A vencedora do Festival Eurovisão da Canção 2014, Conchita Wurst, falou abertamente sobre a sua depressão.

Após a vitória alcançada em Copenhaga, em 2014, com Rise Like a Phoenix, Tom Neuwirth (aka Conchita Wurst) tinha tudo o que tinha desejado, mas aparentemente não foi bem assim. Conchita tem-se apresentado ao longo dos últimos meses com uma imagem diferente: os saltos altos deram lugar a sapatos rasos, os vestidos glamourosos deram lugar a roupas mais discretas e escuras, começaram a surgir pêlos no peito, uma barba menos aparada. Estas mudanças tiveram um razão e foi precisamente esta fase depressiva sobre a qual falou em entrevista à televisão alemã RTL.

A fama repentina que levou a intérprete de Rise Like a Phoenix para as luzes da ribalta, e que poderia ser visto como a sua maior conquista até então, acabou por se tornar num pesadelo "Cerca de um ano e meio após a Eurovisão, levantas-te pela manhã e pensas que tudo deveria estar bem, mas por que razão não está? Por que razão não estás feliz? Por que razão não te importas se os teus amigos te ligarem? Eu acho que definitivamente tive algo como uma fase depressiva". Dando conta do que se estava a passar, Conchita tomou a decisão de procurar ajuda "Se há algo que tem de ser feito, faço-o imediatamente, e se as coisas não estão claras na minha cabeça, vou em frente e confronto-as. Foi o que fiz."

Recorde de seguida Conchita Wurst no palco da Eurovisão em 2014 onde logrou a vitória com 290 pontos, doze deles oriundos de Portugal.



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTL / Imagem: Google / Vídeo: Eurovision.tv

1 comentário(s):

Temas em Destaque

 
Top