Pastora Soler: "A continuar assim, ninguém quererá participar no Festival Eurovisão"


A cantora Pastora Soler defendeu Amaia e Alfred depois do desaire no Festival Eurovisão 2018, garantindo que a "elevada pressão" poderá afastar muitos cantores da competição: "A continuar assim, ninguém quererá participar".

Ano após ano, a participação de Espanha no Festival Eurovisão fica marcada por diversas polémicas, intituladas eurodramas na gíria eurovisiva. Este ano não foi excepção e o 23.º lugar alcançado por Amaia e Alfred tem estado em destaque nas redes sociais. Pastora Soler, representante do país em Baku, saiu em defesa da dupla, lamentando todas as controvérsias que têm marcado as participações do país.


"Tanta polémica não traz qualquer benefício às nossas participações futuras" adiantou a cantora ao El Periódico, garantindo que muitos cantores recusam participar no Festival Eurovisão devido aos eurodramas que marcam os meses anteriores e posteriores à competição, "A continuar assim, ninguém quererá participar no Festival Eurovisão. Há muita pressão no concurso". Contudo, Pastora Soler garante que esta pressão mediática não é recente: "Senti isto no meu ano. Tudo foi analisado e criticado" lembrou, tecendo largos elogios a Amaia e Alfred, "Como eurofã que sou, achei a participação de Amaia e Alfred com "Tu Canción" bastante digna. A canção é lindíssima e eles estiveram muito bem. Devemos ter orgulho na nossa representação".



 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: FormulaTV /Imagem: Google / Vídeo: Eurovision.tv

3 comentários:

  1. Concirdo. Sou portuguesa e refiro que a canção de Espanha tinha melodia e era muito doce e agradável. Foi das minhas canções favoritas . Quanto à canção vencedora ... nem comento !!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:54

    Pois eu acho q as expectativas sempre estiveram demasiado altas para o que a canção valia. No ano da Pastora Soler sim, ela era uma verdadeira candidata à vitória.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo12:55

    Pastora Soler era uma justíssima vencedora. No ano dela, era a minha favorita, muito mais que "Euphoria". Ainda hoje me arrepio a ouvir "Quedate Conmigo"! O 10.º lugar dela foi irrisório; merecia, no mínimo, ter ficado no TOP5!!!

    ResponderEliminar