBU/UER reagiu oficialmente às notícias, frisando que "a RTK [emissora do Kosovo] não cumpre os critérios para a adesão plena à EBU/UER", revelando que, na Assembleia Geral realizada em Tirana, "foi acordado que as discussões entre a EBU/UER e a RTK continuarão para uma cooperação mais estreia no futuro".

Sem confirmar a existência de uma votação em dezembro, a EBU/UER deixou em aberto a possibilidade do país participar no Festival Eurovisão sem ser Membro Ativo. Além disso, segundo os atuais estatutos da União Europeia de Radiodifusão, "A Assembleia Geral admitirá um candidato como membro ativo se, após a recomendação do Conselho Executivo, decidir, por maioria absoluta, que o candidato preenche todas as condições de associação".

Dos 43 países participantes no Festival Eurovisão 2018, 30 reconhecem oficialmente a independência do Kosovo: Albânia, Alemanha, ARJ Macedónia, Austrália, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Dinamarca, Eslovénia, Estónia, Finlândia, França, Holanda, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Letónia, Lituânia, Malta, Montenegro, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, São Marino, Suécia e Suíça.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCxtra / Imagem: GOOGLE 

1 comentário:

  1. Anónimo09:30

    Argélia, Líbano e Marrocos não pertencem ao Conselho da Europa, mas são membros da EBU. Israel não integra o Conselho da Europa e nunca foi reconhecido pela Argélia, pelo Líbano e por Marrocos, mas tem uma estação de televisão que é membro da EBU. A EBU não transmite apenas o ESC. É através da EBU que se tem também acesso a certas transmissões desportivas, por exemplo de futebol europeu, nas quais o Kosovo (que fica na Europa) participa, assim como Israel (que umas vezes fica na Europa e outras não fica). E viva a coerência!

    ResponderEliminar