[Olhares sobre o ESC2018] Bélgica, República Checa e Lituânia


Bélgica, República Checa e Lituânia seguem-se nas análises do Olhares sobre o Festival Eurovisão 2018. Será que algum assumirá a liderança?


Depois do Azerbaijão assumir a liderança provisória com 218 pontos, seguem-se, hoje, mais três países no Olhares sobre o Festival Eurovisão 2018. Com 297 pontos e um total de 10 pontuações máximas, a Bélgica (AQUI) assume a liderança da iniciativa, enquanto a República Checa (AQUI) assegurou, provisoriamente, o segundo posto nas preferências. Por fim, a Lituânia (AQUI), com 231 pontos, conquistou o terceiro lugar, provisório, na iniciativa.

Aceda, de seguida, à tabela classificativa da iniciativa e a todos os comentários/pontuações:


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem: ESCPortugal

9 comentários:

  1. Bélgica - Uma música que no início não me diz nada, mas que agora me vejo a cantá-la inconscientemente! A música é muito boa, porém parece que ao vivo a cantora deixou muito a desejar!! Vamos ver se é outra Blanche, que mesmo deixando muito a desejar, conseguiu um 4º Lugar...
    República Checa - Talvez a música mais animada do ESC 2018. Agradável de ouvir, das minhas favoritas desde que Mikolas foi anunciado como representante deste país... Será que haverá o segundo apuramento do país... Acho que merecia!!
    Lituânia - Um tema que não me diz nada, acho muito monótono... Acho que nesta semifinal, ninguém se vai lembrar que a Lituânia está na competição após umas músicas... Mas vamos ver, já não seria a primeira vez que mudasse de opinião quando visse no palco da Eurovisão...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:48

      Compreendo que as supostas músicas mais animadas chamem mais a atenção ou fiquem mais no ouvido/memória.. talvez por isso a da Lituânia (das mais tranquilas do conjunto total) passe despercebida a profundidade da letra e dos sentimentos que nela se expressam.. foi assim que a do Salvador se destacou o ano passado.. o que não quer dizer que a da Lituânia tenha o mesmo desfecho.

      Eliminar
  2. Anónimo23:18

    Bélgica- 8 pontos
    República Checa - 10 pontos
    Lituânia- 6 pontos

    ResponderEliminar
  3. Anónimo10:34

    Eu daria:
    Belgica - 7 ( por causa das atuações ao vivo)
    Chéquia - 6
    Lituânia - 7

    ResponderEliminar
  4. BÉLGICA: Gosto muito da música, que é bem construída e realmente tem uma cantora competente para defendê-la. 12pts

    REPÚBLICA CHECA: Desculpem, mas acho isto ridículo, horrendo e terrível. Acredito que a Republica Checa passará despercebida e será um flop normal, se tratando deste país.O cantor deixa a desejar ao vivo também. 0 pts

    LITUÂNIA: Ieva consegue ao vivo dar emoção a essa música e eu choro ao ouvir esta canção. Sem duvida, uma das melhores da semifinal 1, e creio que o juri vai gostar disso. 8pts

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:59

      Concordo totalmente com o que disse tanto da Bélgica como da Lituânia. Agora DISCORDO TOTALMENTE do que disse da Chéquia. O Mikolas é dos melhores cantores ao vivo deste ano, tanto a nível vocal (que até se assemelha bastante à versão estúdio) como a nível performativo.

      Eliminar
    2. Sim, te entendo, acho a musica desorganizada, não gosto de rap, desculpa, não faz nada meu estilo.

      Eliminar
  5. Anónimo17:42

    A Lituânia é das minhas favoritas para ganhar.

    ResponderEliminar
  6. Ricardo23:30

    Bélgica - mais um ano em que os belgas propõe uma canção com forte personalidade e agradável de se ouvir. Mais cedo ou mais tarde, deverão ser recompensados pelo público eurovisivo por apresentarem tamanha consistência e qualidade ano após ano desde 2015. Poderiam até já ter levado o microfone para casa o ano passado, não fossem as fragilidades ao vivo da Blanche. E receio que o mesmo se poderá passar este ano. A ver vamos.

    República Checa - nem dava nada pela canção, não faz o meu estilo, mas o que é certo é que a performance ao vivo convenceu-me por inteiro de que esta entrada pode sonhar alto. O Mikolas sabe entreter o público.

    Lituânia - não tenho nada contra baladas, até porque fui um defensor acérrimo de Amar Pelos Dois desde a semifinal do FdC, e gostei do FdC deste ano, que esteve carregado delas. E entre essas baladas do nosso festival encontro muito melhor que esta da Lituânia, que sinceramente não me diz muito. Ainda assim, é uma melhoria clara em relação ao ano passado.

    ResponderEliminar