Espanha: Fãs pedem demissões depois do fracasso de Amaia & Alfred


Depois do fracasso de Amaia e Alfred no Festival Eurovisão 2018, os eurofãs espanhóis pediram a demissão de Toñi Prieto, diretora de entretenimento da RTVE.


Apesar de terem figurado nos dez primeiros classificados nas casas de apostas, Amaia e Alfred, representantes de Espanha no Festival Eurovisão 2018, terminaram o certame na 23.ª posição. Em declarações à imprensa, a dupla mostrou-se orgulhosa com a atuação, apesar do resultado obtido: "A classificação foi uma m***a, mas estamos contentes com a atuação" afirmou Amaia aos jornalistas. Por outro lado, Ana Maria Bordas, chefe de delegação, declarou que "Isto é a Eurovisão e as coisas são assim", mostrando-se orgulhosa do trabalho da dupla em palco.


Contudo, Toñi Prieto, diretora de entretenimento da RTVE, foi vaiada por alguns dos eurofãs espanhóis que marcaram presença no Altice Arena, que, posteriormente, usaram as redes sociais para pedir a demissão da diretora, depois de mais um fracasso eurovisivo. Contudo, depois das vaias, os eurofãs cantaram "No es su culpa" para a dupla Amaia e Alfred.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!

Fonte: Eurovision-Spain / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

11 comentários:

  1. Anónimo22:56

    Sempre a mesma novela em Espanha xD

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:06

    Que informação dramática #DEUSNOCOMANDO

    ResponderEliminar
  3. Anónimo23:19

    Então, antes de sábado, já se viam vencedores, e agora a culpa é dela!??
    Isso tinha algum cabimento se se tivessem queixado desde o princípio! Ao tempo que já se sabia como iria ser a atuação. Puff... gentinha

    ResponderEliminar
  4. Anónimo23:34

    Nao seria a Espanha se nao tivesse drama ate chega a ser cansativo

    ResponderEliminar
  5. Anónimo23:35

    A cancao nao e má mas nao chega a ser la essas coisas

    ResponderEliminar
  6. Eurofãs espanhóis sempre em guerra contra a TVE :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. como os portugueses sempre contra a RTP!

      Eliminar
  7. Anónimo00:03

    O grande problema é sempre a porcaria de atuações que fazem. Porque as musicas ate costumam ser boas. Exemplo de apresentacoes falhadas que podiam dar grandes resultados sao exatamente 2015 e 2018

    ResponderEliminar
  8. Anónimo12:56

    Quienes deberían dimitir y callarse para siempre son los eurofans españoles que van de sabios sobre Eurovision y no tienen ni idea.

    Durante estos 7 últimos meses, esto era una dictadura. El éxito en televisión de Operación Triunfo obligaba a la auto-censura. Era imposible hacer una crítica sobre los chicos de Operación Triunfo sin ser insultado por las redes sociales. Twitter ha hecho mucho daño a Eurovision y la música en España.

    "Tu Canción" era basura y Amaia y Alfred son malos cantantes. Amaia todavía se defiende y le falta madurez, pero Alfred cantando es nefasto. Era imposible decir esto en España en los últimos 7 meses. Todo el mundo te atacaba por Twitter. Al principio de la actuación, Alfred estaba tan nervioso que no le salía la voz. No se le escuchaba.

    Creo que hemos tenido mucha suerte en ser el puesto 23, porque merecíamos estar más bajo. Reino Unido y Finlandia fueron mejores que España.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Es bem triste...nem dás valor ao que tens no teu País...Eles cantam bem e a música era boa...o problema é sempre o poder e os poderosos...os ricos que apostaram no lixo que ganhou!

      Eliminar
  9. Anónimo01:10

    Carmen triste? A musica era triste. Triste staging, tristes roupas, tristes vozes. Ganharam 12 no televoto graças aos eurofans espanhois que andavam por cá. O sobral nao viu a performance, mas comecou a dizer q queria que ganhassem, nao porque gostou, mas porque nutre um carinho por espanha. Disse aquilo por pena. E a luisa tambem deve ter falado neles. Nada mais. Das cançoes mais fracas que espanha levou. Mas nota-se que sao boas pessoas. Gostei da personalidade do Alfred e foi emocionante ver como ele adorava o Sobral.

    ResponderEliminar