A dupla de DJ's Beatbombers é a responsável pela remistura da canção "Verdes anos" original de Carlos Paredes e que serve de cartão de visita do Festival Eurovisão da Canção 2018, que terá lugar em Lisboa. O remix pretende aliar a sonoridade tradicional com a vertente contemporânea da dupla de Djs.

O vídeo de apresentação do Festival da Eurovisão da Canção, que no próximo ano se realiza em Lisboa entre 8 e 12 de Maio, tem o selo dos Beatbombers, dupla composta por DJ Ride e Stereossaurode, que remisturam a emblemática canção "Verdes Anos" de Carlos Paredes. O vídeo foi apresentado na passada terça-feira na sede da RTP, aquando da conferência de imprensa de apresentação da Eurovisão 2018. O vídeo foi de imediato carregado nas páginas oficiais de youtube da RTP e da Eurovisão. O vídeo apresenta Lisboa como uma cidade que faz a ponte entre a Europa e o mundo e, ao mesmo tempo, destaca dados estatísticos relativos à dimensão do evento (segundo a organização 200 milhões de espectadores, 1000 profissionais envolvidos e 1500 jornalistas presentes).

Os Beatbombers são pioneiros do scratch/turntablism em Portugal e reconhecidos a nível internacional, lê-se na sua apresentação. Sagraram-se campeões mundiais de scratch em 2011 e 2016 e vice-campeões em 2010 e 2012. Atuam juntos desde 2003 em clubes e festivais, têm discos editados e em todos os álbuns de DJ Ride fazem parte temas feitos em conjunto pelos dois.

Recorde o vídeo de seguida:


A canção "Verdes Anos" é um tema do compositor português Carlos Paredes com letra de Pedro Tamen, que faz parte da banda sonora do filme de 1963, "Os Verdes Anos", de Paulo Soares da Rocha. Em 1967 foi incluida no álbum de Paredes intitulado "Guitarra Portuguesa". Paredes é um dos melhores guitarristas da história da música e um dos seus grandes compositores. Faleceu em julho de 2004, sendo decretado Luto Nacional. "Verdes anos", a sua canção mais conhecida, foi ao longo dos anos regravada por diversos artistas, nomeadamente por Dulce Pontes.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: BEATBOMBERS / Imagem: BEATBOMBERS / Vídeo: YOUTUBE

24 comentário(s):

  1. Anónimo20:23

    Para promoção serve... mas para tema oficial não. Precisamos de algo mais épico que isto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não gosto!
      Não gosto da mistura musical, as ondinhas também não me convencem e penso que este país tem mais do que mar/oceano para servir de tema ao Festival Eurovisao. Que raio foi a Expo agora o Festival... temos uma mistura Cultural incrível, música do mundo... e as ondinhas

      Eliminar
    2. Anónimo00:07

      Concordo. É preciso uma cancao bem ritmada com mistos de fado e de pregoes tradicionais!!!

      Eliminar
    3. Anónimo19:51

      lol ao último comentário xD
      Quanto ao assunto, mas alguém disse que ia ser o tema oficial? Por agora é tudo provisório.

      Eliminar
  2. Anónimo23:38

    Acho que foi muito bem feita esta versao.
    Ja agora gostava que fizessem uma musica oficial da eurovisao 2018 como por exemplo o Euro 2016 tambem teve a da Zara Larson e do David Gueta acho que todos os anos tambem deveria haver uma.. E porque nao ser Portugal a começar isso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:05

      "E porque nao ser Portugal a começar isso?"

      documenta-te melhor...

      https://en.wikipedia.org/wiki/Rainmaker_(Emmelie_de_Forest_song)
      https://en.wikipedia.org/wiki/We_Write_the_Story

      Eliminar
    2. Anónimo00:14

      Já houve isso em 2015 https://www.youtube.com/watch?v=6AQ73QirkKI o título da canção era o slogan.

      Eliminar
    3. Anónimo01:11

      Ué anonimo das 23:38, ocê tem andado onde? Tá sem nada em termo de conhecimento eurovisivo

      Eliminar
    4. Anónimo11:20

      Quando me referi a começar queria dizer recomeçar visto que nas ultimas ediçoes na Suecia e Ucrania isso nao foi feito. Claro que me relembro de em 2015.. Abriram a final com isso. Ja em 2014 nao me recordo... A musica Rainmaker era a musica oficial????

      Eliminar
  3. Anónimo23:39

    Ja imagino a grande final a começar com a Mariza a cantar o epico "o gente da minha terra"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:13

      ou então "oiça lá ó senhor vinho"... mais português e adequado aos portugueses não há...

      Eliminar
    2. Anónimo02:11

      Aí por amor de Deus

      Eliminar
    3. Anónimo22:20

      deus nos livre...mas tambem temo que seja uma balada...nunca fizemos uma cançao pop de jeito para o esc

      Eliminar
  4. Anónimo23:55

    Lindíssima canção, muita portugalidade aqui. Adorei este remix, dando um cunho de modernidade

    ResponderEliminar
  5. A única que para mim faz sentido é Amor a Portugal da Dulce Pontes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:51

      Mais um bocado é o hino nacional.
      A original é Your Love - Ennio Morricone com a voz de Dulce Pontes, ela é que fez depois a sua versão em Português. A canção original foi feita para um filme.

      Eliminar
    2. Anónimo02:29

      Com todo o respeito, nao!

      Eliminar
    3. Anónimo09:01

      Dulce Pontes seria um sonho. Excelente ideia

      Eliminar
  6. Como é possível deixarem estragar uma música daquelas. Neste país realmente tudo é permitido, não se respeita nada nem ninguém.

    ResponderEliminar
  7. O Mare e tu, recriar no interval act o vídeo Dulce Pontes é Andrea Bocelli em palco, seria épico

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo02:30

      Credo que horror! que coisa mais ultrapassada! E é so gritaria!

      Eliminar
    2. Anónimo09:02

      Whaw isso sim seria espectacular

      Eliminar
  8. A canção do mar na final do festival Eurovisão da canção com uma grande representacao cênica e tecnológica e na voz da dulce pontes seria algo único na eurovisao que só Portugal poderia oferecer.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top