Portugal: Rap e Soul levam Capicua e Tamin ao Festival da Canção

Capicua convidou Tamin para interpretar "Sobre nós", tema com letra sua e compôs em conjunto com Luís Montenegro, João Rodrigues e Sérgio Alves. Numa divertida entrevista com ESCPORTUGAL ficámos a saber um pouco mais sobre esta participação no Festival da Canção 2018.

Fazer parte deste "renovado" Festival da Canção e uma vontade grande de escrever para Tamin, foram os dois principais motivos que levaram Capicua a aceitar o convite da RTP para participar neste festival. Conversámos com ambas as artistas aquando da conferência de imprensa de apresentação deste evento. Capicua destaca Tamin como "um grande talento" e uma "grande amiga". Tamin não tem dúvidas: "É uma emoção muito grande participar no Festival da Canção."

"Sobre nós" tem raiz no hip hop na sua construção, apesar de ser uma canção soul, nas palavras de Capicua, que adianta que a letra é, em parte, típica de rap com muitos jogos de palavras e que se "abre no refrão para a Tamin brilhar".

Convidamos a ouvir as palavras de ambas:



Soul, Neo, Soul, Rnb, Funk, Jazz e Fado. São estes, nada mais, nada menos, os estilos musicais que Tamin gosta de interpretar. Tem feito carreira como vocalista da banda Cais Sodré Funk Connection. "Mãe negra" e "Like no other" são apenas dois dos temas que canta como vocalista do grupo. Por seu turno, Capicua descobre aos 15 anos de idade o Hip Hop, primeiro pelos desenhos nas paredes, depois pelas rimas em cassetes, até chegar aos microfones. Em 2012, edita o seu primeiro álbum em nome próprio e consegue atingir novos públicos, surpreender a crítica e ganhar destaque nas mais prestigiadas listas de melhores discos do ano. Inicia um número elevado de concertos ao vivo, com muitos seguidores das áreas de Hip Hop e da atual música urbana de raiz eletrónica.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: ESCPORTUGAL / Vídeo: ESCPORTUGAL 

Sem comentários

Temas em Destaque