ESC2018: Chipre e Israel em destaque nas visualizações do Youtube


Chipre e Israel lideram as visualizações no canal oficial do Youtube do Festival Eurovisão 2018. Grécia tem a terceira atuação mais vista da gala.


Eleni Foureira e Netta Barzilai são as duas candidatas com as atuações mais vistas da semifinal 1 do Festival Eurovisão 2018. As representantes de Chipre e Israel superam a marca de 1 milhão de visualizações, sendo seguidas pela eliminada Grécia e Lituânia. Por outro lado, a Finlândia (11.º) e a Áustria (16.º), países apurados, estão fora do top10 das visualizações.


Aceda, de seguida, aos resultados dos vídeos no Youtube às 18h49 (hora de Lisboa):

1.º Chipre - 1 600 000 visualizações
2.º Israel - 1 200 000 visualizações
3.º Grécia - 579 000 visualizações
4.º Lituânia - 453 000 visualizações
5.º Bielorrússia - 433 000 visualizações
6.º República Checa - 432 000 visualizações
(Espanha - 385 000 visualizações)
7.º Albânia - 314 000 visualizações
8.º Estónia - 307 000 visualizações
9.º Bulgária - 285 000 visualizações
10.º Irlanda - 278 000 visualizações

11.º Finlândia - 277 000 visualizações
12.º Croácia - 259 000 visualizações
(Portugal - 177 000 visualizações)
13.º Bélgica - 165 000 visualizações
14.º Azerbaijão - 162 000 visualizações
15.º ARJ Macedónia - 160 000 visualizações
16.º Áustria - 155 000 visualizações
17.º Arménia - 128 000 visualizações
18.º Suíça - 81 000 visualizações
(Reino Unido - 50 000 visualizações)
19.º Islândia - 46 000 visualizações

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Youtube/ESCPortugal/ Imagem: Eurovision.tv

4 comentários:

  1. Anónimo19:59

    Ou ganha chipre ou ganha estónia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, mas talvez a França.

      Eliminar
    2. Anónimo20:59

      Tanbem acho . Acho que aí estará um primeiro e segundo lugar . Espero que seja a Estónia

      Eliminar
  2. Chipre? Israel? Não valem nada. As melhores: Itália, Estónia, Dinamarca, Irlanda, Áustria (a Bielorrússia também está entre as melhores, mas já não conta)...ah pois e Portugal,tenho que dizer isto para que não pensem que os portugueses estão desligados da nossa canção (pode não ser grande espingarda mas é a nossa, é como um filho, pode ser um grande malandro mas é o nosso e só temos que o gramar.)

    ResponderEliminar