Tinet Rubira: "A Eurovisão é um festival de cançõezinhas"


Tinet Rubira, responsável pelo staging da canção de Espanha, teceu duras críticas a vários sectores do Festival Eurovisão 2018: "Estou ansioso para que chegue sábado para acabarmos com esta tortura".

Depois do envolvimento no Festival Eurovisão 2015, Tinet Rubira, responsável da Gestmusic pela atuação de Espanha na edição deste ano do evento, teceu duras críticas ao Festival Eurovisão 2018. "Em Lisboa não há ambiente de Eurovisão, ao contrário de Viena, onde houve" começa por dizer, garantindo que "a RTP não conseguiu alcançar o seu propósito". 

O responsável da delegação mostrou-se também desapontado com a produção da RTP, que "não percebeu nem soube executar" as indicações dadas para o cenário, mostrando-se "ansioso que chegue sábado para acabarmos com esta tortura". Além disso, Tinet criticou também as canções de Israel e França, duas das favoritas à vitória: "Passaram 15 dias até que alguém tivesse a coragem para o dizer em voz alta. Tu vês a canção israelita e é só uma rapariga gorducha, com dois totós na cabeça, a imitar uma galinha, e ainda por cima desafina bastante (...) Não me consigo ligar à canção francesa, aborrece-me".

Por fim, Tinet Rubira ataca também os eurofãs acreditados no evento, que intitula como "um festival de cançõezinhas": "A linha que separa jornalista, informador e fã não existe. Os fãs têm inclusivamente um pavilhão que se chama ‘imprensa e fãs’, até ao ponto em que não sabe se quem está a fazer reportagem tem uma visão objetiva do que acontece. Toda a informação que sai esta semana é muito passional, é difícil procurar objetividade, porque quem explica as coisas vive tudo de uma maneira pouco saudável".



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EspalhaFactos / Imagem: RTVE / Vídeo: Eurovision.tv

28 comentários:

  1. Meus Deus que azia espanhola...

    ResponderEliminar
  2. Tiveram montes de ensaios essa cena com o cenário podia ter sido mudado não venha com tretas. Não gosta é do festival e agira só diz mal. Vá se embora que não precisamos de pessoas assim

    ResponderEliminar
  3. Anónimo09:25

    Já é sábado... podes ir já para Espanha! Sais às 9h30 que é para não chegares tarde!!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo09:27

    Tenho de concordar em alguns aspetos.
    A verdade e que nao percebi o que quis dizer com não conseguir criar um ambiente eurovisivo como em Viena pois para mim o espetaculo está a ser muito bom e muito superior em termos graficos, bandas sonoras, postcards,... Ao ano passado. E mesmo a Viena.
    Ja quanto as cançoeszinhas tenho que concordar. Muitas das musicas são totalmente ridiculas e apenas são levadas a final ou favoritas devido aos fãs do concurso. Por exemplo Israel é simplesmente péssimo. Preferia que tivesse passado Suiça, Bielorussia,...
    Por fim devo comentar uma coisa que me esqueci. Compreendo que os fãs, muitos deles homosexuais, gostem muito do evento e se sintam incluidos nele pela variedade do concurso. Mas na minha opiniao ha limites: chegueia ver na televisao no final de uma das atuaçoes homens a comerem se no meio da arena. Por amor de Deus estamos num espetaculo de musica e não numa discoteca. E acho que os fas deberiam ser menos histericos em relaçao ao concurso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:48

      Se tivessem mantido a posicaode favoritos, não estaria a dizer isto. A canção não é forte, os intérpretes não têm grande personalidade... não se pode culpar a organização pela falta de qualidade ou empenho de cada delegação. Fica mal...

      Eliminar
  5. Anónimo09:43

    Pelo menos numa coisa eu concordo com este senhor, quando ele refere que(A canção israelita é só uma rapariga gorducha, com dois totós na cabeça, a imitar uma galinha, e ainda por cima desafina bastante) mas referir-se à Eurovisão como "um festival de cançõezinhas" ultrapassou todos os limites. Há muitas e boas canções que todos anos são trazidas à Eurovisão e este ano não é excepção, e muitas destas canções podem ficar nos nossos ouvidos ou nos nossos corações e nos marcar para sempre, e sendo este senhor responsável pelo staging da canção de Espanha, devia medir melhor as palavras.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo09:44

    Não deixa de ter razão em alguns pontos.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo09:50

    Vale tudo para atrair atenção para os seus concorrentes. Não se vive ambiente eurovisivo? Gajo ridículo.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo09:57

    já começam com a azia e ainda nem esta confirmado que perderam...

    ResponderEliminar
  9. Anónimo09:59

    Se esta Eurovisão fosse há 30 anos atrás seria de euforia pela parte dos portugueses, mas é normal o ambiente não ser tão com como o da Austria porque só agora os portugueses estão a aprender a gostar da Eurovisão. Quando às outras canções serem chatas e más, a da espanha não fica atrás, é um clichê absoluto que não funcionaria nem com o melhor staging do mundo.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo10:02

    Esse senhor deve achar que vai ajudar a canção de Espanha ao desancar tudo e todos...

    ResponderEliminar
  11. Anónimo10:22

    Os Espanhóis ficam sempre muito aziados quando portugal ganha alguma coisa. Vamos ver se algum dia eles vão fazer melhor, se é que alguma vez vão voltar a ganhar a eurovisão. Ai e tal...são "nuestros hermanos"...pois, pois...

    ResponderEliminar
  12. Como todos, tem direito à sua opinião.
    O mundo tem milhões de outras verdades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:13

      Mas não precisamos de ouvir a de todos e dar voz a todas elas como notícia... Ainda pra mais de um doente que só diz asneiras e desanca tudo da organização portuguesa.. Domingo já estará em. Espanha e não volte tão cedo.

      Eliminar
    2. Anónimo16:26

      Não, uma coisa é dizer "não gosto duma canção" a "é uma gordinha engraçada"

      Eliminar
  13. Com gentinha desta é fácil compreender os péssimos resultados que Espanha tem tido....
    Oh filho tivesses ficado em casa! Cheira-me que está a prever mais um mau resultado para Espanha e já quer sacudir a água do capote

    ResponderEliminar
  14. Anónimo11:00

    A isto se chama "dor de cotovelo", para não dizer outra coisa...

    ResponderEliminar
  15. Anónimo11:15

    A história das acreditações é verdade

    ResponderEliminar
  16. Anónimo11:33

    Por acaso só diz verdade... Imprensa verdadeira lá quase nao existe, é so fanzecos

    ResponderEliminar
  17. Anónimo11:42

    Para mim, qualquer coisa que tire a atenção negativa sobre o salvador está bom...

    ResponderEliminar
  18. Anónimo11:55

    1) Pois já que ele é tão talentoso e profissional, deve já deve saber quem são os jornalistas a sério e os outros, que nos faça uma lista.
    2) A Eurovisão não é um festival de música clássica ou jazz e portanto, para atrair E fidelizar tantos milhões, infelizmente é obrigatório haver todo o tipo de música para agradar a todos e... dar lucro aos donos!!! Quer ele queira, quer não.
    3) Duvido muito que nas outras edições não tenha havido problemas técnicos. E como já disse alguém: a canção espanhola não vai chegar a nada e ele quer atirar-nos as culpas...

    Que azia!! Eles que ganhem e mostrem o graaaaaande talento de organizadores.

    ResponderEliminar
  19. Anónimo12:29

    Este já está a tentar arranjar desculpas para o seu próprio fracasso!!!

    ResponderEliminar
  20. Anónimo13:47

    Eu vi no direto um casal HETEROSSEXUAL a "comer-se", como diz. Talvez esteja a falar de um outro caso ou talvez a sua mente toldada o esteja a fazer distorcer as coisas, mas serve apenas para dizer que isto não é coisa de homossexuais... é uma coisa que o ser humano faz no geral. Se não gostou pelo facto de estarem a demonstrar afeto através de um beijo, então vá queixar-se dos heterossexuais! E já agora dos que fazem o mesmo no metro ou nos bancos de jardim a toda a hora. Obrigado

    ResponderEliminar
  21. Anónimo14:19

    Se fosse o Salvador, estes comentários eram todos de assim seja. Mas como não é, está a ser entalado á grande.

    ResponderEliminar
  22. É só dor de corno, até me dá gozo...

    ResponderEliminar
  23. Anónimo19:52

    Me parece fatal que escportugal publique esta noticia dando a entender que es el sentir general de todos los españoles. Los eurofans españoles estamos en contra de Tinet Rubira. También deberíais haber especificado que es catalán. Cobra del dinero de todos los españoles para dejar a España en mal lugar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:51

      Numa coisa estou de acordo. Se é catalão não tem de estar a gastar dinheiro dos espanhóis. Logo, Catalunha independente já. Cada um gere o seu dinheiro. A

      Eliminar
  24. Partilho da opinião dele, exceptuando a parte do cenário, que a meu ver é mais importante para as peças de teatro e mesmo assim há quem prescinda quase deles por causa da crise no género.

    ResponderEliminar