A imprensa local da ARJ Macedónia avança que o país não participará na próxima edição do Festival Eurovisão, alegando os maus resultados como a razão da retirada. Até ao momento, a emissora estatal do país não comentou as notícias.

Apesar da inclusão da participação no Festival Eurovisão 2018 no orçamento da emissora estatal MRT para o próximo ano (como pode ver AQUI), a imprensa regional da ARJ Macedónia avançou que o país poderá ficar de fora da competição que será sediada em Lisboa, alegando que os maus resultados foram fulcrais para a retirada. Contudo, até ao momento, a emissora estatal do país não comentou as notícias.

De realçar que, em setembro, foi avançado que a emissora MRT iria aumentar o investimento efetuado na participação do Festival Eurovisão 2018: cerca de 40 mil euros seriam gastos nos direitos de transmissão e participação, enquanto que 137 mil euros seriam investidos na produção da canção e na apresentação.

A ARJ da Macedónia participa no Festival da Eurovisão desde 1998, tendo participado por 17 ocasiões no certame europeu. O melhor resultado obtido pelo país remota a 2006, quando Elena Risteska e Ninanajna conquistaram a 12.ª posição em Atenas, sendo que desde a implementação das duas semifinais, o país apenas conseguiu o apuramento em 2012. Em Kiev, a ARJ Macedónia foi representada por Jana Burčeska e Dance Alone, terminando na 15.ª posição com 69 pontos, falhando o apuramento para a Grande Final pelo quinto ano consecutivo.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPedia/ESCDaily / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

13 comentário(s):

  1. Anónimo08:51

    Deus queira que não!!! Eles este ano portaram se bem apesar do desaire. O q falhou foi a apresentação em palco e um pouco de voz por parte da cantora. Mas a versão estúdio este ano foi das músicas mais badaladas da pre season algo q não é muito usual para a macedónia. Acho que deveriam continuar a tentar.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo10:00

    A apresentação em palco foi estranha. A canção é muito boa

    ResponderEliminar
  3. Anónimo10:50

    Muitos falam de SAN Marino como o patinho feio mas a Macedónia infelizmente não é muito diferente. Tem até boas apostas mas após a implementacao das duas semfinais os resultados pioraram ( quando era só uma semifinal passou sempre) porque muitos dos votos vinham dos vizinhos e com a sua divisão as hipóteses de passagem diminuíram. Ainda hoje oiço Dance Alone mas concordo com os comentários anteriores a apresentação em palco foi muito fraca e nada memorável

    ResponderEliminar
  4. Pois...eles tinham-se esforçado para apresentar algo novo, jovem e conseguiram-no em 2017. A canção era boa, a cantora mt gira. Mas faltou voz. A performance não é boa. Parece playback e a coreografia é de fugir...Uma pena.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo12:39

    Espero bem que nao desistam, e nao e so porque para o ano sera em Portugal.
    A performance foi muito fraca em palco, mas por mim mereciam mais ter passado do que a Croacia ou a Dinamarca.
    De qualquer forma, a Macedonia devia ter marcado presenca tres vezes na Grande Final depois da introducao das duas semifinais, pois tanto em 2007 como em 2008 ficaram em 10 lugar.
    Mas percebo a frustracao deles...

    ResponderEliminar
  6. Anónimo14:03

    Espero que não. Pois quero q Portugal bate o recorde de países. Para obter bons resultados é necessário saber implementar no palco de forma a cativa e não a ridiculizar a música.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:50

      Pois, infelizmente os intelectualoides vão sempre tentar ridicularizar. Nada a fazer.

      Eliminar
  7. Anónimo20:26

    Eu não consigo perceber porque é que tanta gente não gostou da apresentação em palco. Eu gostei. Da canção, da voz da cantora e do show. O tema não era Dance Alone? Pois ela cantou e dançou sozinha, pois então? Para mim, foi o país mais injustiçado este ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é o estar sozinha..é a forma pouca carismatica como actuou. Parecia uma canastrona a fazer movimentos à toa e sem graça...
      Eu gostei da canção, era mt radiofriendly, mas aquilo em cima do palco não funcionou. E parecia mesmo playback

      Eliminar
  8. Anónimo15:51

    Que países ainda podem estar a participar no ESC 2018, mas ainda não ter sido revelados? Ainda há hipóteses de termos um número recorde de países a participar em Lisboa?

    ResponderEliminar
  9. Anónimo18:11

    No ano passado por esta altura quantos países já tinham confirmado? Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro leitor. Boa pergunta! No dia 15/10/2016 São Marino anunciada a sua participação no ESC2017. Era o 41.º país a confirmar. http://www.escportugal.pt/2016/10/esc2017-sao-marino-confirma.html

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top