Rússia: Chefe de delegação assume responsabilidade pela eliminação


Yuri Aksyuta, chefe de delegação da Rússia, afirmou que a primeira eliminação do país no Festival Eurovisão é "um fracasso meu enquanto produtor".


Julia Samoylova e "I Won't Break" foram eliminados, ontem, na semifinal 2 do Festival Eurovisão 2018, sendo a primeira vez da história que a Rússia falha o apuramento para a Grande Final. Yuri Aksyuta, chefe de delegação, assumiu a responsabilidade da eliminação, enquanto produtor do tema: "Sinto muito pela Julia e acredito que não seja fácil para ela... Assim que terminarmos a conversa, irei ter com ela para a confortar. Ela não tem que se culpar de nada, ela fez tudo o que podia" afirmou, realçando a competição deste ano, "Era muito díficil conseguirmos o apuramento, mas o culpado fui eu. Fui o produtor, quem escolheu os compositores e a forma como a atuação seria. E o concurso deste ano é bastante forte em termos musicais, com artistas muito fortes".


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

16 comentários:

  1. Parabéns Russia por terem cumprido a palavra de Yulia ir para o ESC. Ano que vem escolham um dos seus maiores cantores e vamos vencer isso tudo. E fiquem tranquilos que esse comércio barato da Ucrânia nem vai chegar perto de ganhar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim porque toda a eurovisão 2018 anda à volta de Russia e Ucrania....

      Eliminar
  2. Tão legal, aqui no canal ESPN BRasil falaram do ESC 2018, e ZiBBZ eram os favoritos da equipe, amei muito. Falaram que foi eliminada, mas era a melhor mensagem desse ESC. e concordo muito.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo12:01

    Nem simpatizo com a Yulia, mas fiquei com pena dela.
    A delegação russa parecia ter vergonha dela, escondeu a cadeira de rodas em palco, tapou-lhe a voz com o backing vocals e centrou os planos de câmara nos dançarinos que bem tentaram vender a música.
    A Yulia não tinha voz para aquele tipo de música e deviam ter escolhido outra que se adequa-se à voz dela, não o contrário

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:27

      Isso de abafar a voz com os coros, infelizmente, é o que mais se vê na Eurovisão. Até com o rapaz da Suécia isso acontece... só se ouvem os coros.

      Eliminar
    2. Pois é, mas a Suécia tá na final porque parece o Justin Timberlake, bom para rádio, etc. Eurovision é sempre assim.

      Eliminar
    3. Anónimo20:20

      Para mim o Azerbaijao e que foi... A musica era boa e a performance tambem mas a voz da Aisel foi muita abafada pelos coros o que transgormou uma musica pop em um coro.

      Eliminar
  4. Anónimo12:22

    O que é que a Ucrânia tem a ver com o não apuramento da Rússia, comentador pró-russo? Sinceramente...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo12:39

    A Rússia foi muito justamente eliminada!! O tema era muitissimo fraco e sem grande qualidade e, tal como já havia tentado no ano passado, tentaram "jogar" com a condescendência dos votantes, tendo em consideração a situação da concorrente, o que é a todos os níveis lamentável. Foi uma justa eliminação, pois ao contrário do seu País e do que anteriormente se verificava, como voto directo feito pelos espectadores de todos os países concorrentes, é difícil à Rússia "comprar" o apuramento todos os anos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:22

      A Irlanda tambem esta a jogar com os votantes mas aí ja ninguem pensa. É tudo um jogo para que os homosexuais se sintam identificados e votem...

      Eliminar
  6. Anónimo13:21

    A música valia tanto como a da Ucrânia... grande perda foi a Bielorrússia

    ResponderEliminar
  7. Anónimo13:34

    para a proxima escolham uma cantora que saiba cantar!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo13:58

    Surpreendido com esta resposta. Pensava que iam ficar todos resignados e injustiçados. Pelo menos mostraram um pouco do fairplay...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PRONTO, NÃO JULGUEM A RUSSIA ASSIM MAL.

      Eliminar
    2. ficar resignado é aceitar o resultado ;)

      Eliminar
  9. Anónimo20:24

    Admiro a atitude deste homem pois a musica nao era ma e podia qualificar se se a cantora fosse melhor e a performance fosse outra. E a atitude de assumir culpa e nao culpar a cantora é muito genuino. Tenho pena da Yulia

    ResponderEliminar