A imprensa da Noruega avançou que Alexander Rybak poderá estar a concurso na próxima edição do Melodi Grand Prix. Aleksander Wallmann (2017) e Stella Mwangi (2011) são outros dos nomes que poderão estar na corrida.

O vencedor do Festival Eurovisão de 2009, Alexander Rybak, poderá estar na corrida para representar a Noruega na próxima edição do certame que decorrerá em Lisboa. A notícia é avançada pela imprensa norueguesa, relembrando também as declarações do cantor após a vitória de Salvador Sobral em Kiev: "Há uma empresa que me ofereceu milhões para representar a Bielorrússia na Eurovisão, mas prefiro fazê-lo de graça pela Noruega". Além disso, durante o verão, o cantor, que nasceu na Bielorrússia, partilhou uma foto com Johnny Logan cuja legenda dizia: "Faz com que eu queira ir à Eurovisão novamente".

No entanto, Alexander Rybak não é o único nome avançado pelo jornal VG. Aleksander Wallmann (2017) e Stella Mwangi (2011) também são mencionados pela publicação, que garante também as candidaturas de Ida Maria, Vidar Villa e Alexandra Rotan. Contudo, nenhum dos cantores visados aceitou comentar os rumores.

"É sempre emocionante lidar com esses rumores e especulações, mas não comento nada acerca dos artistas e compositores antes do anúncio" avançou Stig Karlsen, um dos responsáveis pelo MGP, revelando que "a conferência de imprensa acontecerá a 15 de janeiro e estamos ansiosos para apresentar um sólido lote de compositores e artistas". O certame acontecerá a 10 de março, no Oslo Spektrum, estando a apresentação a cargo de Silya Nymoen e Kåre Magnus Bergh.

Alexander Rybak venceu o Festival Eurovisão 2009 com "Fairytale", candidatura que recolheu a mais alta pontuação do antigo sistema de votação do certame: 387 pontos, 5 deles oriundos de Portugal. Posteriormente, o cantor tentou participar no Festival Eurovisão enquanto compositor, sem sucesso: "I'm With You", interpretado por Annsofi Pettersen ficou em 4.º lugar no MGP2013, "Still Here", defendido por Franklin Calleja, ficou em 5.º lugar na final nacional de Malta de 2014 e "Accent", interpretado pelo grupo Milki, ficou em 4.º lugar no Eurofest de 2014.



A Noruega estreou-se em 1960 no Festival Eurovisão, tendo participado em 56 edições. Apesar de ser o país com maior número de últimos lugares e null points, a Noruega conta com 3 vitórias na competição: 1985, 1995 e 2009. Os JOWST representaram a Noruega no Festival da Eurovisão 2017 com Grab The Moment. A banda conseguiu o apuramento para a grande final e terminou na 10.ª posição com 158 pontos. Recorde a sua participação de seguida:


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: VG / Imagem: NRK / Vídeo:Eurovision.tv

4 comentário(s):

  1. Rui Ramos23:29

    Confesso que não costumo gostar muito das canções do Rybak, tirando a que ganhou o ESC

    ResponderEliminar
  2. Anónimo09:31

    One hit wonder.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. discordo, ele têm outras músicas muito boas como a música "Kotik", que é muito divertida

      Eliminar
    2. Rui Ramos01:51

      Não sou fã... Sorry

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top