A European Broadcasting Union emitiu um comunicado sobre os problemas enfrentados por várias pessoas quando tentaram votar no Junior Eurovision Song Contest 2017.


Teve lugar, no passado domingo, o Festival Eurovisão da Canção Júnior de 2017. O evento ficou marcado pela vitória russa mas também pelos problemas que a votação online, utilizada pela primeira vez, causou. Muitos espetadores tentaram votar durante os 15 minutos disponibilizados, mas não conseguiram pois o website não respondia. Apesar de terem podido votar durante toda a semana, estima-se que vários milhares votos tivessem ficado por contabilizar.

No comunicado da UER, é possível ler que "Após uma investigação aprofundada sobre a plataforma de votação online do Junior Eurovision Song Contest, podemos confirmar que o problema de acesso para alguns usuários por um curto período de tempo durante a final ao vivo foi causado pelo recurso de segurança que estava em vigor para garantir que apenas um voto fosse contado a partir de um dispositivo único. A enorme quantidade de votos emitidos levou mais tempo do que poderia ter sido antecipado, o que significou que alguns usuários não puderam aceder à plataforma de votação. Pedimos desculpas pelo desapontamento causado. Embora a situação seja lamentável, a EBU leva muito a sério a integridade do sistema de votação nas suas competições e estamos confiantes, após esta investigação, de que o resultado final não teria sido alterado se esta questão não tivesse ocorrido. Estamos sempre a procurar formas de atrair mais o público e a votação online mostrou que o Junior Eurovision Song Contest teve um grande alcance fora dos países participantes, com muitas pessoas em todo o mundo apaixonadas pelo concurso. Estamos empenhados em atualizar e melhorar continuamente os procedimentos para permitir que mais e mais pessoas se envolvam com o Junior Eurovision Song Contest no futuro".

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPedia / Imagem: JuniorEurovision.tv

4 comentário(s):

  1. Anónimo23:28

    isso agora não importa nada! O que interessa é os bilhetes daqui a horas!

    ResponderEliminar
  2. Ricardo Alves07:08

    Enfim como podem dizer que o resultado nao seria alterado?

    ResponderEliminar
  3. Anónimo11:03

    Youtuber Youtuber Eu quero ser Youtuber

    ResponderEliminar
  4. Anónimo14:21

    Tudo tretas. Claro que o resultado final ia ser alterado. eu ja conhecia as musicas todas mas so quis votar depois de ver os miudos ao vivo, que uma coisa é musica gravada e arranjadinha em estudio e outra é cantada ao vivo. Assim como eu, tenho a certeza que muita gente ia fazer o mesmo. e nao esquecer das pessoas, que sao a MAIORIA, só viram o evento ao vivo e que queriam votar nessa altura. antes so votam os aficcionados, toda a gente sabe isso.
    Se tirava o primeiro lugar à holanda, nao sei, mas tenho a certeza absoluta que os outros lugares mudavam E MUITO.
    Se havia problemas desses, que desactivassem essa segurança inútil,
    visto que quem quisesse votar mais que uma vez facilmente votava (e o Ola Sand até disse que quem ja tinha votado antes do espetaculo ao vivo, podia votar outra vez) ou prolongavam o tempo de votação online

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top