[FOTOS] ESC2018: Veja as últimas fotos do palco da Eurovisão

Veja as últimas fotos do palco do Eurovision Song Contest 2018.


O palco do Festival Eurovisão da Canção 2018 já tem luzes. As últimas fotos disponíveis, de dentro da Altice Arena, mostram precisamente isso. O palco ainda não está concluído mas isso acontecerá brevemente. A produção do evento garante que tudo está a correr dentro do previsto e os prazos estão a ser cumpridos. 








Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte e Imagem: M&M Productions

73 comentários:

  1. Anónimo21:15

    Está fantástico!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:32

      A Suzy podia fazer uma atuação numa das semifinais. Ia pôr a Altice Arena ao rubro, de certeza!

      Eliminar
    2. Anónimo21:48

      Não obrigado.

      Eliminar
    3. Anónimo22:08

      ja se calavam com a susy, chiça... nem a final chegou e tanta coisa com essa mulher..

      Eliminar
    4. Anónimo23:16

      Suzy who?

      Eliminar
    5. Anónimo02:26

      23:16 A nossa unica concorrente que continua a ser chamada para fazer concertos eurovisivos.

      Eliminar
    6. Anónimo10:22

      para os chamados "fireworks"...

      Eliminar
    7. Anónimo19:16

      Realidade Aumentada como se chegou a falar é que era.. era espetacular... e seria o primeiro ano de muitos em que seria utilizada... é o futuro... ficava na historia.

      Eliminar
  2. Anónimo21:18

    FANTÁSTICO! só falta a Suzy a apresentar alguma coisa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:10

      calem se com a susy, mas que raio... se querem a susy convidem-na pro vosso aniversário.. foi a eurovisao com uma musica curriqueira, la por alguns fanaticos da eurovisao gostarem da mulher, nao quer dizer que temos que levar com ela todos os anos...

      Eliminar
    2. Anónimo02:27

      22:10 todos os anos? nao devemos viver no mesmo país.

      Eliminar
  3. Anónimo21:20

    Daniela Ruah e Catarina Furtado tiveram o primeiro ensaio hoje.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. como é que sabes tens video ?

      Eliminar
    2. a catarina furtado postou nas redes sociais....

      Eliminar
    3. Anónimo21:50

      Facebook da Catarina Furtado. Ela só pôs uma fotografia onde diz que foi o primeiro dia de ensaios.

      Eliminar
  4. Anónimo21:20

    Este palco ficaria fantástico se tivesse LED's, mas RTP prefere restringir a liberdade de escolha das delegações e dos artistas e não fazer um bom espetáculo só por causa de alguém que acha que é o único que tem "bom gosto musical" e que por isso tem que impor as suas ideias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:40

      Concordo consigo! Aliás, o facto de ter LED's não impede que as performances tenham outros adereços em palco. A RTP devia ter vergonha: não põe LED's no palco da Eurovisão, mas já os põe no palco da final do Festival da Canção. A isso, eu chamo de HIPOCRISIA!!

      Eliminar
    2. Portanto para si LEDs é sinónimo de bom espectáculo?
      O palco é moderno e vai usar tecnologia nunca antes usada. A liberdade de escolha das delegações não se deve sobrepor à liberdade de escolha de quem organiza.

      Eliminar
    3. Anónimo21:47

      Eu tb acho que para um bom espectáculo de música e entretenimento não é estritamente necessário haver LEDs. Afinal "não é só por causa de alguém".

      Eliminar
    4. Anónimo21:54

      Este palco vai tem um ecrã para projeção em laser (nas costelas). O efeito é semelhante a um LED, mas muito mais bonito: https://www.youtube.com/watch?v=bmOQet7-9rM
      Este ecrã, juntamente com os 300 focos de luzes, na parede, vai fazer um efeito espetacular.

      Eliminar
    5. Nunca houve um palco da eurovisão com tantas luzes! Nunca! A propria EBU já disse que o palco é mt interessante e tem novidades...
      Mas há gente que tem bloqueios mentais com LEDs.

      Eliminar
    6. Anónimo22:08

      21:42, se a delegação/artista acha que os LED'S podeM ajudar a fazer uma boa performance, porque não? Se a RTP tivesse posto LED's no palco, os países decidiam se o usavam ou não. Como o palco deste ano não tem, os países mais ricos conseguem trazer o seu LED e criar a performance que têm em mente e os países mais pobres contentam-se com o que há. Ou seja, se o palco tivesse LED's, haveria uma maior igualdade de oportunidades para os países criarem as melhores performances possíveis, assim como liberdade de escolha para os mesmos. E tal como o anónimo das 21:40 disse "o facto de ter LED's não impede que as performances tenham outros adereços em palco".

      Eliminar
    7. Anónimo22:19

      Esses projetores foram usados também na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos e correu muito bem. Quando o palco estiver a funcionar, vai ser top.

      Eliminar
    8. Anónimo22:19

      Anónimo 21:54, onde consegui essa informação?

      Eliminar
    9. Anónimo22:22

      Que fixação vocês têm com o LED. As delegações não usam LED, mas usam o projetor. O efeito é o mesmo, mas mais interessante e inovador. Abram as vossas mentes à novidade e não queiram ficar estagnados em tecnologias obsoletas.

      Eliminar
    10. Se a RTP tivesse optado por LEDs e a utilização dos mesmos ficaria dependente da vontade de cada delegação, eu aposto que todos iam usar LEDs...
      E se todos usassem LEDs não seria como a RTP queria.
      A EBU não iria permitir um retrocesso tecnológico, não ia aceitar apresentar um festival com ar de anos 90... É um grd espectaculo de entretenimento e o aparato de um palco grande e moderno estará seguramente garantido.

      Eliminar
    11. Anónimo23:25

      22:47, é muito bonito a RTP dizer que se tira os LED's, que vai haver novas tecnologias em palco e a EBU acreditar que vai correr tudo bem. Temos Oslo, em 2010, o palco sem LED's e no ano seguinte volta-se a ter LED's no palco e temos Malmö, em 2013, o palco sem LED's mas com projetores e o que aconteceu em 2014: o palco voltou a ter LED's!!!
      Conclusão: duas tentativas de tirar os LED's do palco que FALHARAM e este ano vai acontecer o mesmo. Pode ser que à terceira a EBU perceba que não vale a pena tirar os LED's. Pode haver 1001 maneiras de tentar substituir os LED's do palco, mas vai-se chegar à conclusão de que não resulta.

      Eliminar
    12. não está a querer comparar o palco deste ano com o de 2010 só pq não tem LEDs pois não?? Os palcos são completamente diferentes, este tem uma série de opções, projecções, encenações e muito mais luzes! É tudo mt mais cénico! Estão 4 elevadores no palco para serem usados... A onda mexe-se e dá um efeito mt singular.
      Não entendo a fixação com LEDs...a EBU não está nada preocupada com a ausência de LEDs

      Eliminar
    13. Anónimo13:58

      O palco de 2013 não tinha LED's mas tinha projetores. Se isso tivesse funcionado bem, tinha-se continuado a utilizar essa tecnologia nos anos seguintes, mas isso não aconteceu...

      Eliminar
    14. Anónimo16:10

      22:19 Foi o próprio Ola Melzig, no blog, a 14 de abril: "The thingy that hangs in the middle is one of the Panasonic PT-RZ31 Laser projectors that we are installing for those delegations that will use projection in their perfomance".

      Eliminar
  5. Lindissimo!!
    Go Portugal

    ResponderEliminar
  6. Anónimo21:46

    horrivel, há palcos do JESC melhores que este.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não consigo entender quem acha o palco horrível...

      Eliminar
    2. Anónimo22:11

      shiuuu, ainda nem o viste finalizado e ja so dizes asneira.

      Eliminar
  7. Anónimo21:55

    Falta as pontes ainda ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:58

      o que sao as pontes? e onde vao estar?

      Eliminar
  8. O palco é fraquinho sejamos honestos...talvez não tenha havido dinheiro para mais, mas é estranho que tenham usado tantos LEDS no FdC em Guimarães.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:26

      Não é nada fraquinho. Esperem para ver... os LEDs estão ultrapassados. Este palco oferece soluções mais inovadoras, em termos de imagem.

      Eliminar
    2. Anónimo22:30

      Pois, essa parte dos LED'S em Guimarães já ninguém refere. Quando alguém diz que o palco do ESC podia estar melhor com LED's, vem um monte de gente a dizer que "tem bloqueios mentais com LED" que "os LED's são antiquados", mas esquecem-se que o palco da final do FdC estava carregado de LED's por tudo o que era sitio e que, para a maioria das canções que estavam a concurso, os LED's estavam ali para enfeitam, enquanto que para as canções da Eurovisão, os LED's seriam um complemento para dar "boost" às performances de várias excelentes canções que temos este ano.

      Eliminar
    3. Anónimo22:48

      Um cenário que demorou quase duas semanas a construir e dizem que está "fraquinho" como se fossem entendidos na matéria...LOL

      Porque não usam as expressões correctas e dizem que pura e simplesmente não gostam?Escusam de desvalorizar o trabalho das centenas de pessoas que estiveram envolvidas.

      Eliminar
    4. Não havia dnheiro para mais???? EPA metam na cabeça que foi uma escolha, opção da RTP não tem nada a ver com dinheiro!!!!!

      Eliminar
    5. Anónimo23:13

      se calhar no Festival RTP da canção puseram LEDs mesmo para mostrar que se quisessem tb os tinham usado na eurovisão...

      Eliminar
    6. Anónimo23:44

      Ah sim. De tudo o que eu vi no Festival da canção, LEDs foram a maior diferença... aliás, não me lembro bem das músicas, tal foi a importância daqueles paineis coloridos ao fundo do palco. Aqueles efeitos do windows foram, sem dúvida, a mais valia do festival este ano!

      Foi quase tão bom como ter um Ferrari e ir com ele na autoestrada, sozinho, a 50km/h... enfim

      Eliminar
    7. Anónimo00:23

      Anónimo das 23:11, quando a própria RTP diz que quer fazer a Eurovisão mais barata dos últimos anos, nota-se logo que o "fator dinheiro" vale mais do que tentar fazer um bom espetáculo para uma audiência de 200 milhões de pessoas

      Eliminar
    8. lamento informar mas quando a RTP disse que queria a eurovsão mais barata dos ultimos tempos mentiu. Este ano foi mt mais caro que 2016 por exemplo. E isso não tem nada a ver com LEDs..ate parece que LEDs são caros. O custo é inferior porque a equipa é quase toda local, os prazos foram todos cumpridos poupou-se imenso dinheiro na forma como tudo foi gerido e pelo facto de Portugal ter tudo o que é preciso para organizar.
      Portugal nunca fez má figura num evento internacional, não vai ser com uma eurovisão que vai fazer.
      As pessoas pensam que LEDs são caros e o último grito da moda. Em 2010 no Festival da Canção o palco era enorme e tinha LEDs gigante!!

      Eliminar
    9. Anónimo15:46

      A RTP prevê gastar cerca de 12 milhões de euros com a Eurovisão, o que faz com que seja a mais barata dos últimos anos (tal como a RTP quer)
      http://www.escportugal.pt/2017/11/esc2018-festival-devera-custar-12.html?m=1
      Em 2016, a SVT gastou 14 milhões de euros. O palco era todo com LED e a organização do evento chegou a estar adiantada dois dias que o previsto.
      https://www.dinheirovivo.pt/buzz/eurovision/
      Com base nisto, chego à conclusão de que você chumbou a Matemática na escola.

      Eliminar
    10. tira conclusões mt à toa...o que a RTP gasta não é o custo total do evento que ultrapassa os 20milhões!
      Aprenda a ler as notícias e não apenas as letras gordas!!!!

      Eliminar
  9. Anónimo22:21

    A parede de madeira atrás do palco de luzes que está atrás do palco será tapada a preto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não há ali nenhuma parede de madeira

      Eliminar
    2. Anónimo00:52

      Sim existe madeira... atras do palco a parede do pavilhão é forrada a madeira. mas sim devem tapar

      Eliminar
  10. Anónimo22:38

    O Palco e bonito sim... Mas se estivessemos a fazer a Eurovisão 2000 ou 2001... Acho muito fraquinho para a Eurovisão 2018... Recuamos alguns anos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:34

      De facto, a cara do cantor da Croácia no ano passado em duplicado no écran, apenas para dar um exemplo, foi o expoente máximo da tecnologia e inovação. Quem inventou o LED deve ter pensado exatamente nisso como a melhor aplicação da tecnologia.

      Isto de dar nozes a quem não tem dentes é um pouco descabido... eu da minha parte estou bastante satisfeito por não ter de assistir a coisas desse género este ano! Isso sim é inovação.

      O que não é inovador, de todo, é esta ânsia por criticar tudo o que é nacional mesmo antes de conhecer todo o conjunto ou o resultado final. Pelo menos nisso eu vejo que podemos confiar sempre!

      Eliminar
    2. Anónimo23:41

      foi utilizada tecnologia de ponta...dimensões enormes! Mas há quem ache pouco

      Eliminar
  11. Anónimo22:48

    Alguém sabe como é que a Alemanha vai pôr fotografias de pessoas na apresentação deles se não vai haver écran LED?
    https://www.instagram.com/p/BhhRmzQBbQe/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:28

      É o tal projetor a laser que está mencionado acima.

      Eliminar
    2. Anónimo23:38

      Nops. Mas uma vez que cada país está informado acerca do palco e das funcionalidades disponíveis há já algum tempo, será de esperar que exista alguma alternativa.
      Isto é uma coisa organizada; se algo é preparado por um país, então é porque existe qualquer coisa que assim o permita!

      Eliminar
    3. Anónimo00:54

      Se o país quiser pode levar um ecra LED para a atuação desde que seja pequeno e consigam montar enquanto passa o Postcard

      Eliminar
  12. Anónimo23:12

    Nenhum país tem qualquer obrigação de colocar LEDs, 15000 focos de luz, fontes de água, arcos de fogo, fogo de artifício ou cavalos em bicicletas só para a eventualidade de algum país, que quer jogar pelo seguro e fazer mais do mesmo, não ter o mínimo de trabalho imaginativo e recorrer a esses adereços para ficar bonito, como se essa fosse a única forma! Se foi escolhido não usar LEDs, está decidido. Os países sabem disso há meses e estão a preparar a sua apresentação com isso em mente e a contar com outros adereços, se calhar mais interessantes, mas que ainda não vimos para julgar! Ninguém sai mais ou menos prejudicado. Os extras continuam a ser pagos à parte... além disso, a russia em 2016 levou um bloco de LED para ser cool e não ganhou; no entanto Portugal no ano passado não ganhou à custa da floresta aborrecida em pano de fundo, com toda a certeza.
    Esta brigada dos LEDs ficou presa em anos passados, quando isso é que era a grande novidade; há mais tecnologias no mercado pessoal. Pelo menos assim não temos de levar com as caras dos artistas a fazer de fundo aos próprios enquanto eles atuam... isso sim é de mau gosto, a meu ver!
    Mas sao gostos, enfim.

    ResponderEliminar
  13. Anónimo23:12

    Para quem diz que o palco é horrivel/fraco etc faço a minha exposição e análise dos palcos dos ultimos anos (desde que acompanho a eurovisão):

    *2007-Inovador(na altura).
    Um ecrã LED acompanhado de uma estrutura simples completamente imovel

    *2008-Mais bem cuidado.
    Mais LEDS que no ano anterior.Valeu pelo chão do palco ser diferente e ter algum simbolismo (confluência de rios).

    *2009-Over the top
    Apesar de ser um pouco exagerado a verdade é que considero dos palcos mais bem conseguidos dos ultimos anos.Tinha bastante LEDS mas eram apresentados de forma original(conseguiam mover-se e separarem-se).

    *2010-Fraco.
    Não pela ausência de LEDS mas porque pura e simplesmente não tinha nenhum aspecto cénico que o caracterizasse.Tinha apenas um "candeeiro" com gosto e utilização duvidoso.

    *2011-Insípido (mas compreensível)
    Não consistia em mais o que um circulo no centro e um ENORME LED atrás.Dá-se o desconto que foi feito num estádio de futebol onde não se pode dar tanta importância a detalhes.

    *2012-Feio
    O chão parece um "terreiro" e os artistas pareciam perdidos no meio dele.Já para não falar naquela estrutura de LEDS que nunca consegui perceber o que representavam.

    *2013-Confuso
    A ideia não era má mas pareceu-me que não funcionou para algumas atuações, para além de ser demasiado escuro.

    *2014-Excelente
    Original,impactante,relacionado com o logo do concurso (losango) e ainda para mais muito bem adaptado a uma grande arena.O meu preferido!!

    *2015-Nada de especial
    Basicamente é uma versão melhorada do de 2007, sem nada de especial que o distinga dos outros.

    *2016-Interessante
    A ideia de um palco com uma estrutura em quadrado e com ângulos e inclinações atrás foi bastante interessante, mas depois acabou por não se traduzir em nada de diferente nas atuações

    *2017-Sem sentido.
    O palco foi um pouco o simbolismo da organização ucraniana, feito às "3 pancadas" e sem qualquer ligação com o tema do concurso ou do país sequer.Valeu pela funcionalidade.

    ResponderEliminar
  14. Anónimo23:22

    Para todos os que dizem que os LEDS são o essencial das grandes atuações, vão ver a atuação da Beyonce no Coachella que esta a correr mundo e digam-me onde vêem LEDS!!

    Para um bom intérprete e uma boa canção não são precisos videos para coisa nenhuma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:42

      A Beyonce nao tem LEDS, tem uma grande quantidade de dancarinos e coreografia que substitui isso. No ESC nao é permitido.

      Eliminar
  15. Anónimo02:28

    A Eurovisão jamais vai ser apenas música e sentimento pois sendo um espectáculo audiovisual a imagem passou a ter enorme importância. Tão importante que ja nem somos surpreendidos quando uma apresentacao vale mais pela sua imagem do que pela música em si. Podemos estabelecer um paralelismo com os fogos de artificio, em que o audio dá suporte a uma arte que em si devia ser puramente visual. A RTP foi a reboque de uma opinião do Salvador metida na pior altura e que a mim pessoalmente me envergonhou, é indigno que no momento em que o premiamos venha assumir um registo de propriedade e de imposição ao proximo, inclusivé aos concorrentes ali presentes. Eu no lugar da RTP demarcava-me dessa opinião e lançava o mote que a música num espectáculo é o que as pessoas quiserem e as diversas artes do áudio e do vídeo pretenderem e a tecnologia permitir. So assim faz sentido uma eurovisao fora da rádio. Claro que, sendo a RTP a estação de TV mais atrasada e menos vista de Portugal, a única que dá despesa, que nos cobra uma factura e o adicional embelezamento do seu buraco anual, e que pode estar em falência todas as décadas em clara concorrencia desleal com os demais operadores de mercado, só podia esfregar as mãozinhas de contente de tão atrasados que eles são. E o que de facto me vem impressionar mais é que a ausência de painel led é mesmo uma decisao consciente e alheia de questão orçamental. Kiev custou apenas 15milhoes e teve painel led. Bolas até o FDC teve painel LED, não houve problema de consciencia algum. A segunda brilhante ideia é dizer que queremos a Eurovisão mais barata dos ultimos 10anos. Nenhuma empresa no mercado pode dizer por si só que vai produzir o produto mais barato dos últimos 10 anos, muito menos uma que usava écrans OLED nos seus telemóveis e já avisou que vai passar a usar TFT. Claro que lá fora e cá dentro tudo se confundiu e a imagem que fica é a de um Portugal pobre e que por isso não vamos ter painel led Comba desculpa o "music is felling". Posto isto, não temos painel Led e o que vai acontecer é o seguinte, quem tem dinheiro leva led, caso da Suécia e Alemanha, a Estónia vai pagar a requisicao do projector e levar o vestido, pois é óbvio que aquela apresentação vale mais que mil notas musicais, em resumo, a RTP quer impor, e no fim quem tem dinheiro faz o que quer, sendo que quem é pobre olhem, que se agarrem ao feeling! O écran led mal usado ou nao, diminuia as diferencas entre países. Ou seja, a RTP não só não manda nada como apenas aumenta o fosso entre os países ricos e os pobres. Posto isto, acredito que é possivel não ter painel led e fazer a melhor Eurovisão de sempre. Mais acredito, depois de ver as apresentações de alguns produtos que vão estar neste palco. Fiquei abismado sinceramente e aparentemente os técnicos abraçaram a ideia e estão com muita confiança que sim, vai ser espectacular, unico, e pode marcar uma nova tendência. Do que vi do palco, adoro, enorme, complexo, ambicioso, baixa altura e muita proximidade do espectador. Observacao, não vejo nenhum elevador nem rampa junto a green room, espero que não se esqueçam da Rússia. Seria mau demais como é obvio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:19

      Oh, pá, vocês são chatos! Não há LED, mas há um mega ecrã para projeção em laser. Muito mais giro e criativo... Panasonic PT-RZ31 Laser projectors têm sido usados em grandes transmissões, como as Olimpíadas, etc.

      Eliminar
    2. Anónimo18:44

      Esse projector foi instalado a pedido de algumas delegações e vão pagar para isso. Nao faz parte do plano de palco inicial pelo que a partida nao faz sentido que o possamos usar.

      Eliminar
    3. O anónimo das 02:28 com certeza não viu a Eurovisão o ano passado.

      Permita-me ser claro numa coisa: as pessoas em geral estão fartas de espalhafato.

      Dou dois exemplos:

      1ºEm 2011 quando o que tocava na radio era musica eletronica surgiu a Adele apenas com voz e piano e conseguiu o album mais vendido desta decada.

      2ºQuase todos os grandes artistas com tournees mundiais estão a simplificar os seus espetáculos.Madonna apresentou em espectaculo bem mais pequeno e só para arenas na ultima tour.Os U2 cantam metade do ultimo espetaculo apenas com uma lampada como artificio, a Katy Perry o mesmo, e por aí fora.

      No ano passado não ganhou a canção com o melhor LED nem com mais fogos, nem sequer o artista que mostrou mais a voz.Ganhou a Eurovisão quem tinha a melhor música e quem a melhor interpretou.

      Em 2016 a Rússia levou o expoente máximo de tecnologia e não foi por isso que o júri não deu a vitória à Australia, não só por ter uma das melhores músicas como tinha a melhor voz.Curioso:a Australia usou realidade aumentada na performance(portanto não venham com argumentos que o juri tem preconceito com isso).

      Por último, a Eurovisão está a perder audiências no Leste, bem como o interesse desses países.A EBU está a apostar novamente em paises da Europa Ocidental, mas sabe que para cativar publico nesses locais (especialmente o publico jovem), terá que acabar com certos estigmas do concurso, nomeadamente o espalhafato e a pouca diversidade musical.

      Concordo que o discurso da RTP é chato e irritante mas não sejamos ingénuos para não perceber que por detrás desta atitude está uma estratégia de marketing da EBU adaptada ao mercado de entretenimento atual.

      Cumprimentos.

      Eliminar
  16. Anónimo02:29

    Lembra muito o palco do nosso FDC em guimaraes...medo

    ResponderEliminar
  17. O melhor é esperar para ver o resultado final tanto na televisão como ao vivo.
    Entendo a opinião de quem gostaria de ver ecrãs LED, no entanto, e na minha humilde opinião, penso que todos irão ficar agradados.
    Também acho excessivo a constante alusão ao que o Salvador disse no discurso da vitória... música é música... há para todos os gostos. Embora eu compreenda essa colagem, afinal foi ele é a irmã quem nos deram esta alegria e se agora estamos a criticar o “nosso” palco é em muito por mérito deles...
    Mas tranquilizem-se, vai ser um grande espetáculo do qual não nos iremos envergonhar... com a consciência que haverão sempre haters que vão detestar tudo. Mas paciência, não podemos agradar a gregos e a troianos.
    Abraço a todos os fãs da Eurovisão e ao ESC Portugal pelo excelente trabalho que representa muito investimento pessoal além de um grande profissionalismo.

    ResponderEliminar
  18. Anónimo10:50

    Esta gente deve só ter tecnologia de ponta em casa aquilo em casa deles deve ser parecido com a Eurovisão um circo total... Qnd ainda tem lâmpadas que consomem exageros.
    Já vi bons espetáculos há luz das velas e coisas MT mas cheio de artifícios.
    Tanta guerra por meia dúzia de luzes acredito que a RTP está a altura quando é das televisões da EBU com mais tecnologia e na vanguarda mas disso as pessoas não sabem nem dão valor ao que se faz dentro da RTP e se a Eurovisão fosse mais cara VCS "críticos" iriam pagar na fatura da luz de taxa audiovisual como já pagam enfim mentes mesquinhas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:12

      "acredito que a RTP está a altura quando é das televisões da EBU com mais tecnologia e na vanguarda mas disso as pessoas não sabem nem dão valor ao que se faz dentro da RTP", so uma coisa, obrigado por me fazer rir!

      Eliminar
    2. Anónimo16:27

      Na vanguarda e com mais tecnologia em que aspecto?, na vanguarda quando grande parte dos conteúdos do canal ainda não é emitido em HD, com câmeras obsoletas, se isto significa tecnologia e vanguarda, então o que chamar a estações que já emitem em formato 4K.

      Eliminar
  19. Anónimo20:49

    Pelo que percebi, há países que vão usar LED e acho muito bem!

    ResponderEliminar
  20. Anónimo21:23

    Com tantos projetores e luzes, o melhor mesmo é levar óculos escuros e ventoínhas!

    ResponderEliminar
  21. Não percebo essa fixação por Leds, para fazer um bom show não preciso, já vi uns bons assim, o palco da esc 2010 não havia leds e gostei, Deixem de tretas, Me parece ser bom mas ainda falha ver o resultado final, ou seja ver ao vivo e na TV.

    ResponderEliminar