[VÍDEO] ESC2018: Ouça a canção representante de Israel

Acaba de ser carregado no youtube o videoclip oficial de "Toy", a canção representante de Israel no Festival Eurovisão da Canção 2018.

A tão aguardada canção representante de Israel no Festival Eurovisão da Canção 2018 acaba de ser oficialmente publicada, depois de ter prematuramente caído ontem nas redes sociais. "Toy" por Netta Barzilai, irá competir na 1.ª semifinal agendada para 8 de maio.



Depois de ganhar a versão israelita do programa Rising Star, um grupo de trabalho foi criado para selecionar a canção representante no Festival Eurovisão da Canção 2018. Foram 140 as canções submetidas na estação pública IPBC e a vencedora acabou por ser "Toy". Registe-se que o tema tem autoria de Stav Beger e Doron Medalie, este último também autor de outras anteriores representantes de Israel na Eurovisão “Golden Boy” e “Made of Stars”, participantes em 2015 e 2016 respetivamente. Doron também escreveu hits de outros países, "Opa" (Grécia 2010) e “Dime” (Espanha 2003). Por seu turno, Stav Beger escreveu uma canção participante na seleção nacional de Israel em 2016 (com Tom Gefen), “Follow The Sun”, interpretada por Gil Hadash.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: YOUTUBE, ESCPORTUGAL /Imagem: GOOGLE /Vídeo: YOUTUBE

34 comentários:

  1. Desde 2012 que o diferente ganha, portanto... Telavive 2019!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo04:10

      Diferente? boa piada.

      Eliminar
  2. Até tinha uma certa graça a canção vencedora em Lisboa, chamar-se TOY!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo19:24

    ?? K é isto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:55

      a bjork israelita?

      Eliminar
    2. Anónimo04:11

      19: 55 quem lhe dera, ela bem que tenta mas nao consegue.

      Eliminar
  4. Ricardo Alves19:27

    ADORO!!

    ResponderEliminar
  5. Tal como o Salvador o ano passado, esta canção vai provocar paixões ou ódios.Não vai existir meio termo.
    Eu cá adoro, a música é estupidamente divertida.

    É caso para dizer: SOLTEM A FRANGA!!! XD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta Saraiva20:54

      COncordo! Vamos todos soltar e partilhar a franga que há em nós!

      Eliminar
    2. Anónimo04:11

      Comparar isto com o Sobral é ridiculo.

      Eliminar
  6. Anónimo19:34

    Muito boa! Devertida! Irreverente! Parabéns Israel

    ResponderEliminar
  7. Destaca_se bem de todas as canções, super divertida e moderna. Israel traz uma boa voz e vai conquistar um bom lugar na Eurovisão sem dúvida.

    ResponderEliminar
  8. Que m. é esta? Brincamos agora?

    ResponderEliminar
  9. Anónimo22:25

    Buraka Som Sistema lá do sítio

    ResponderEliminar
  10. Anónimo22:45

    isto é péssimo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. CONCORDO TOTALMENTE. E EU ACHANDO QUE A REPUBLICA TCHECA ERA RUIM, OLHA AÍ ALGO MUITO PIOR.

      Eliminar
  11. Anónimo23:50

    Serei o único a achar que temos aqui a vencedora? Não é que eu goste mas o índice de "esquisitice" desta música é altíssimo. Isto não vai deixar ninguém indiferente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:05

      Não vai deixar ninguém indiferente, mas sinceramente não estou a ver o júri ir na "cantiga"...

      Eliminar
  12. Luis Andre Santos12:47

    eh pá, vou ficar muito triste se em Lisboa ganhar uma galinha ... não tenho saudades nenhumas de actuações tipo Irlanda 2008, galinhas só no galinheiro ou no prato estufadinha e desossada ...

    ResponderEliminar
  13. Temos galinhas a concurso. ..lol...

    ResponderEliminar
  14. Temos galinhas a concurso. ..lol...

    ResponderEliminar
  15. Há algo interessante aqui: o título desta página é "Ouça a canção representante de Israel", mas a opinião que dela formamos (melhor ou pior) seria a mesma se só a ouvíssemos, isto é, se não víssemos o videoclip? Talvez haja uma versão "ao vivo", que desconheço (mas gostaria de conhecer): será que, interpretada "ao vivo" suscitaria a mesma apreciação (positiva ou negativa)?

    ResponderEliminar
  16. Questiono-me onde andam as intelectuais que em 2008 chamavam à nossa representante Vânia Fernandes de gorda, pote e outros termos tão simpáticos?! Andam agora a dizer que adoram esta musica? Não obstante a boa voz da moça, isto é típico do "Somos Israel" aos domingos à tarde na IPBC

    ResponderEliminar
  17. Uma paródia um pouquinho mais engraçada que o Homens da Luta... Nem à final merecem ir, ainda para mais quando há mais de uma dúzia de boas canções!

    ResponderEliminar
  18. Anónimo04:17

    Patetico, digo-o mesmo sendo fã de pop e 'fast food'. Dei muitas gargalhadas, devo dizer. Rio-me porque aposto que vai ser outra Finlandia, a performance ao vivo nao vai corresponder às expectativas do pessoal e sim, ja vi as outras atuaçoes dela, sei que canta bem, mas nao vai corresponder ao hype, na certa. É daquelas cançoes que reflectem isso mesmo.

    A musica não vale nada, pop básico com umas influencias do medio oriente - UAU que novidade, golden boy e dum tek tek ja nos tinham mostrado isso, mas ok, que ORIGINAL *sarcasmo*... Lily allen e bjork wannabe, é diferente porque imita uma galinha e usa aquela coisa para 'esconder' a sua propria mediocridade vocal e de 'artista'... poupem-me.


    Mais uma prova que este concurso é uma palhaçada e será sempre visto como uma parodia carnavalesca para avacalhar, e é por isso que artistas sérios ingleses, portugueses e irlandeses nem tentam participar nisto. Tambem nao me surpreende que o estereotipo de 'festival lgbt' continue, com representantes destes nao vai mudar tão cedo. Que saudades da Emmelie de forest, Loreen, Il Volo, Lordi, Iveta Mukuchyan..

    Meu rico sobral, o discurso foi desnecessário naquela altura, mas com muita razão o disseste e este ano é a prova viva que estavas certo, vais ser dos vencedores mais memoráveis não só por teres sido VERDADEIRAMENTE DIFERENTE mas pelo discurso que tiveste (os eurofans ainda hoje falam disso nos comentários do youtube, deve ter doído bem.) Irrelevante não serás, seja pelo discurso ou pela canção. Se a Hungria ganhasse seria de ouro, adorava, só para ver a cara daquela israelita e dos fas 'fast food' que continuam sem perceber o que o Sobral quis dizer. Não podia ter mais orgulho em ti, Salvador. Que Portugal nunca leve uma coisa destas, prefiro que sejamos odiados pelos eurofas.

    Se é para isto então que ganhe o miudo da Suécia.

    P.S- A unica coisa BOA que os sobrais trouxeram a isto foi, realmente, a diversidade linguística e musical deste ano. Eslovenia a cantar na própria língua, o hardcore da hungria, opera da Estonia, rap da republica checa, rock da Romenia, country da Holanda, a simplicidade e mensagem da Alemanha, Lituania, França, Espanha, Italia, entre outros. Parabens aos que tentaram.

    ResponderEliminar
  19. Anónimo04:23

    Patetico, digo-o mesmo sendo fã de pop e 'fast food'. Dei muitas gargalhadas, devo dizer. Rio-me porque aposto que vai ser outra Finlandia, a performance ao vivo nao vai corresponder às expectativas do pessoal e sim, ja vi as outras atuaçoes dela, sei que canta bem, mas nao vai corresponder ao hype, na certa. É daquelas cançoes que reflectem isso mesmo.

    A musica não vale nada, pop básico com umas influencias do medio oriente - UAU que novidade, golden boy e dum tek tek ja nos tinham mostrado isso, mas ok, que ORIGINAL *sarcasmo*... Lily allen e bjork wannabe, é diferente porque imita uma galinha e usa aquela coisa para 'esconder' a sua propria mediocridade vocal e de 'artista'... poupem-me.


    Mais uma prova que este concurso é uma palhaçada e será sempre visto como uma parodia carnavalesca para avacalhar, e é por isso que artistas sérios ingleses, portugueses e irlandeses nem tentam participar nisto. Tambem nao me surpreende que o estereotipo de 'festival lgbt' continue, com representantes destes nao vai mudar tão cedo. Que saudades da Emmelie de forest, Loreen, Il Volo, Lordi, Iveta Mukuchyan..

    Meu rico sobral, o discurso foi desnecessário naquela altura, mas com muita razão o disseste e este ano é a prova viva que estavas certo, vais ser dos vencedores mais memoráveis não só por teres sido VERDADEIRAMENTE DIFERENTE mas pelo discurso que tiveste (os eurofans ainda hoje falam disso nos comentários do youtube, deve ter doído bem.) Irrelevante não serás, seja pelo discurso ou pela canção. Se a Hungria ganhasse seria de ouro, adorava, só para ver a cara daquela israelita e dos fas 'fast food' que continuam sem perceber o que o Sobral quis dizer. Não podia ter mais orgulho em ti, Salvador. Que Portugal nunca leve uma coisa destas, prefiro que sejamos odiados pelos eurofas.

    Se é para isto então que ganhe o miudo da Suécia.

    P.S- A unica coisa BOA que os sobrais trouxeram a isto foi, realmente, a diversidade linguística e musical deste ano. Grecia, Eslovenia a cantar na própria língua, o hardcore da hungria, opera da Estonia, rap da republica checa, rock da Romenia, country da Holanda, a simplicidade e mensagem da Italia, Alemanha, Lituania, entre outros. Obrigado aos que tentaram.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:11

      Nem mais... Esta música é surreal mente má, alguns eurofans ainda estão aziados... Sobral foi ao osso ... Azar... Esta música é ridicula para "fazer frente" à do Sobral... Podiam ter arranjado algo bem melhorzinho...

      Eliminar
  20. Anónimo21:38

    Canção vencedora em 2018, sem dúvida, artisticamente muito superior ao Sobral e bastante divertida : ) TELAVIV 2019 cá vamos nós : ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:03

      O quê? Artisticamente superior ao Sobral? Eu não vou ao extremo do "fast food music", respeito todas as músicas e géneros, mas isto de artístico pouco tem...

      Eliminar
  21. Anónimo20:06

    Se fosse Portugal a levar esta música estava em dead last nas apostas, nas sondagens e afins. Tão simples quanto isso. Ainda gostava de ver se os Homens da Luta tivessem ido por um país "grande".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais... Os homens da luta sim eram uma música alegre e diferente... Agora isto? Nem fogo de artifício é... O nome disto é flatulência auditiva

      Eliminar
  22. Israel já levou à Eurovisão muito boa música mesmo, que até foram as minhas favoritas na altura... Agora isto é um degredo... Eu tinha vergonha que o meu país levasse uma música destas a um evento internacional. Alguem era capaz de ouvir de bom grado esta música a alto volume no carro e com os vidros abertos...hummm não mintam tá?

    ResponderEliminar
  23. Brutal 😀😀😀😀👍👍👍

    ResponderEliminar