A emissora helvética SRF registou 670 inscrições para o Die Entscheidungsshow 2018, um novo recorde da competição. Contudo, apenas 6 candidaturas disputarão a próxima fase do processo de seleção.

Depois de várias semanas de inscrições, a emissora suíça SRF anunciou, esta manhã, a recepção de 670 candidaturas para o Die Entscheidungsshow 2018, recorde absoluto da competição. O chefe de delegação do país, Reto Peritz, mostrou o seu agrado com o número de candidaturas, antevendo problemas para escolher as melhores seis inscrições: "Estamos muito satisfeitos pelo interesse dos produtores no concurso. Obrigado a todos pelas inscrições".

Nas próximas semanas, um júri de 20 elementos, formado por profissionais de música, jornalistas, eurofãs e telespectadores, irá ouvir todas as canções, selecionando as seis melhores candidaturas. Cada um dos temas selecionados será testado com vários artistas diferentes para garantir a melhor combinação possível, sendo que as canções serão interpretadas ao vivo no Die Entscheidungsshow, agendado para 4 de fevereiro. O vencedor será escolhido pelo televoto e por um júri internacional.

Vencedora da primeira edição do certame, a Suíça participou por 56 ocasiões no Festival da Eurovisão, contabilizando duas vitórias (1956 e 1988). Desde 2004, ano de introdução das semifinais, o país apenas marcou presença em quatro finais (2005, 2006, 2011 e 2014). Em Kiev, a banda Timebelle defendeu "Apollo": contudo, apesar de ser uma das candidaturas mais mediáticas na pré-temporada eurovisiva, o grupo falhou o apuramento para a Grande Final terminando em 12.º lugar na semifinal, a escassos quatro pontos do 10.º lugar. Recorde a atuação de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: SRF / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

0 comentário(s):

Enviar um comentário

Temas em Destaque

 
Top