A União Europeia de Radiodifusão confirmou a criação do Eurovision Asia Song Contest com o lançamento do site oficial do certame.

Depois do anúncio da sua criação em março de 2016, o Eurovision Asia Song Contest caminha, a passos largos, para a primeira edição. A União Europeia de Radiodifusão, responsável pelo evento juntamente com outras emissoras assistentes, lançou, esta manhã, o site oficial da competição que se inspirará no Eurovision Song Contest e contará com o máximo de 20 países na primeira edição, cuja localização e data ainda não são conhecidas.

Apesar de não ter sido oficializado pela organização, a Austrália é, até ao momento, o único país confirmado no certame, sendo que China, Coreia do Sul e Japão também já manifestaram interesse em entrar no concurso que será o primeiro spin-off do Festival Eurovisão a ser realizado fora da Europa. De realçar que o concurso entrará em competição direta com o ABU Asia-Pacific Song Contest, certame organizado pela Associação de Radiodifusão da Ásia-Pacífico.

Conheça o site oficial do concurso AQUI.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: EurovisionAsia

15 comentário(s):

  1. Anónimo16:32

    Uma das formas das mesmas produtoras suecas entrarem em ação, tal como fazem em todas as edições do ESC

    ResponderEliminar
  2. Anónimo16:41

    Menos uns quantos para vir a Lisboa...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo17:00

    Isto e muito bom.. Se bem que devia ser Asia-Oceania. Devia ser realizado em todos os continentes e depois haver um concurso com o vencedor de cada continente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:28

      Ai EBU e companhia, peçam desculpas ao anónimo das 17:00 pois não usaram o Nome correcto!

      Eliminar
    2. Anónimo14:34

      Também acho que seria uma ideia muito engraçada depois fazerem uma Mega Final só com os vencedores de cada continente.

      Eliminar
  4. Anónimo18:11

    "Apesar de não ter sido oficializado pela organização, a Austrália é, até ao momento, o único país confirmado no certame"

    Então, assim sendo, "saltam" para a eurovisão asiática e deixam a nossa?

    ResponderEliminar
  5. Anónimo19:52

    Nao gosto da ideia. E Eurovisão é um produto da EUROPA! Acho que este Eurovision Asian vai retirar reputação ao ESC.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:50

      Vai é ser um fail. Ahaha

      Eliminar
    2. Anónimo05:59

      20:50 amigo, se a coreia do sul participar FAIL não vai ser de certeza...quanto muito rouba a atençao do ESC LOL

      Eliminar
  6. Concordo com o anónimo das 19:52 mas espero que isso nao aconteça e espero que mudem o nome para Asiavision e não EUROvision Asia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:46

      É melhor Eurovision Asia, pq assim não se perde a identidade do concurso original. Assim podem pensar que AsiaVision é o original

      Eliminar
    2. Anónimo20:43

      E se pensarem, o que importa? Eurovision Asia é um nome muito mau, e até exclui a própria Oceânia,

      Eliminar
  7. Anónimo22:07

    De agora em diante vai ser como o McDonalds... Pagas pelo franchising e abres a loja... Mentalizem-se de que a Eurovisão atual se tornou numa máquina e marca de vendas.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo05:59

    hahahaha a coreia do sul vai ganhar tudo e arrasar com todos, quem conhece o panorama musical coreano sabe isto.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo23:23

    Vai ser concorrência total entre a Austrália e a Coreia do Sul pelo topo máximo. Mas se a ´India participar com bollywoods e companhia vai arrasar com os outros dois. E depois há o Irão com baladas fortes... Mas... e então Turquia e Casaques, não?... Quem serão os 20 eleitos?

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top