O caso remonta a 2015: A emissora espanhola RTVE voltou a perder uma audiência judicial sobre o Festival Eurovisão desse ano. Assim, viu-se obrigada a revelar todos os gastos com a participação de Edurne em Viena.


Depois de negar revelar as despesas que teve com a participação no Festival Eurovisão de 2015 e de recorrer de diversas decisões judiciais, a RTVE viu-se agora obrigada a revelar todos os números, de acordo com a sentença judicial que tem data de ontem, 16 de outubro. A estação pública espanhola informa, em comunicado, que o orçamento ascendeu aos 396.918,47 Euros. "Só em direitos de transmissão das semifinais e final, pagos à UER/EBU, tivemos um custo de  286.873 euros", indica a TVE no seu comunicado. Segundo o mesmo documento, trata-se de um custo muito inferior ao de outros programas transmitidos em horário nobre. "Cada minuto de uma série custa 10.000 Euros e um jogo de futebol 42.000. Cada minuto do Festival Eurovisão tem um custo para a RTVE de 827 Euros".

Recorde AQUI a origem da polémica.

Edurne representou Espanha no Eurovision Song Contest 2015 com o tema 'Amanecer'. Apesar do favoritismo, a participação não foi além do 21.º posto, tendo conquistado 15 pontos, 3 deles oriundos de Portugal, tornando-se a segunda pior classificação do milénio. Recorde a participação da cantora, de seguida:



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTVE / Imagem: GOOGLE  / Vídeo: YOUTUBE

5 comentário(s):

  1. Anónimo16:05

    Então e pagam quanto para serem big5?

    ResponderEliminar
  2. Anónimo17:09

    Ao menos os tribunais de Espanha funcionam. Por cá, nem RTP, nem tribunais, nem ninguém estão para trabalhar... É o que dá a fartura de dinheiro: Milhões do Estado de mão beijada, milhões através da fatura de electricidade (taxa audiovisual), milhões através da bastíssima publicidade que ocupa grande parte do tempo de antena (mais de 20 minutos por hora),...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo18:44

    Só aquele vestido espampanante da Edurne deve ter custado umas boas centenas de milhares de euros...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo20:56

    Mas há quanto tempo andamos nisto??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo Alves21:22

      Dois anos e meio. A justica espanhola tambem é lenta

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top