[AÚDIO] Portugal: Ouça as canções da 1.ª Semifinal do Festival da Canção 2018

Já é possível escutar excertos dos 13 temas a concurso na 1.ª Semifinal do Festival da Canção 2018. Ouça-as de seguida.


A RTP acaba de publicar excertos de todos os temas a concurso na 1.ª Semifinal da edição deste ano do Festival da Canção, a acontecer já no próximo domingo, dia 18 de fevereiro. Apenas 7 das 13 canções conseguirão garantir um lugar na Grande Final a decorrer a 4 de março, no Pavilhão Multiusos de Guimarães. A decisão estará a cargo de um júri de sala e do televoto, cada um  com um peso de 50% na decisão final.

De destacar o facto de Gonçalo Tavares, que inicialmente iria cantar em dueto com José Cid, já não participar neste Festival da Canção. A RTP não divulgou as razões para esta alteração de última hora.

Compositor: Diogo Clemente
Intérprete: Peu Madureira
Canção: Só Por Ela



Compositor: Fernando Tordo
Intérprete: Anabela
Canção: Para Te Dar Abrigo


Compositores: Francisca Cortesão / Afonso Cabral
Intérprete: Joana Barra Vaz
Canção: Anda Estragar-me Os Planos



Compositor: Janeiro
Intérprete: Janeiro
Canção: (sem título)



Compositor: Jorge Palma
Intérprete: Rui David
Canção: Sem Medo



Compositor: José Cid
Intérprete: José Cid
Canção: O Som Da Guitarra É A Alma De Um Povo


Compositor: JP Simões
Intérprete: JP Simões
Canção: Alvoroço



Compositor: Júlio Resende
Intérprete: Catarina Miranda
Canção: Para Sorrir Eu Não Preciso de Nada





Compositor: Luís Nunes (Benjamim)
Intérprete: Joana Espadinha
Canção: Zero A Zero



Compositor: Mallu Magalhães
Intérprete: Beatriz Pessoa
Canção: Eu Te Amo



Compositor: Nuno Rafael
Intérprete: Bruno Vasconcelos
Canção: Austrália




Compositor: Paulo Praça
Intérprete: Maria Amaral
Canção: A Mesma Canção



Compositores: Rita Dias / Filipe Almeida
Intérprete: Rita Dias
Canção: Com Gosto Amigo



Este e outros artigos no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTP / Imagem: RTP / Vídeo: RTP

127 comentários:

  1. Anónimo12:01

    entao nunca mais são publicadas as musicas?

    ResponderEliminar
  2. Rui Ramos12:03

    RTP no seu pior: meio dia e nada

    ResponderEliminar
  3. Anónimo12:08

    Pontualidade no máximo!!!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo12:10

    Canções de um só gosto, não é o meu. Podem ter qualidade, mas soa tudo igual, cópias baratas de Amar pelos Dois. Todos tentaram a mesma “fórmula” e logo a RTP que diz que não existem fórmulas, o meu medo era a o CID ganhar e sinceramente após ouvir estas, foi a que mais gostei desta Semifinal xD

    ResponderEliminar
  5. Anónimo12:11

    Ok,nao gostei de nenhuma das canções apesar de nao ter desgostado do zero a zero de joana espadinha

    ResponderEliminar
  6. Anónimo12:24

    tudo muito igual, tudo iguallll

    ResponderEliminar
  7. Anónimo12:24

    Terrível... Não há uma que possa dizer que gosto...

    ResponderEliminar
  8. Anónimo12:25

    No primeiro ESC em Portugal e vai quase tudo buscar inspiração ao Brasil?
    Nem uma canção eletrónica? Galopim, para o ano diversifica mais a coisa, ok? :)

    ResponderEliminar
  9. Disappointed, but not surprised. Já estava à espera que fosse maioritariamente baladas. Se a 2ª semifinal tiver músicas semelhantes à da 1ª, só voltamos a ganhar a Eurovisão daqui a 49 anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que a segunda final vai ser mais interessante a nível de diversidade musical com Tamin/Capicua, Diogo Piçarra, Sequin, Susanna Travassos/Aline Frazão... A ver...
      Pelo momento só consigo gostar da musica da Mallu Magalhães/Beatriz Pessoa e a do Janeiro. Mas mesmo assim, estava a espera de outros estilos de musica.

      Eliminar
    2. A RTP dizia que queria que o Festival da Canção refletisse a música que se faz em Portugal, e eu pergunto: É só este tipo de música que fazemos? Não há pop, não há rock, por exemplo? Enfim, talvez a 2ª semifinal tenha mais diversidade musical e que consiga ser melhor que a 1ª

      Eliminar
    3. Anónimo20:33

      Concordo!!!!!

      Eliminar
  10. Mallu de Magalhães com Beatriz Pessoa foi a que mais gostei. É um estilo original e arrojado para a Eurovisão, mas desta semifinal foi a que gostei mais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:16

      Concordo. É a minha preferida.

      Eliminar
    2. Anónimo17:23

      Sem dúvida. É verdade que 45 segundos não dá para perceber como começam as músicas ou por onde vão. Porque em alguns casos podem ter crescendo ou não. Mas não percebo como alguém ficou desiludido com ela. Podemos questionar que é uma semi de toada mais calma, mas acho que era previsivel tendo em conta os autores. Todos os que eu conhecia e queria mais perceber( Mallu, Janeiro) seguiram o seu próprio estilo. Eu como pessoa que gosta do estilo dela não podia pedir que ela mudasse para algo eurovisivo acho que seria pior.

      Mas só vou tomar posições depois de ouvir as músicas na integra.

      Eliminar
  11. Anónimo12:28

    Ainda não perceberam que o mesmo formato não funciona em dois anos seguidos....

    ResponderEliminar
  12. Cá estão elas! Parem de dizer mal porque sim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:45

      Não é dizer mal porque sim... As músicas são todas muito paradas.. Não e por termos ganho o ano passado com uma balada que este ano temos um bom resultado novamente... Temos de diversificar...

      Eliminar
    2. Anónimo01:48

      Ou entao pára de te obrigar a gostar só porque sim, elisááábéééte!

      Eliminar
  13. Anónimo12:29

    Gostei do Fernando Tordo, Julio Resende, Diogo Clemente, Mallu e Rita Dias... propostas diferentes tb não desgosto da proposta do Jorge Palma. Do José Cid não esperava diferente... mais do mesmo e sem noção.

    ResponderEliminar
  14. Se a Suécia é conhecida pelo estilo "schlager", nós vamos ficar conhecidos pelo estilo "hipster" ... tenho de assimilar melhor os temas.. há alguns com sonoridades interessantes como o da Mallu Magalhães, do Nuno Rafael de do Banjamim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:40

      amigo o melodifestivalen tem sempre vários estilos musicais...

      Eliminar
  15. Anónimo12:33

    não gostei de nenhuma... tudo muito igual ...

    ResponderEliminar
  16. Anónimo12:36

    senti que houve sim mais qualidade este ano! mas isto é tudo o mesmo... onde está o pop? o rock? outros estilos musicais?

    ResponderEliminar
  17. Anónimo12:37

    Tudo muito igual, muito a soar a novela brasileira dos anos 70' tudo muito fórmula de salvador, sinceramente , nem sei que diga , venha o Diogo piçarra salvar isto ou um dos temas em inglês , pois estas fórmulas devcamaradas do avante e de pseudo meninos do café do teatro ! Não me convencem !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:22

      AHAHAHAH pode parecer rude mas é verdade, infelizmente!

      Eliminar
    2. É bem verdade! Já vencemos uma musica com um estilo atípico no Festival da Eurovisão, e por mais na nossa lingua. Acho que este ano, era tempo de inovar e enviar algo claramente diferente. Há musicas pop/electro de qualidade, vejam só a da Bélgica (2015/2017), Letónia (2015), Espanha (2016), França (2016/2017), Italia (2017). Ou mesmo sem ser pop, lembro particularmente de Pastora Soler (Espanha 2012) que cantou "Quedate conmigo" e que arrasou com uma prestação incrível (embora não tenha recebido muitos votos) ou Il Volo (Italia 2015), que cantaram um opera arrepiaste e que classificaram-se em terceiro lugar...

      Eliminar
  18. Anónimo12:39

    Tudo igual e sem inspiração, no entanto a dança Anbela por incrível que pareça é a que tem uma sonoridade mais engraçada, combinando o fado com uma melodia mais elegante.

    Mas mesmo assim, já só quero a 2 semifinal e acho mesmo que podem ser melhores as canções.

    ResponderEliminar
  19. Na minha óptica, que não percebo nada disto, são todas dentro do mesmo registo, demasiado lentas, sem inovação e pouca criatividade. A do Salvador era calma, ok... mas tinha qualidade e foi interpretada de forma fenomenal. Estas, além de não ficarem na memória, não se destacam em NADA e parecem algo datadas. Os intérpretes parecem estar bem, o problema está mesmo na músicas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:30

      Concordo plenamente, o cantores parecem bem mas as musicas são quase todas muito iguais e paradas, não são memoráveis. Embora no global sejam melhores que as do ano anterior.

      Eliminar
    2. Anónimo20:38

      Concordo contigo, Henri!

      Eliminar
  20. Ricardo Alves12:42

    Peu Madureira e Janeiro

    ResponderEliminar
  21. Só o Jorge Palma/Rui David, o José Cid e a Rita Dias me convencem. Os meus teoricamente favoritos não me convenceram.

    ResponderEliminar
  22. Anónimo12:53

    Preciso de ouvir uma segunda vez com mais atenção. Primeira impressão: demasiado homogéneo, sem nada que chame a atenção. Onde está a diversidade que a RTP tanto apregoava?

    ResponderEliminar
  23. Anónimo12:58

    as musicas são boas, letras muito bonitas,mas são todas muito iguais, não há diversidade, parece que só existe um estilo musical em portugal.

    ResponderEliminar
  24. Ok parece me todas semelhantes mas temos aí boas músicas. Gostei de 4, do janeiro, do jorge palma, da Maria Amaral e do Peu Madureira. Vamos ver como serão as da segunda semi

    ResponderEliminar
  25. Pedro Carvalho13:04

    A RTP tem de mudar drasticamente o processo de convites. Tudo muito igual, na mesma linha sonora. Não pode ser!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo04:38

      Infelizmente não me parece que alguma vez mudem. Ter um compositor de pop-punk, ou rock ou mesmo metal...ou alguem de r&b e rap como o mishlawi....

      Eliminar
  26. Anónimo13:09

    Venha a 2ª semifinal, que a 1ª já é passado (pelas piores razões). Como já foi dito por vários comentadores aqui, as canções cheiram a música brasileira dos anos 70, o que até está intimamente ligado com o Carnaval brasileiro que se vive em Portugal - 'Já vieram do Brasil, Goa e Macau... Portugal já foi conquistado'!

    ResponderEliminar
  27. Anónimo13:09

    Portugal é um pais alegre, onde as canções alegres??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:40

      Concordo. Onde estão as canções alegres?

      Eliminar
  28. Anónimo13:10

    Devia haver regra para as canções, umas mais calmas e outras com mais alegria. É tudo muito parecido! Gosto de algumas mas espero que os excertos da 2'semifinal nos surpreende pela positiva.

    ResponderEliminar
  29. JP Simões a si próprio na excelência a que nos tem habituado. Um outsider muito interessante. A dupla Jorge Palma/Rui David tem um je ne sais quoi... o resto?! Lamento mas tudo soa demasiado igual uns aos outros e decerto algo démodé em alguns casos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:25

      Eu sou sincero, não conheço o João Simões mas foi a composição/interpretação que mais me surpreendeu. Forte muito forte e inovadora.
      Beatriz/Mallu,também me tocou. Assim como a Catarina Miranda.
      Janeiro, Anabela...
      O festival está com um nível muito elevado.

      Eliminar
  30. Anónimo13:26

    Beatriz Pessoa e Anabela as minhas favoritas. Caramba mas tudo tão igual

    ResponderEliminar
  31. Anónimo13:26

    A voz do Janeiro é tão parecida à do Salvador

    ResponderEliminar
  32. Anónimo13:30

    Não sei por quê mas a canção da Rita Dias faz me lembrar a Rosa Branca da Marisa

    ResponderEliminar
  33. Anónimo13:32

    Não vou pôr em causa a qualidade das canções até porque as achei bonitas, mas diversidade é nula nesta semi final.

    ResponderEliminar
  34. Anónimo13:42

    Começaram as críticas.Há muita gente que não aprendeu nada ainda com o festival do ano passado. E são as mesmas críticas q fizeram o ano passado após a 1a semifinal.. Só rir :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:28

      Concordo em absoluto!

      Eliminar
    2. Não me parece que seja criticar porcriticar. Maior parte das pessoas reconhece o valor das canções mas está desiludida com a falta de variedade. São bonitas e a qualidade é sem dúvida boa mas são 13 e soam todas do mesmo género. E não é só os portugueses que o acham. Das primeiras impressões que já tirei de sites estrangeiros, eles acham o mesmo! É só isto que se faz em Portugal? Eu tenho a certeza que não!

      Eliminar
    3. Anónimo20:42

      Também não me parece que seja criticar por criticar. Concordo com este comentário.

      Eliminar
  35. Anónimo13:45

    Acho que a nível de qualidade não há nada a dizer MAS pela negativa são todas dentro do mesmo género...

    ResponderEliminar
  36. Anónimo13:50

    Maria Amaral tem uma voz interessante

    ResponderEliminar
  37. Anónimo13:54

    Gostei da música da anabela e da Rita dias. Mas esta semifinal pouca diversidade. Status: aguardar pela 2a semifinal para ver mais agitação

    ResponderEliminar
  38. Anónimo14:01

    Depois de ouvir uma segunda vez tenho a dizer que ADORO quase todas! Músicas doces e despretenciosas. Mas esperava uma maior diversidade de estilos. A ver o que nos reserva a segunda semifinal.

    ResponderEliminar
  39. A minha lista: _ Peu Madureira, Jorge Palma, José Cid tirando só os gritos do cantor😂, Júlio Resende, Joana Espadinha e Bruno Vasconcelos. Venha ja Sábado para vermos como são. E para a outra semana acredito que tenhamos mais variedade.

    ResponderEliminar
  40. Anónimo14:13

    Sim, as canções são bonitas, mas não há uma única que seja original.

    ResponderEliminar
  41. Anónimo14:17

    Zero a Zero e Australia, são os meus favoritos!

    ResponderEliminar
  42. Anónimo14:20

    "Eu te amo" é minha favorita, mal posso esperar até dia 18

    ResponderEliminar
  43. Anónimo14:28

    As minhas favoritas por ordem de preferência: 1 - Anda estragar-me os planos (Joana Barra Vaz), 2 - Só por ela (Peu Madeureira) e 3 - Zero a zero (Joana Espadinha). De uma forma geral as canções desta semifinal são de qualidade, mas concordo com o resto dos comentários, não existe diversidade nenhuma, é tudo dentro do mesmo genero. Temos qualidade mas não temos diversidade ... vamos ver a semifinal 2. Boa sorte a todos.

    TACV

    ResponderEliminar
  44. Anónimo14:37

    Uma 1SF com músicas bem conseguidas.
    O ano passado, assim que ouvi 'Amar pelos dois, soube que seria a música ideal para representar o nosso país. Afortunadamente ganhámos a Eurovisão. Este ano dou epecial destaque para 'Eu te amo. Acredito que esta música irá ter maior exaltação quando apresentada na íntegra, ao vivo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo04:40

      a sério? acho tao paradinha...

      Eliminar
  45. Anónimo14:49

    A primeira semifinal vai ser quase um concurso de músicas acústicas.
    Musicas que até são giras, mas que em nada mudam a ideia que portugal e o resto do mundo têm do panorama musical em portugal.
    Portugal não é só pseudo-bossa nova, é rock, eletro, pop, jazz, metal e muitos mais.

    As maiores decepções para mim são a Malu Magalhães e o Júlio Resendende, que esperava que tivessem apresentado algo novo.
    Pode ser que ao vivo as músicas ganhem mais vida, mas para mim não selecionava nenhuma delas para a final do festival.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo04:41

      Não diria melhor. Porque é que na altura dos convites a RTP nao faz uma visita a bares, concertos underground, festivais (vilar dos mouros) por exemplo...? Portugal sabe fazer metal, e muito bem. Assim como sabemos fazer pop electro.

      Eliminar
  46. Anónimo14:56

    Janeiro, catarina Miranda, Beatriz Pessoa

    Mas acho quase todas boas, apesar de parecidas

    ResponderEliminar
  47. Anónimo15:57

    Nenhuma se destaca! Parecem todas uma tentativa de aproximação a um estilo semelhante ao Amar pelos Dois (excepto a do José Cid, que é sempre o mesmo estilo, o dele!). Mas as pessoas tem que se convencer que o que nos deu a vitória foi a interpretação e carisma do Salvador. Penso que esta música interpretada por outro cantor,até podia ficar bem classificada, mas não ganharia. Em relação a estas músicas, não acho nenhuma extraordinária! Ainda assim, a que mais gosto e a zero a zero.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:23

      Só o Cid? A música do JP Simões é completamente o estilo dele..assim como o Palma. Ou Benjamim

      Eliminar
  48. Embora tenha 2 ou 3 que aprecio, não estou nada convencido com estas propostas! 13 musicas, todas semilhantes! Isto não representa Portugal, havia de ter haver musicas de vários estilos, o povo português tem gostos diferentes que não estão representados aqui. Infelizmente não fazemos todos parte da elite portuguesa que vai todos os sábados a noite escutar opera ou jazz nos cafés-teatro lisboetas...
    Que venha a Sequin, o Diogo Piçarra e a Tamin/Capicua, a ver se nos propõe musica de qualidade com uma vibe mais urbana e contemporânea.

    ResponderEliminar
  49. 1a SF tem boas canções, mas pouca diversidade. Minha preferencia: Júlio Resende 2 Benjamin 3 Austrália 4 Jorge Palma.

    ResponderEliminar
  50. Anónimo16:52

    Gosto muito das canções de Janeiro, Júlio Resende-Catarina Miranda, Mallu Magalhães-Beatriz Pessoa.

    ResponderEliminar
  51. Anónimo16:56

    A melhor desta semi final é a da Mallu ! Que música incrível , mal posso esperar para ouvir a musica inteira

    ResponderEliminar
  52. Teresinha Baleia18:22

    Eu apoio quem gosta e quem não gosta. Todos merecemos um lugar so sol.

    ResponderEliminar
  53. Anónimo18:34

    Há várias muito promissoras dentro do que se consegue tirar de 45 segundos. A segunda semi-final terá algumas bem mais mexidas. Haverá musicas para vários gostos e com qualidade. Continuo com as expetativas em alta: espero sentir-me bem representado independentemente de a música ir ou não ao encontro dos meus gostos musicais.

    ResponderEliminar
  54. Anónimo18:41

    Infelizmente com tanto preconceito contra o pimba, parece que Portugal é só melancolia mesmo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:48

      Concordo.

      Eliminar
    2. Anónimo23:35

      Sim, esse preconceito nunca mudará. Talvez com um aconselhante brasileiro tivessemos mais alegria...

      Eliminar
  55. Anónimo18:47

    O meu sonho era ver algo como Lordi ou a cançao da Dinamarca este ano no FDC. Onde andam as bandas de rock e metal? Convidem o Fernando Ribeiro dos Moonspell para compositor, ando a dizer isto à anos...

    ResponderEliminar
  56. Anónimo18:54

    Confirma-se o óbvio. O público fã do festival (ainda um nicho pequeno),é completamente desfasado de música de qualidade. Desconhecem por completo o estilo dos compositores e intérpretes e fazem umas críticas inacreditáveis. Sim,o estilo deles é este..metam isso na cabeça loool Concorram as Catarinas Pereiras e Suzys...e vão ver aqui o pessoal todo contente. Ai o tugazinho...nada aprendeu no ano passado. Mas isto já se esperava...venha daí o bullyng contra as músicas e a RTP..o mesmo que quase cruxificou o Salvador no ano passado,na primeira semi-final. :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:09

      Ai o tugazinho...musicas de qualidade, ui, o pseudo intelectualismo está vivo...que preconceito. Só porque ganhámos UMA vez agora nao podemos fazer criticas? Nao podemos esperar alguma diversidade? Acredita, quem nao aprende és tu. Salvador ganhou por ser novidade e DIFERENTE do resto. Aconteceu a mesma coisa com os LORDI. Ganha o que nunca foi visto, algo novo, que surpreenda. Querem representar o panorama portugues só com isto, porque? Ligo a tv ou a radio e tambem se ouve musica pimba, vejo fado, vejo rock. Nada disso está neste concurso.

      Bullying? Por favor. Pelo menos apresenta argumentos validaveis e nao insultes. Mas o caminho mais facil é SEMPRE o insulto.

      Eliminar
    2. Anónimo20:28

      e porque razão as musicas animadas são musicas sem qualidade?

      Eliminar
    3. O problema não está na qualidade das canções mas sim na falta de diversidade musical, pois independentemente de se gostar ou não das canções, as canções desta semifinal parecem parecidas entre si. Temos que esperar pelas músicas da 2ª semifinal. A RTP diz que quer que o Festival reflita a música que se faz em Portugal, mas se na 2ª semifinal continuar a haver só este estilo de música, a RTP pode considerar que o objetivo pretendido não foi cumprido.

      Eliminar
    4. Anónimo20:50

      A Suzy representou-nos muito bem. A música não era a melhor (o Emanuel já fez músicas muito melhores), mas a Suzy representou-nos bem.

      Eliminar
    5. Anónimo23:31

      É triste mas realmente espero que Portugal nao seja uma nova finlandia que depois da vitoria dos lordi flopou constantemente.........

      Eliminar
    6. Anónimo23:33

      Nem voce nem eu somos alguem para definir o que é boa musica. Já é tempo de largarmos essa ideia tão fechada e pouco humilde. Respeite os generos musicais e musicos deste país, ha muita gente na area pop ou pimba que trabalha, é talentoso e faz MUSICA, sim. Santamaria sao um exemplo disso. Cumprimentos.

      Eliminar
    7. Anónimo14:00

      Ora vamos lá ver, os compositores convidados fizeram canções dentro da sua "onda" e não pensaram na Eurovisão e acho que fizeram muito bem! O FdC já mostrou que o seu objectivo primordial é levar uma canção com qualidade e se for uma canção melancólica pois assim seja... Para pop "pastilha elástica" já bastam os outros países! E quanto à diversidade esperem pela 2 SF... Mas quanto à presença de rock, duvido que alguma banda rock portuguesa aceitasse participar..

      Eliminar
    8. Anónimo18:28

      14:00 Ora vamos lá ver, falou com todos os compositores? Porque tenho a certeza que alguns deles pensaram na Eurovisão quando fizeram as cancoes.

      Segundo: O que é que voce entende por cancao com qualidade? Letras profundas? Ritmos lentos? Balada? Melancolia? De pseudo criticos e intelectualistas musicais está o mundo cheio, deixemos isso para trás, por favor.

      Meu caro, muitos dos países deste ano não levam pop 'pastilha elastica' e convido-o a olhar para os vencedores anteriores (nota-se perfeitamente que é novato no ESC) para ver que muitos deles até podiam ser 'pastilha elastica' aos seus ouvidos mas tinham RITMO e alguns uma mensagem, teatralidade em palco e um staging muito bem pensado.

      Pop pastilha elastica... Tenho pena que haja tanto preconceito e falta de pesquisa, respeito, assim custa defender o meu país. Realmente não conseguem arranjar argumentos para alem de chamar o pop 'pastilha elastica'.

      O que doi a pessoas como voce é saber que Portugal não consegue nem de perto, fazer POP como os outros países fazem, mas isso é de caras. Por isso permanecemos na zona de conforto.

      Eu não QUERO que o meu país continue a encher o estereótipo de que somos um povo triste, amargo, depressivo, ha MAIS para alem disso.

      Quanto à presença de rock, isso é porque voce náo conhece bem o pessoal do rock :) Digo-o pois sei do que falo, ha muita gente que adorava ir.

      Eliminar
    9. Anónimo das 18:28, eu não respondia melhor. Concordo com tudo o que disse.

      Eliminar
    10. Anónimo23:03

      Quando vejo pessoas a dizer coisas sem nexo como: "Deixemos o pop para quem o faz bem"... percebo o longo caminho que temos de percorrer, tanto em termos de auto estima, confiança, como de aceitação.

      Dizem que o pop é musica de má qualidade e nao nos define, mas depois sao os artistas pop e rock que mais enchem salas em Portugal, veja-se o caso dos U2 recentemente...estamos mesmo representados? hmmm...gostos dos portugueses? Hmmm...

      Outro ponto é que, como alguem ja o disse, a ideia do tradicional está muito enraizada no fdc e na sociedade portuguesa, o facto de chamarem tudo o que seja melodia mais ritmada de pimba e azeite também não ajuda. Se tiver dançarinos aí é o que o caldo já está entornado, é logo apelidada de azeite.

      Não é de admirar que artistas decentes de pop e outros generos musicais não queiram participar, basta ler os comentários e criticas discriminatórias em relacção a certos generos musicais e artistas portugueses com carreiras longas. Uma banda irreverente como os Lordi ou alguem como a Lena(2010) nunca ganhariam o festival da canção em Portugal. Seriam logo crucificados pelos especialistas musicais. Facto.

      Talvez daqui a uns 40 anos as mentalidades mudem.

      Eliminar
  57. Selecionar_mos umas quantas já é bom sinal🎤🎵🎶

    ResponderEliminar
  58. Anónimo19:03

    A grande música desta semi final "A MESMA CANÇÃO"! Brutal voz, letra e melodia. Destaca-se muito de todas as outras. Se a Maria estiver ao nível será um arraso e potencial vencedora.... e outra pedrada no charco na eurovisão.

    De resto boas canções, embora realmente muito iguais que não se deixam destacar umas às outras.... 45 segundos tb não mostra muito das canções.

    Por agora preferidas são Maria Amaral, Peu Madureira e Catarina Miranda.

    ResponderEliminar
  59. Anónimo19:24

    A primeira semifinal será demasiado homogénea.Foi a impressão que me deu. De qualquer das formas,não me parece que a ''Fórmula Salvador''dê sempre resultado.Fica a esperança da segunda semifinal.

    ResponderEliminar
  60. Anónimo19:28

    A canção que mais gostei (provisoriamente, pois só se pode ouvir 45s de cada canção e em áudio. Ao vivo é diferente e a interpretação do cantor pode ser diferente) foi "sem título"

    ResponderEliminar
  61. Anónimo19:39

    Estou como as músicas...uma melancolia só. Não vou sequer reagir pois nem as músicas merecem esse meu esforço. A RTP teve muita sorte no ano passado e já o tinha dito. Sorte em ter um cantor e uma canção que reuniu tudo. O esquema não resultou e este ano depois falaremos no fracasso deste esquema, pois os compositores convidados são o que são e este primeiro lote mostra bem a mediocridade, pois não é isto que consumimos em Portugal. Digam-me qual foi a música de 2017 que teve sucesso para além de AMAR PELOS DOIS? Nenhuma, pois o festival não reflectiu e nem este reflectirá o que se faz em Portugal.

    ResponderEliminar
  62. Anónimo19:46

    Parece que a bossanova veio para ficar.. Irá ganhar te amo?? Mas assim não inovamos..

    ResponderEliminar
  63. Anónimo19:47

    Mal ouvi os primeiros 10 segundos da primeira música, percebi logo que iriam chover comentários negativos do género "a RTP é sempre a mesma borrada", "cópias do Salvador", "onde é que estão as músicas mexidas?". Ou seja, exatamente o que sucedeu o ano passado. A verdade é que nesta semifinal há uma clara maioria de músicas lentas, mas isso não quer dizer que sejam más. O argumento de "na Eurovisão só cabem músicas mexidas e alegres" já deve ter passado à história depois do que sucedeu em Kiev. Quando o Salvador ganhou, não me lembro de ter visto ninguém usar esse argumento... Aliás, pelos nomes dos compositores, não seria de esperar uma semifinal ritmada "à lá Catarina Pereira ou Suzy"... Não sei do que queixam.

    Para além disso, 45 segundos só dá para ter um cheirinho das músicas e a RTP, malandra, não vai por nestes excertos as partes mais fortes das canções, que costumam surgir no último minuto. Potanto, só vai dar para tirar conclusões no domingo, quando os temas forem ouvidos na íntegra.

    Por último, por favor não digam que isto é tudo cópias do Salvador, sem sequer irem pesquisar um pouco sobre o trabalho dos compositores. Se o fizerem, vão verificar que, afinal, eles até estão a ser eles mesmos. Posso-vos garantir que na Eurovisão não vai aparecer nada parecido com isto, o que já se viu que até dá resultado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:23

      Ano passado não tínhamos estas musicas todas do mesmo registo...

      Eliminar
    2. Anónimo21:03

      Parece que nao lemos o mesmo. O argumento de *na Eurovisão só cabem musicas mexidas* acabou com o Salvador. Os comentarios 'negativos, nao sao negativos, são criticas legitimas. Leia o que as pessoas escreveram por favor. Devia haver uma diversidade que reflectisse o panomarama musical portugues. Portugal tem tanta coisa, estas musicas são boas, sim, mas entra tudo no mesmo estilo.

      Agora quem nao gosta é um eurofan que consome pastilha elastica? por favor nao repitam o mesmo argumento antigo e tentem abrir um pouco a vossa mentalidade, porque ha coisas que devem ser criticadas.

      Quando li as criticas vi logo que iam aparecer comentarios como o seu, que está tudo optimo e nada deve ser mudado. Porque é que devemos ser comodistas? Só porque ganhámos UMA vez? Ainda se tivessemos um bom historial na Eurovisao eu até percebia o seu comentário...mas nao nos podemos dar a esse luxo.

      É certo que o Salvador foi uma joia rara, mas porque foi uma novidade, algo novo. Foi diferente de todos, ninguem tinha ouvido uma coisa deste genero musical e com uma personalidade artistica tão vincada como a dele.


      Portugal tem Rock, rap(este ano so temos uma rapper...), Metal, fado, opera, pop, r&b...
      O primeiro video das tendencias em Portugal é um rap/r&b musical. O pikua é provavelmente a o musico mais consumido no momento.

      O facto de ter actuado antes e depois de pessoas mexidas ajudou bastante, ao contrario da balada polaca. Ha que ter sentido critico se nao queremos acabar nos ultimos lugares. Um festival DEVE ter diversidade musical, acho desapontante termos uma semi final em que a maioria das cançoes entram todos no mesmo genero. Mas vou esperar pelo dia, ansiosamente.

      Eliminar
    3. Anónimo21:45

      diga-me qual foi a canção que vendeu e tive sucesso em 2017 do festival da canção sem ser Amar pelos dois?

      Eliminar
    4. Não teria respondido melhor anónimo das 21:03! Assino por baixo!

      Eliminar
    5. Crento23:17

      Lol Amar pelos dois vendeu e teve sucesso porque ganhou!


      Entretanto Piruka - Se Eu Não Acordar Amanhã (Video Oficial) vai com 16 milhoes de visualizaçoes. Rest my case. Felizmente o Fernando Daniel tem tido bastante sucesso.

      Eliminar
    6. Crento23:20

      Não temos de seguir a mesma linha do Salvador. Foi exactamente isso que ele fez, ele nao seguiu a linha do que se fazia na eurovisão. Estarmos a fazer o mesmo é um erro tremendo...já basta Espanha...mas já se sabe como é o povito. Apatia pura, pouca ambiçao.

      Eliminar
    7. Anónimo23:27

      Se o salvador nao tivesse ganhado nao teria sido a mais vendida, isso é certo. Como portugues, prefiro que Portugal arrisque com outra coisa e que mostremos outro lado nosso, do que estarmos a seguir a mesma linha/formula que o Salvador e Luisa levaram. A propria LUISA disse em espanha: Se quase todos os concorrentes levam baladas vamos todos acabar por dormir.

      Eliminar
  64. Anónimo20:22

    Gente, parem de dizer que o Piçarra vai mudar isto. Ele mudou o proprio estilo por causa do fdc :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:42

      onde visto isso? ele sempre canta em portugues...

      Eliminar
  65. Anónimo21:23

    1° - Excertos de 45 segundos não chegam para decidir se as canções são boas ou más

    2° - O único excerto de que não gostei lá muito: Fernando Tordo/Anabela

    3° - Excerto preferido: JP Simões (É o MAIOR!)

    4° - Também se destacam: Janeiro, José Cid, Júlio Resende/Catarina Miranda, Jorge Palma/Rui David, Nuno Rafael/Bruno Vasconcelos

    5° - E depois destacam-se em segundo plano: Paulo Praça/Maria Amaral, Mallu Magalhães/Beatriz Pessoa

    6° - De qualquer das maneiras, não esperava ser surpreendido e não fui. Como está, não está mal. Não faço a mínima ideia se poderia ser melhor.

    Martim de Deus Menisco

    ResponderEliminar
  66. Anónimo21:34

    Ups! Esqueci-me de acrescentar:

    Nenhum dos excertos é uma cópia de Amar Pelos Dois.

    Martim de Deus Menisco

    ResponderEliminar
  67. Crento23:20

    Adorei a do Benjamin. Fantastico.

    ResponderEliminar
  68. Anónimo23:28

    Lembro-me da LUISA dizer em espanha, na operaçao triunfo: Se quase todos os concorrentes levam baladas vamos todos acabar por dormir. Acho que foi uma boa dica para todos os fans "intelectuais" cá do sitio...

    ResponderEliminar
  69. Concordando em absoluto com a falta de diversidade(Falta ainda a segunda semifinal), não era de pensar em termos uma seleção diferente em futuros Fdc, em que a RTP defina alguns estilos musicais( pop, rock, fado, jazz, pimba,rap,reggae, etc) abertos a submissão de propostas, selecione os melhores em cada estilo( ou promova uma votação para o efeito) e exista unicmente uma final a decidir o vencedor ?

    ResponderEliminar
  70. Anónimo01:45

    Ora bem: Portugal NÃO é só mar ou fado mas felizmente temos uma historia rica e diversa. Este ano levamos um tema que nos diz muito e nao vejo nenhum concorrente a usa-lo. Como é possível sermos os anfitriões e não darmos o exemplo? A Vania foi a única que o fez e foi um orgulho. Temos uma historia com tanto por onde pegar e nao vejo ninguém a faze-lo. Desde as influencias arabes/mouriscas, judias, lusitanas ou celtas...podíamos apostar nisso numa maneira mais contemporânea (ou não contemporanea) e dar um show musical, sermos diferentes. Parece que a industria musical portuguesa é só acústico ou indie, balada. Não é verdade. Conseguia perfeitamente ver a Catarina arrasava numa musica com influencias celtas, com um toque mais actual...É pena.

    ResponderEliminar
  71. Anónimo01:46

    Ora bem: Portugal NÃO é só mar ou fado mas felizmente temos uma historia rica e diversa. Este ano levamos um tema que nos diz muito e nao vejo nenhum concorrente a usa-lo. Como é possível sermos os anfitriões e não darmos o exemplo? A Vania foi a única que o fez e foi um orgulho. Temos uma historia com tanto por onde pegar e nao vejo ninguém a faze-lo. Desde as influencias arabes/mouriscas, judias, lusitanas ou celtas...podíamos apostar nisso numa maneira mais contemporânea (ou não contemporanea) e dar um show musical, sermos diferentes. Parece que a industria musical portuguesa é só acústico ou indie, balada. Não é verdade. Conseguia perfeitamente ver a Catarina numa musica com influencias celtas, com um toque mais actual...É pena.

    ResponderEliminar
  72. Anónimo06:41

    Não dá para levarmos o Malo ou o Lisandro de França? :/ Uff...

    ResponderEliminar
  73. Anónimo15:10

    Meus amigos basta haver 1 música boa... foi o que aconteceu o ano passado

    ResponderEliminar
  74. Anónimo16:13

    Pois meus caros, uma coisa è certa. Mais uma vez a nossa selecção de cancões distingue se de todas as outras por essa Europa fora. A identidade de um país dá vitórias (2003,2005,2007,2016 e 2017). O paradigma da eurovisão alterou-se no últimos anos! Nao há vitórias antecipadas e tudo se resume aos 3 minutos em palco e a factores específicos que tornam uma canção única! Confio que Portugal levará algo que nos vai orgulhar e que acima de tudo fará com que os espectadores digam "This is so Portugal" mas no bom sentido

    ResponderEliminar
  75. Anónimo16:23

    Apesar desta selecção ser homogénea não se pode dizer que Portugal é um país monotono no ESC.
    2003 e 2010 - balada comercial
    2008 e 2012 - balada com elementos tradicionais
    2007 e 2015 - canção latina ritmada
    2011 - joke entry
    2004, 2005, 2006 - pop rasca
    2009 - canção alegre tradicional.
    2017 - cancão de amor com elementos de bossa nova/jazz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:32

      As pessoas estao a referir-se a anos recentes. Os estilos musicais mudaram muito, como o pop, e nós nao conseguimos acompanhar.

      Eliminar
    2. Anónimo20:17

      Não é uma questão de não conseguirmos mas sim de essa ideia não estar enraizada na mente da maioria dos portugueses. A maioria das pessoas gosta de ouvir música pop na rádio, inclusivamente em português (há bons exemplos) mas quando lhes dizes que têm de escolher uma cancão para representar Portugal no estrangeiro, a ideia do tradicional vem ao de cima. Qualquer coisa mais pop perde perde para o tradicional. É inevitável. O FDC segue o mesmo paradigma, com o qual não concordo.

      Eliminar
    3. Anónimo21:58

      Concordo com o anónimo das 20:17

      Eliminar
  76. Não faço dramas com festivais, só servem para me divertir e pouco mais.Só não gosto de cantigas em que se grita muito sem objetivo nenhum. Seguindo estes parâmetros, de sete que irão ser apuradas, fiz apenas uma lista das 5 que estes poucos segundos me permitiram escolher, com 2 preferências, embora ainda sem grande significado. Passo então a revelar a minha lista, assinalando com + as preferidas:
    SEM TÍTULO - Janeiro
    SEM MEDO - Rui David
    PARA SORRIR... - Catarina Miranda
    EU TE AMO - Beatriz Pessoa +
    COM GOSTO AMIGO - Rita Dias +

    ResponderEliminar
  77. Anónimo22:57

    Quando vejo pessoas a dizer coisas sem nexo como: "Deixemos o pop para quem o faz bem"... percebo o longo caminho que temos de percorrer, tanto em termos de auto estima, confiança, como de aceitação.

    Dizem que o pop é musica de má qualidade e nao nos define, mas depois sao os artistas pop e rock que mais enchem salas em Portugal, veja-se o caso dos U2 recentemente...estamos mesmo representados? hmmm...gostos dos portugueses? Hmmm...

    Outro ponto é que, como alguem ja o disse, a ideia do tradicional está muito enraizada no fdc e na sociedade portuguesa, o facto de chamarem tudo o que seja melodia mais ritmada de pimba e azeite também não ajuda. Se tiver dançarinos aí é o que o caldo já está entornado, é logo apelidada de azeite.

    Não é de admirar que artistas decentes de pop e outros generos musicais não queiram participar, basta ler os comentários e criticas discriminatórias em relacção a certos generos musicais e artistas portugueses com carreiras longas. Uma banda como os Lordi nunca ganharia o festival da canção em Portugal. Facto.

    Talvez daqui a uns 40 anos as mentalidades mudem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:43

      Concordo a 100% com este comentário.

      Eliminar
  78. São excertos de apenas 45s (muito pode mudar com versão completa das canções), estamos a falar apenas da SF1 (onde só 7 canções serão apuradas) e já estão a tirar ilações prematuras... tal como no ano passado. Que tal aguardar que "todas as cartas estejam na mesa" para tirar as devidas conclusões?! Acredito que na grande Final teremos diversidade e qualidade.
    Apenas com base nos excertos, fui particularmente cativado pelas propostas defendidas por Anabela, Rui David, Joana Espadinha e Maria Amaral.

    ResponderEliminar
  79. Anónimo23:40

    Segunda tentativa.

    O nível está muito alto, e o JP Simões, que não conheço, porque sou estrangeiro, digo eu, foi o que mais me surpreendeu. Malu, Catarina Miranda, Anabela... Qualidade, arte...

    ResponderEliminar

Temas em Destaque