ESC2018: Pedro Granger apresenta a Cerimónia de Abertura do Festival Eurovisão 2018


Responsável pela coordenação da sala de imprensa, Pedro Granger será também o apresentador da Cerimónia de Abertura do Festival Eurovisão 2018, avançou Sílvia Alberto nas redes sociais.

Depois de ter apresentado o Festival da Canção em 2012 e ter sido o comentador do Festival Eurovisão 2012, Pedro Granger estará, em dose dupla, no Festival Eurovisão 2018: após ter sido anunciado como coordenador da sala de imprensa, juntamente com Pedro Penim, o ator e apresentador será o responsável pela condução da Cerimónia de Abertura do certame.

O anúncio foi feito por Sílvia Alberto, uma das apresentadoras do evento, nas redes sociais: "19 dias para a Welcome Reception que vais apresentar brilhantemente, não tenho dúvidas. Fico mesmo feliz por ti" escreveu a apresentadora, numa publicação em que recorda a primeira Eurovisão dos dois, "Meu Pedro Granger, o teu e o meu primeiro Festival Eurovisão da Canção! Düsseldorf, 2011. Estas fotos são de uma de muitas noites no Euroclub. Lembras-te? Que ganas!".


A Cerimónia de Abertura, que contará com a Blue Carpet, decorrerá durante a tarde de 6 de maio, no MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia e no Museu da Electricidade, sendo a cerimónia de recepção a todos os elementos das 43 delegações a concurso no Festival Eurovisão 2018.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Sílvia Alberto / Imagem: TVI

21 comentários:

  1. Anónimo00:36

    Não é só ele. Também o Pedro Penim, Cláudia Semedo e Inês Lopes Gonçalves vão estar na Cerimónia de Abertura/Blue Carpet.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:22

      E o Pedro Fernandes? Saiu-se tão bem na apresentação do FC...

      Eliminar
    2. Anónimo15:12

      Claudia Semedo? Porque raio?

      Eliminar
  2. Anónimo01:07

    Alguém me explica porque não vão buscar apresentadaores da RTP?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:46

      Porque mesmo na RTP é preciso conhecer alguém que conhece alguém que é amigo de alguém que decide... Quando não se têm esses conhecimentos, vai-se para a prateleira ou é-se mandado para um dos canais da estação com pouca visibilidade... O meu comentário não pretende ser ofensivo, mas apenas fazer notar que há bons profissionais aos quais nunca ou quase nunca são dadas oportunidades de mostrarem o valor que têm...

      Eliminar
  3. Anónimo09:43

    Boa novidade! Muita sorte para o Pedro. Ele consegue dar conta do recado sem dúvidas!

    ResponderEliminar
  4. bah...
    A Suzy teria mt mais impacto....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:21

      A Susy não é apresentadora, não tem currículo, nem experiência. Que eu saiba, ela trabalha no ramo da aviação. Nada a ver.

      Eliminar
    2. Anónimo13:27

      Para quem? 0,001% da população?

      Eliminar
    3. Anónimo13:34

      Pois teria!!! A Suzy merece!!

      Eliminar
    4. Anónimo15:11

      Não tem currículo? Trabalhou em diversas empresas no Dubai e é dona de uma escola de pilotos!! Fala inglês MUITO fluentemente mais até que a Catarina Furtado e Silvia Alberto basta item ver as entrevistas dela no wiwibloggs

      Eliminar
    5. Anónimo15:41

      Além disso, ela disse, em entrevistas lá fora, que gostaria de voltar à Eurovisão, mas nunca pela RTP... preferia concorrer por outro país! Há vídeos no youtube dela a dizer isso.

      Eliminar
    6. Ricardo Alves16:14

      Anônimo.15.11: informe se antes de comentar. A suzy nao é dona de escola de pilotos
      Lol

      Eliminar
    7. Anónimo das 10:21
      a Suzy tem formação em apresentação/comunicação em eventos.
      Já foi porta-voz do juri Português na Eurovisão, representante de Portugal na Eurovisão e é muito popular entre os fãs.

      Anónimo das 10h21: 0,0001% da população é a representação que o povo português tem no conjunto total da Eurovisão...

      Eliminar
    8. Anónimo16:48

      Trabalhar em escolas de pilotos não é currículo relevante para apresentar programas de televisão LOL É a mesma coisa que um advogado pôr no CV que trabalhou no McDonalds.

      Eliminar
    9. Anónimo17:05

      Tem razão, não é dona é diretora

      Eliminar
  5. Anónimo10:39

    O Pedro Granger já apresentou a reunião dos chefes de delegação e vai também moderar, com o Pedro Penim, as entrevistas na sala de imprensa. Ninguém sabe tanto da Eurovisão como ele, portanto parece-me bem.

    ResponderEliminar
  6. Não entendo como não estão a usar a Suzy, com tão bom inglês que tem e porque é adorada pelos fãs internacionais.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo19:11

    Penso o mesmo...
    Acho que qualquer outro país no lugar de Portugal, recorria à Suzy

    ResponderEliminar
  8. dan carv15:14

    Isto como se vê é tudo para amigos. Um nome que me vem à baila assim de repente é o do Ricardo Pereira, independentemente do canal onde trabalha, se for preciso pede-se emprestado, coisa que até se faz com jogadores, o que neste caso até me parece indigno. É a minha opinião eu sei mas acho o R. P. mais charmoso. No entanto, já que está escolhido, que tenha sorte e dê conta do recado que imagino não deva ser fácil.

    ResponderEliminar