ESC2018: RTP corrige formulário de candidatura para voluntários


A RTP corrigiu o formulário de candidatura para os voluntários ao Festival da Eurovisão 2018, depois de várias críticas a um dos requisitos pedidos.

O formulário de candidatura para voluntários no Festival da Eurovisão foi publicado na passada semana, como pode recordar AQUI. Contudo, um dos pontos da área de media levantou críticas: pedia-se que fotografassem e filmassem o dia-a-dia dos voluntários nas várias áreas e editassem pequenos vídeos para as redes sociais e um vídeo final de resumo do projeto, sendo que, para tal, os candidatos teriam de trazer consigo o material necessário para cumprir a função e possuir experiência em fotografia, filmagem e edição de vídeo.

Dias depois, as funções ligadas aos media desapareceram da lista, tal como os requisitos do material próprio para cumprir a função. Contactada pela Renascença, a RTP, entidade organizadora do certame, garantiu que tudo se tratou de um lapso: "Não deveria estar no formulário, só percebemos que estava na sexta-feira e, como foi um lapso, corrigimos" escreveu Marina Ramos, em resposta enviada por email, acrescentando que "os voluntários não têm que levar equipamento fotográfico".

No total, a RTP e o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) têm 18 funções para 400 voluntários de toda a Europa, para os quais os portugueses terão primazia na seleção, número que representa cerca de um terço do total das pessoas que vão estar envolvidas no Festival Eurovisão. Apesar das críticas dos sindicatos e de confederações patronais, alegando que é um caso de "trabalho encapotado", a RTP defendeu que este é um modelo internacional e que o recurso faz parte do modelo do Festival Eurovisão.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Renascença / Imagem: Eurovision.tv


3 comentários:

  1. Anónimo15:24

    É a terceira vez que a RTP altera o programa de voluntariado. LoL

    ResponderEliminar
  2. Anónimo16:26

    Este amadorismo da organização do festival da canção e da eurovisão começa a ser preocupante

    ResponderEliminar
  3. Anónimo01:28

    Em todas as organizaçoes acontecem erros. Deixem se de teorias da treta. Alegrem-se por ser Portugal a organizar o festival.

    ResponderEliminar